sexta-feira, 13 de novembro de 2015

A INSTABILIDADE DA ESTABILIDADE MINISTERIAL






Há muitos que no ministério não buscam mais a vontade de Deus, nem se submetem a Ele.

Há uma tendência em "garantir o futuro" através da presidência de um bom campo ou igreja, ou de alguma outra atividade que lhe dê garantias a curto, médio e longo prazo. 

Se você abre mão de uma situação estável e confortável, e resolve atender ao chamado de Deus para o novo e o desconhecido, gera perplexidade e espanto. 

É muito cômodo e conveniente pregar e ensinar sobre Abraão e tantos outros que resolveram abrir mão da estabilidade, da família, dos amigos, da sua terra natal, dos seus projetos pessoais, e partiram rumo ao centro da vontade do Senhor. 

Saberemos o quanto de fato cremos no Deus de Abraão quando chegar a nossa vez de seguir a sua voz, de confiar plenamente nele, de se deixar ser conduzido, provido e protegido por sua mão. 

A estabilidade ministerial é uma falácia, um engano que tem seduzido, entorpecido, paralisado e lançado muitos na mediocridade de uma vida que não ousa experimentar o novo de Deus e o melhor de Deus.

A verdadeira estabilidade e segurança não se encontram em cargos, posições ou lugares, mas em Deus, naquele que diz "Eu estarei com você! ".

Nenhum comentário: