terça-feira, 7 de agosto de 2012

A DIVISÃO ESPIRITUAL NO LAR. Subsídio para Lição Bíblica

Não há duvida de que o testemunho de uma vida transformada pelo evangelho é uma grande mensagem que um cônjuge crente prega para um descrente.

Testemunhei isso em minha própria família, quando por ocasião da conversão de minha mãe, quando na época eu tinha cerca de 10 anos de idade.

Ao se converter, minha mãe tratou de levar os filhos para igreja, mas somente minhas duas irmãs permaneceram com ela. Meu pai não era crente e, além disso, resistiu veementemente a fé de minha mãe.

Com muita paciência e oração, mesmo sofrendo humilhações, minha mãe persistiu, e sempre com um grande testemunho cuidava de mim, de meu pai e toda a casa, nunca deixando nada a desejar. Sua fé e exemplo foram fundamentais para que no tempo de Deus o velho pai se converter-se. Eu fui a último a resistir.

Na condição de mãe, a irmã Juracy sempre procurou mostrar a verdade do evangelho aos filhos, sem querer impô-la. Fui ganho por sua prudência e orações.

Meu pai, o irmão e diácono Benedito, já partiu para estar com o Senhor. Minhas irmãs Cristiane e Ednalva continuam servindo a Jesus e caminhando na fé. Hoje, pela graça de Deus sirvo como pastor.

O que Deus fez em minha família, assim como em tantas outras, é uma prova cabal de que através do proceder sábio da parte crente num casamento onde a divisão espiritual é uma realidade, todos podem ser ganhos para Jesus.

“Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido, para que também, se algum não obedece à palavra, pelo procedimento de sua mulher seja ganho sem palavra, [...]” (1 Pe 3.1)

Um comentário:

AME A PALAVRA disse...

FANTÁSTICO!!!!!!!!!!