segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

CONEADESE COMEMORA 79 ANOS DE FUNDAÇÃO E CELEBRA O CENTENÁRIO DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL

A CONEADESE - Convenção das Assembleias de Deus no Estado de Sergipe, presidida pelo pastor Virgínio de Carvalho Neto, realizou nesta última semana (15 a 19/02) a sua 79ª Assembleia Geral Ordinária, as comemorações dos 79 anos de fundação da Assembleia de Deus em Sergipe e a celebração pelo Centenário das Assembleias de Deus no Brasil.

Nos dias 16, 17 e 18, no período da tarde, foi realizada a Escola Bíblica para obreiros e esposas. Os ministrantes foram os pastores Michel Ouedraogo (África), Haroldo Yamamoto (Japão), Rafael Corato (França), João Luiz (EUA), Ricardo (Chile) e Altair Germano (Abreu e Lima-PE).

Durante a noite houve cultos no Templo Central da AD em Aracajú-SE com a participação da Diretoria da CONEADESE e da IEADSE, obreiros e de toda a igreja, culminando com o trabalho realizado no Ginásio Constâncio Vieira em Aracajú-SE, onde na ocasião a palavra foi ministrada pelo pastor David Joahansson (Suécia). O louvor contou com a participação dos grupos locais, do cantor Paulo Figueiredo, da cantora Alice Maciel e banda (Arcoverde-PE). Os cultos foram dirigidos pelo pasto Jael Costa Mota, vice-presidente da AD em Aracajú.

O pastor Virgínio de Carvalho (foto ao lado), que foi homenageado com uma placa pela Comissão do Centenário - CGADB, destacou a importância da evangelização, e a relevância do trabalho missionário e social realizado pelas Assembleias de Deus no Brasil. O pastor e Deputado Estadual Antônio dos Santos falou do privilégio e das responsabilidades de se buscar e manter o poder do Espírito. Diversas autoridades e pastores de várias denominações estiveram presentes ao evento.

Que o Senhor continue abençoando ricamente os obreiros e toda a igreja em Sergipe.

3 comentários:

semeadores disse...

Olá amados irmãos, antes de tudo que a Graça e Paz de Cristo seja com todos. Quero expressar minha alegria em também ter participado desta humilde, mas significativa confraternização. Somos gratos também pela contribuição do pastor Germano em um dos dias do estudo. Oro ao Senhor para que estejamos abertos cada vez mais para a unidade tão necessária ao nosso centenário. Irm. Jonathas AD-SE.

JC Santos disse...

Gostaria de saber o por que da omissão do nome do genro do Pastor Virgínio como um dos ministrantes? Pastor Jairo veio da Flórida EUA onde é missionário e ministrou em pelo menos duas ocasiões durante o evento – um dia à noite e outro à tarde, além de ser o interprete do pastor da Suécia. Tanto em seu blog quanto no jornal mensageiro da paz omitiram justo o genro de nosso pastor aqui – lamentável.
Carlos Quitanda – Socorro/SE

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado Carlos Quitanda, reclamação justíssima. Fica aqui o meu pedido de perdão ao meu amigo Jairo e aos irmãos que com razão se ofenderam com o esquecimento.

O pastor Jairo é digno de todas as honras por sua importante participação nas festividades, conforme já enumeradas pelo irmão.

No amor de Cristo.