segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

ELEIÇÕES CGADB 2013: PELO BEM DA IGREJA?

 IMAGEM: Portal do Jornal O Liberal

O que eu temia (e anunciei) aconteceu. A campanha para presidência da CGADB já extrapolou os limites institucionais, e agora, da maneira mais infeliz possível, é comentada em jornais seculares, num artigo intitulado "Pelo bem da Igreja", e o pior, por um dos candidatos à presidência.

Quando em qualquer pleito eleitoral as propostas de governo ou mandato são trocadas por acusações e ataques às pessoas, temos um claro sinal da falta de princípios éticos ou do desespero do candidato que adotal tal postura. 

Na realidade, não estou tão surpreso assim, pois no último pleito as víceras da instituição foram expostas em plena TV aberta, para o riso do diabo, o escárnio dos incrédulos e para o escândalo dos crentes (obreiros, membros e congregados).

Quando combatemos modimos e heresias, quando identificamos os inovadores e hereges, quando alertamos sobre os lobos devoradores travestidos de pastores e pregadores através das ferramentas midiáticas, estamos fazendo um bem para igreja. Mas, quando partimos para ataques pessoais e acusações no contexto de uma eleição convencional, estamos interessados no bem da igreja?

Por qual motivo resolvi abordar o assunto de forma pública? Pelo fato da exposição pública do mesmo. Atitudes como esta precisam de uma resposta e de uma reprovação pública. O artigo, conforme consta no site, foi publicado numa coluna do jornal "O Liberal", jornal de maior circulação no Estado do Pará.

Não tenho nada de pessoal contra o pastor Samuel Câmara, o respeito como pastor, mas tenho muita dificuldade com algumas de suas posturas, visto ser ele o líder de uma igreja de alto valor histórico, como é o caso da Assembleia de Deus em Belém do Pará (Igreja Mãe), e por desejar ser presidente da maior convenção de pastores do Brasil, a CGADB.

Temos problemas? Qual a instituição que não tem? Busquemos então a solução dos nossos problemas da maneira mais bíblica possível (1 Co 6.1-6). As questões levantadas no artigo do jornal O Liberal deveriam ser discutidas em plenário, e da forma mais respeitosa possível, pois líderes cristãos precisam ter um espírito moderador, pacificador e conciliador na busca pela verdade e esclarecimento dos fatos. Imagine se todos os pastores, seguindo o exemplo do pastor Samuel Câmara, resolvessem escrever em colunas semanais de jornais seculares sobre os possíveis (ou reais) problemas administrativos de suas igrejas ou associações (ministérios e convenções).

Leia todo o artigo "Pelo bem da Igreja" no site do pastor Samuel Câmara, clickando AQUI. O artigo foi publicado também no site da AD Belém (Igreja Mãe).

Sou convencional da CGADB, e espero de todos os candidatos às próximas eleições, que durante suas campanhas adotem uma postura que em tudo glorifiquem ao Senhor, e que possam nos representar de forma digna, como homens e servos de Deus que são.

Façamos tudo para a glória de Deus (1 Co 10.31) e pelo bem da igreja, não dando escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado, e na condição de ministros de Deus, sermos recomendáveis em tudo (2 Co 6.3-4).


No amor de Cristo,

Altair Germano

11 comentários:

Pr. Jairo Elin & Elizabete Beatriz disse...

A PAz do Senhor,

Já ouviram aquele ditado, "tem gente que acha bonito ser feio" é assim que se porta o Pr Samuel Câmara, ao expor externamente problemas que são nossos, ou seja da igreja e que deve ser tratado pela igreja, ao expor dessa forma não acrescenta nada ao Evangelho, penso que pelo contrario isso trará prejuízos.

Pr Jairo Elin
www.jairoelin.blogspot.com.br

António Jesus Batalha disse...

Amados, entrei no seu abençoado blog, e verifiquei que aqui há vida, e que o amor de Jesus impera.
Dou-lhe os parabéns por este belo blog, que é mais uma ferramenta para levar a Palavra de Deus.
Se desejar faça uma visita ao blog peregrino e servo.
Fique na paz de Jesus. E muitas vitórias em Cristo.
António Batalha.

Luis Alberto S Silva disse...

Paz do Senhor pastor.

Lamentável tal atitude, com certeza... agora, somente como curiosidade... alguém sabe quanto tempo que o pr Câmara está a frente da Igreja mãe ???

MARCOS MARTINS disse...

Pr Altair Germano,

Espero conhece-lo pessoalmente em Brasilia durante a 41 AGO. Sou eleitor do Pr. Câmara por falta de opção competitiva, dos dois candidatos fora da situação ele se apresenta em melhores condições para ganhar do "status quo" perpetuado por 25 anos. Costumo encerrar no blog do Pr. Câmara da seguinte forma: Vamos apoiar, vamos cobrar. Estamos vendo que a igreja Romana esta se deteriorando porque não conseguiu resolver "interna corporis" suas mazelas e se não tivermos o cuidado corremos este risco.Vamos orar para Jesus arrebatar a igreja antes.
Marcos Rodrigues Pr.

MARCOS MARTINS disse...

Pr Germano,
Se me permite, quero somente responder ao amado Pr. Luis Alberto que postou em 25/02 às 09:30, de forma respeitosa e como curiosidade que eu tambem tinha - extraidodosite da igreja de belem "O Pastor Samuel Câmara assumiu a Presidência da Assembléia de Deus em Belém (PA), em cerimônia realizada no Templo Central, no dia 27 de janeiro de 1997, substituindo o Pastor Firmino Anunciação Gouveia. Sob seu pastorado, a igreja saltou para mais de 370 templos, uma prova do grande trabalho realizado.
Em Abril de 2005 o Pr. Samuel Câmara foi eleito 1º Vice-presidente da Convenção Geral da Assembléia de Deus no Brasil, tendo a oportunidade de cooperar ainda mais para o crescimento da obra pentecostal no país.
Seção: ADBelém"
Marcos Rodrigues Pr.

MARCOS MARTINS disse...

Pr Germano,
Se me permite, quero somente responder ao amado Pr. Luis Alberto que postou em 25/02 às 09:30, de forma respeitosa e como curiosidade que eu tambem tinha - extraidodosite da igreja de belem "O Pastor Samuel Câmara assumiu a Presidência da Assembléia de Deus em Belém (PA), em cerimônia realizada no Templo Central, no dia 27 de janeiro de 1997, substituindo o Pastor Firmino Anunciação Gouveia. Sob seu pastorado, a igreja saltou para mais de 370 templos, uma prova do grande trabalho realizado.
Em Abril de 2005 o Pr. Samuel Câmara foi eleito 1º Vice-presidente da Convenção Geral da Assembléia de Deus no Brasil, tendo a oportunidade de cooperar ainda mais para o crescimento da obra pentecostal no país.
Seção: ADBelém" Portanto 16 anos.
Marcos Rodrigues Pr.

ALTAIR GERMANO, disse...

Pastor Jairo Elin, crei também que isso não faz bem para o testemunho cristão.

Abraços.

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado António, que o Senhor Jesus lhe abençoe e que seu blog seja para a glória de Deus.

Abraços.

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado Luis Alberto, o pastor Marcos Martins respondeu vossa pergunta.

Abraços.

ALTAIR GERMANO, disse...

Pastor Marcos Martins, será um prazer conhecê-lo pessoalmente. Obrigado pelas informações.

Me lembro da visita do pastor Samuel Câmara em Abreu e Lima-PE, quando pleiteava apoio de nossa Convenção no último pleito, e o posicionamento do nosso pastor presidente naquela época foi o de recebê-lo respeitosamente, mas também de deixar claro que votaria no pastor José Wellington. Estávamos na reunião e ao final oramos juntos pelo pastor Samuel Câmara, que pregou no culto de Santa Ceia, à noite.
Discordar de ideias e posturas de alguém não é significa ser seu inimigo ou coisa parecida. Infelizmente há muitos semeadores de contendas e instrumentos de Satanás infiltrados entre nós. Como escrevi no post, respeito o pastor Samuel Câmara, mas não votarei nele, seguindo meu pastor, minha Convenção e minha consciência.
Oremos para que todo espírito de desunião, discórdia, partidarismo e dissensão seja repreendido em nome de Jesus, e que a paz impere em Brasília naquela AGO.
Irmãos somos.

Abraços.

Nill disse...

Marcos Martins, na verdade a igreja em Belém já possui mais de 500 congregações. Metade dessas igrejas abertas no pastoreado de Samuel Câmara.