sábado, 4 de junho de 2011

VIII Bienal do Livro de Pernambuco - 23 de setembro a 02 de outubro de 2011

Entre os dias 23 de setembro e 02 de outubro de 2011, será realizado mais um capítulo da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Com o tema “Literatura e Cidadania”, a Bienal chega a sua 8ª edição e o pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda (PE), volta a ser palco das discussões e debates que fomentam a feira literária.
Nesta oitava edição do evento, livreiros, editores e distribuidores de todo o Brasil estarão reunidos mais uma vez, consolidando o Estado como um dos mais importantes pólos literários do país. O evento, que já faz parte do calendário cultural pernambucano, contempla leitores de todas as idades e escritores de todos os estilos. Um grande acontecimento que estimula o hábito da leitura em todas as camadas sociais, democratizando a informação inteligente.
O poeta recifense Mauro Mota e o escritor cearense Ronaldo Correia de Brito serão os grandes homenageados desta 8ª edição.
Escolas devem agendar visitas com Marluce Laurentino no telefone (81) 3231-5196.
Entre números e letras
Promovida pela Cia de Eventos, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco é uma grande oportunidade comercial. É o terceiro maior evento literário do Brasil, atrás apenas das bienais do Rio de Janeiro e de São Paulo. A cada ano, mais personalidades da literatura internacional marcam presença, mais investimentos e receitas são geradas e mais pessoas comparecem, batendo recordes sucessivos de público. Mesmo sendo um evento com foco nas Letras, os números são expressivos.
O grande objetivo da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco é fazer uma grande celebração em torno de um produto nobre como é o livro, que sempre agrega valor e estimula a capacidade criativa das pessoas. Por isso, existe uma preocupação da organização em sempre abrir espaço para editoras ainda de pouca visibilidade, possibilitando uma maior diversidade na oferta de títulos. A idéia é apresentar livros que não são achados na maioria das livrarias. E sempre com o cuidado de viabilizar estas ofertas com preços acessíveis.
Para as editoras interessadas em participar da VII Bienal, a planta já está definida (baixe a planta clicando aqui), e os stands podem ser procurados na Cia de Eventos, por meio do telefone (81) 3231 5196.
O evento conta com apoio da Câmara Brasileira do Livro, Governo do Estado de Pernambuco e Prefeitura do Recife.
Uma estrutura antes só vista em livros
Para estimular o hábito da leitura, a VIII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco desenvolveu iniciativas como palestras, oficinas literárias, bate-papos literários, apresentações infantis e muitas outras. E tudo isso aconteceu numa grande estrutura, com quatro espaços exclusivos. O Auditório Carlos Pena Filho, o Café Cultural, o Espaço Pedagógico e o Palco de Idéias. Todos excelentes lugares para sua marca se aproximar do consumidor.
Agindo conjuntamente com a Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, a Bienal Internacional do Livro desenvolveu também um projeto pioneiro de investimento na Educação e desenvolvimento do hábito da leitura. Através da distribuição de bônus para os professores da rede estadual, deu um passo significativo na aquisição, pelo docente, de material didático, promovendo a renovação da biblioteca do docente pernambucano.
O caso da Bienal Internacional do Livro e do Governo do Estado é pioneiro no Brasil e de maior sucesso, tido como um passo significativo nas políticas de investimento educacional, sendo um exemplo para outras ações em todo o país.
Faça parte do maior evento literário do Nordeste
No meio de tantos livros, de tantos autores consagrados, sua empresa é que pode ser a grande best-seller do evento. Essa é a grande oportunidade para sua marca estar no maior evento literário da Região: um evento em que na sua última edição foi visitado por 610 mil pessoas, entre formadores de opinião, estudantes, entusiastas da literatura, jovens e adultos de todas as camadas sociais.
Entre em contato com nossa equipe de produção e saiba como garantir seu espaço na VIII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco.
Veja como na página de Contato.
Para informações à imprensa, visite nossa Sala de Imprensa.

Entre os dias 23 de setembro e 02 de outubro de 2011, será realizado mais um capítulo da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Com o tema “Literatura e Cidadania”, a Bienal chega a sua 8ª edição e o pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda (PE), volta a ser palco das discussões e debates que fomentam a feira literária.

Nesta oitava edição do evento, livreiros, editores e distribuidores de todo o Brasil estarão reunidos mais uma vez, consolidando o Estado como um dos mais importantes pólos literários do país. O evento, que já faz parte do calendário cultural pernambucano, contempla leitores de todas as idades e escritores de todos os estilos. Um grande acontecimento que estimula o hábito da leitura em todas as camadas sociais, democratizando a informação inteligente.

O poeta recifense Mauro Mota e o escritor cearense Ronaldo Correia de Brito serão os grandes homenageados desta 8ª edição.

Escolas devem agendar visitas com Marluce Laurentino no telefone (81) 3231-5196.

Entre números e letras

Promovida pela Cia de Eventos, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco é uma grande oportunidade comercial. É o terceiro maior evento literário do Brasil, atrás apenas das bienais do Rio de Janeiro e de São Paulo. A cada ano, mais personalidades da literatura internacional marcam presença, mais investimentos e receitas são geradas e mais pessoas comparecem, batendo recordes sucessivos de público. Mesmo sendo um evento com foco nas Letras, os números são expressivos.

Numeros Imagem Bienal

O grande objetivo da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco é fazer uma grande celebração em torno de um produto nobre como é o livro, que sempre agrega valor e estimula a capacidade criativa das pessoas. Por isso, existe uma preocupação da organização em sempre abrir espaço para editoras ainda de pouca visibilidade, possibilitando uma maior diversidade na oferta de títulos. A idéia é apresentar livros que não são achados na maioria das livrarias. E sempre com o cuidado de viabilizar estas ofertas com preços acessíveis.

Para as editoras interessadas em participar da VII Bienal, a planta já está definida (baixe a planta clicando aqui), e os stands podem ser procurados na Cia de Eventos, por meio do telefone (81) 3231 5196.

O evento conta com apoio da Câmara Brasileira do Livro, Governo do Estado de Pernambuco e Prefeitura do Recife.

Uma estrutura antes só vista em livros

Para estimular o hábito da leitura, a VIII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco desenvolveu iniciativas como palestras, oficinas literárias, bate-papos literários, apresentações infantis e muitas outras. E tudo isso aconteceu numa grande estrutura, com quatro espaços exclusivos. O Auditório Carlos Pena Filho, o Café Cultural, o Espaço Pedagógico e o Palco de Idéias. Todos excelentes lugares para sua marca se aproximar do consumidor.

Esses espaços são pensados estrategicamente para agradar variados públicos:

Auditório Carlos Pena Filho

O espaço foi palco das palestras mais prestigiadas do evento, com nomes de peso da literatura internacional como Xico Sá, Frederico Andahazi - Argentina, Pedro Juan Gutiérrez – Cuba e outros grandes autores.

Oficinas literárias também foram realizadas com a participação especial de Raimundo Carrero, grande homenageado do evento em 2009. O referendado autor pernambucano, ganhador do Prêmio Jabuti, o maior prêmio literário nacional, participou de todos os onze dias da Bienal.

Espaço Pedagógico

Aqui as crianças puderam conhecer o mundo dos livros. Foram realizadas apresentações culturais, recitais poéticos e narrações de histórias para crianças de todas as faixas etárias.

Café Cultural

Além de disponibilizar o serviço do Café, o espaço trouxe para o público um enfoque literário e a discussão da literatura como um todo. A literatura e bate papo literário, através de autores como Silvério Pessoa, Pedro Juan e outros.

Palco de Idéias

Um espaço reservado aos universitários e os seus debates principais. Uma iniciativa que visou dar voz para a produção literária e científica das Universidades do estado, permitindo que o público universitário tivesse maior engajamento e participação no debate de temas diversos como educação, literatura e as várias áreas do conhecimento que são estudadas nos ambientes acadêmicos.

Agindo conjuntamente com a Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, a Bienal Internacional do Livro desenvolveu também um projeto pioneiro de investimento na Educação e desenvolvimento do hábito da leitura. Através da distribuição de bônus para os professores da rede estadual, deu um passo significativo na aquisição, pelo docente, de material didático, promovendo a renovação da biblioteca do docente pernambucano.

O caso da Bienal Internacional do Livro e do Governo do Estado é pioneiro no Brasil e de maior sucesso, tido como um passo significativo nas políticas de investimento educacional, sendo um exemplo para outras ações em todo o país.

Fonte: www.bienalpernambuco.com

Nenhum comentário: