quarta-feira, 24 de agosto de 2011

INSTITUIÇÃO E ORGANISMO

As regras da "instituição" igreja começam a comprometer a vida do "organismo" igreja.

As políticas da "instituição" igreja começam a comprometer a comunhão do "organismo" igreja.

A religiosidade da "instituição" igreja começa a comprometer a espiritualidade do "organismo" igreja.

A liturgia da "instituição" igreja começa a comprometer a adoração do "organismo" igreja;

As tradições da "instituição" igreja começam a comprometer a sã doutrina do "organismo" igreja;

A liderança da "instituição" igreja começa a se perceber acima do corpo do "organismo" igreja;

O cuidado com as coisas da "instituição" igreja começa a comprometer o cuidado com as pessoas do "organismo" igreja;

Percebe-se nos sintomas acima um quadro alarmante de enfermidade, que pode transformar-se numa doença crônica.

Que haja saúde na igeja!

3 comentários:

Sergiano Reis - EBDicas disse...

Tremendo!

Orlando disse...

E tudo isso já faz algum tempo! Portanto, sejamos igreja - bíblica e não instituição formalista - extra-bíblica!

Sugestão, vejam e comentem; http://souteologico.blogspot.com/2011/05/natureza-da-igreja-questao-dos-sem.html

Abraços
Orlando
souteologico.blogspot.com

Samuel da Silva disse...

Pastor Altair Germano, Apaz do Senhor, eu sou fã das suas obras, seu blog frequentemente acesso e tenho aprendido muito, sobre esse tema vejo que o senhor continua acertando, os homens tem se preocupado muito mais com suas posições na instituição. eu vejo a igreja hoje com aparecia de Laodicéia, estamos vivendo demasiadamente mornos, mais a pior parte é que uma porcentagem ´de culpa muito grande disso tudo são de nossos lideres que perderam o foco, homens que pregava contra o pecado, mostrando o que era pecado não prega mais assim, hoje prega sobre o dinheiro e mostra o dinheiro, estamos nos equivocando e pela misericórdia de Deus estou trabalhando numa postagem pra meu blog, de quantos quando precisaremos para acordar.

que Deus te abençoe ricamente e que nós venhamos a fazer um pouco daquilo que nos compete.

Samuel Silva.
meu blog.: blogdesamuelsilva.blogspot.com