quarta-feira, 20 de maio de 2015

FUNDAMENTOS DA TEOLOGIA PENTECOSTAL CLÁSSICA









O presente post tem como objetivo informar aos leitores sobre as obras nas quais a teologia pentecostal clássica das Assembleias de Deus no Brasil está fundamentada. Quatro obras ganham destaque aqui:


- Doutrinas Bíblicas: os fundamentos da nossa fé, de William W. Menzies e Stanley M. Horton, publicado pela CPAD em 1995.

- Teologia Sistemática: uma perspectiva pentecostal, editado por Stanley M. Horton, publicado pela CPAD em 1996.

- Conhecendo as Doutrinas da Bíblia, de Myer Pearlman, publicado inicialmente por Lawrence Olson em 1959, e posteriormente pela Editora Vida em 1970.

- Teologia Sistemática Pentecostal, de Antonio Gilberto e outros, publicada pela CPAD em 2008.

Sobre a obra Teologia Sistemática Pentecostal, uma observação que é pertinente fazer diz respeito ao fato de que a citação abaixo, no contexto da Doutrina da Salvação, afirma que os arminianistas propagam uma salvação pelas obras humanas, o que não condiz com a teologia arminiana clássica, e sim com o pelagianismo, ou com alguma outra forma de "arminianismo híbrido":

"A predestinação fatalista da alma, como ensinada pelos calvinistas, bem como a dependente de obras humanas, propalada pelos arminianistas, não têm apoio na Palavra de Deus" (GILBERTO, p. 372)

A CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus, órgão oficial das Assembleias de Deus no Brasil, além de estar dando mais destaque ao tema arminianismo na Revista Obreiro, lançará em breve As Obras Completas de Armínio, baseado na herança arminiana presente no pentecostalismo clássico.

5 comentários:

Marlon Marques disse...

Olá, pr. Altair Germano!

Bela correção que o senhor fez da parte de soteriologia da obra Teologia Sitemática Pentecostal escrita pelos brasileiros. Infelizmente o nosso nobre mestre Antonio Gilberto se equivocou nessa questão, mas tudo indica que ele prefaciará um livro sobre arminianismo pela CPAD e ele mesmo se corrigirá nisso.

Graça e Paz!

PB. João Eduardo Silva disse...

Paz de Cristo! Seria possível o senhor reproduzir no blog o artigo sobre o arminianismo da revista obreiro?. Fiquei com muita vontade de ler, mas não sou assinante da revista.

Abraços no amor de Cristo.

Valdemir Pires Moreira disse...

Cheguei a fazer uma observação sobre nossa Teologia Sistemática Pentecostal sobre esse equivoco.

PAULO MORORÓ disse...

Shalom,Pr Altair.

Excelente observação.
Gostaria que o senhor comentasse sobre a polêmica da origem dos demônios. Na Teologia Sistemática Pentecostal, no capítulo nove sobre Angelologia,comentado pelo Pr Wagner Gaby, na página 474, há a seguinte expressão: "Alguns entendem que os demônios são anjos caídos que pecaram juntamente com Satanás". Pergunta-se como lidar com esta questão? Há ainda outros que entendem uma certa origem misteriosa dos demônios.
Obrigado.Abçs

Valdomiro Filho disse...

Paz, Pr. Altair!

Acho salutar a iniciação de publicações de obras expondo de forma correta o arminianismo por parte da CPAD. Nossa livraria está cheia de obras pró calvinismo. O crescimento do calvinismo nos EUA, e seu reflexo em terras brasileiras, se deu pela ausência de uma correta exposição do arminianismo. Mas, sinceramente, acho que não irá muito longe por aqui, pois nem mesmo empiricamente o calvinismo se confirma. Todo calvinistas em seu dia a dia age como arminiano, tomando decisão como tendo vontades livres, do ponto de vista libertário, o tempo todo. E Deus seria, se o calvinismo fosse verdade, meio territorialista: "Salva" mais no ocidente que no oriente.

Obras que eu aconselharia:

Teologia Arminiana - Mitos e Realides - Roger Olson
Contra o Calvinismo - Roger Olson
Eleitos, Mas Livre - Norman Geisler
Porque não Sou Calvinista - Jerry L. Walls.

Este último comenta algumas afirmações de Piper, Parker e D. A. Carlson, dentre outros. Aborta também a questão lógica e filosófica.

Paz!