terça-feira, 18 de junho de 2013

TEOLOGIA ARMINIANA: MITOS E REALIDADES (ROGER E. OLSON)



SINOPSE

Teologia Arminiana: Mitos e Realidades" é um livro envolvente que permite a entrada do leitor na compreensão dos sistemas teológicos de cunho arminiano e calvinista. Escrito por um erudito e arminiano militante, Roger Olson tem como objetivo resgatar o arminianismo clássico e desmistificar certas caricaturas que foram construídas ao longo do tempo. A Teologia Arminiana sempre foi encarada por muitos reformados calvinistas como uma teologia herética, centrada na antropologia e assim considerada semipelagiana. Diante destas acusações, Olson levanta a voz denunciando tais injustiças e propagando que determinados conceitos foram mal compreendidos ou usados de maneira pejorativa e leviana. Partindo dos cinco pontos do calvinismo, a TULIP, Olson apresenta as objeções de Jacó Armínio com clareza e leva o leitor a se posicionar perante conceitos fundamentais da teologia cristã. Soberania, Predestinação, Livre-Arbítrio, Soteriologia e o Caráter de Deus são conceitos intrigantes, que nos movem a ler esta obra de suma importância para o desenvolvimento teológico”.

Sem dúvida alguma, Teologia Arminiana: mitos e realidades, de Roger E. Olson, trata-se de mais uma grande contribuição para o pensar e fazer teológico no contexto da igreja evangélica brasileira.

Mais informações sobre a obra no link abaixo:

2 comentários:

Pr. Jhonatas Soares disse...

PAZ PASTOR ALTAIR GERMANO, GRATO PELA INDICAÇÃO, VOU ADQUIRIR. É VISÍVEL O CRESCIMENTO DA TEOLOGIA REFORMADA NO MEIO PENTECOSTAL, DADO AO ACESSO A LITERATURAS QUE ANTES NÃO TÍNHAMOS. NA SUA CONCEPÇÃO ESSE CRESCIMENTO É BENÉFICO?
É POSSÍVEL ACEITAR APENAS PARTES DA TEOLOGIA REFORMADA E OUTRAS NÃO?
EM SE TRATANDO DESTE VELHO DILEMA ENTRE CALVINISTAS E ARMINIANOS, NÃO HAVERIA UM MEIO TERMO ENTRE ESTES DOIS PONTOS DE VISTA?

GRATO.

Marlon Marques disse...

Esse é um excelente livro que contribuirá muito para as discussões no embate soteriológico entre arminianismo e calvinismo. É evidente que a maioria extrema dos calvinistas não conhecem de fato o arminianismo ao afirmar muitas coisas do arminianismo que não são verdadeiras.

Quanto à questão do pr. Jhonatas Soares, vejo um crescimento da adesão de alguns assembleianos à teologia reformada (calvinista). Isso se deve ao empenho tardio das Assembleias de Deus ao conhecimento teológico. Como os seminários calvinistas são maiores, logo houve esse adesão. Mas creio que se está iniciando a publicação de livros arminianos no Brasil e isso contribuirá para que o arminianismo, que é o que as Assembleias de Deus sempre pregaram, será defendido e propagado por todos os assembleianos.

Graça e Paza todos!