quinta-feira, 6 de junho de 2019

PEDRO E JOÃO ERAM ANALFABETOS?


Pedro e João eram analfabetos?

Em Atos 4.13 Pedro e João são chamados pelas autoridades religiosas de "homens sem letras e indoutos" (ARC) ou "iletrados e incultos" (NAA). De forma equivocada, muitos chegaram a ensinar que eles eram analfabetos. As evidências históricas, gramaticais e internas provam tal equívoco.

Do ponto de vista histórico, a educação em Israel nos dias de Jesus, que contava com o espaço das sinagogas, contribuia para um baixo índice de analfabetismo. A cultura de Israel era centrada nas Sagradas Escrituras. Os meninos judeus da época frequentavam a escola dos 5 aos 13 anos. Os que desejavam avançar nos estudos superiores deviam ir para Jerusalém, e podiam se tornar escribas ou doutores da Lei.

Gramaticalmente, os termos gregos utilizados por Lucas em Atos 4.13, traduzidos por "homens sem letras e indoutos", ou "iletrados e incultos" são respectivamente ἀγράμματοί (agrammatoi) e ἰδιῶται (idiotai).
"Agrammatoi" se refere aqui a ausência de educação rabínica formal, e "idiotai" se refere ao fato de não terem adquirido especialização em determinada área do conhecimento. São termos praticamente sinônimos.

As evidências internas do Novo Testamento confirmam que Pedro e João sabiam escrever. Pedro escreveu duas epístolas, enquanto João escreveu um evangelho, três epistolas e o livro de Apocalipse. Embora o uso  de secretários (amanuenses) fosse comum, é improvável que em todos os seus escritos Pedro e João se utilizaram deles (ver 1 Pe 5.12 ; 2 Pe 3.1; 2 Jo 12; Ap 1.11,19; 2.1, 8, 12, 18; 3.1, 7 e 14).

Alguns estudiosos sugerem com base na análise textual do grego, que Silvano (1 Pe 5.12) foi o entregador da carta, e não o escritor (amanuense) da mesma. Mas, mesmo se colaborou com Pedro na escrita de sua primeira epístola, o contexto histórico-gramatical, e as demais evidências internas do Novo Testamento, demonstram que Pedro e João sabiam ler e escrever. O próprio Paulo, que foi instruído ao pés de Gamaliel (At 22.3), se utilizou também de amanuenses (Rm 16.22; 1 Co 16.21).

Imagem: Novo Testamento Interlinear Grego-Português da SBB - Segunda Edição

Nenhum comentário: