quinta-feira, 14 de junho de 2018

Salvem a CPAD: Apelo Público

Se um pastor ou qualquer membro das Assembleias de Deus no Brasil começar a ensinar ou pregar calvinismo em nossas igrejas, ele será chamado a atenção, e se persistir sofrerá certamente medidas disciplinares.

E por qual razão a CPAD, editora oficial da denominação pode publicar conteúdo calvinista e nada acontece?  A lista de obras e autores publicados desta linha doutrinária e teológica só faz crescer a cada dia.

Qual o motivo da atual diretoria e gerência de publicações da CPAD manterem esta visão comercial em detrimento do confessional, publicando e oferecendo aos membros de nossa denominação conteúdos teológicos e doutrinários estranhos à nossa Declaração de Fé, e nenhuma providência é tomada?

Já usei o expediente interno e nada foi feito, e agora faço um apelo público ao Conselho Administrativo da Casa, à Mesa Diretora da CGADB, e aos pastores presidentes de igrejas e convenções. Salvem a CPAD. 

Não permitam que o trabalho das gerações passadas, fiéis ao compromisso doutrinário, seja comprometido. Cada um de nós é responsável por cuidar da “Nossa Casa”.

A “Nossa Casa” foi minada, o foco foi mudado, e os seus fundamentos estão comprometidos.

Salvem a CPAD enquanto é tempo!

Nenhum comentário: