segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

ALGUMAS DAS MINHAS ÚLTIMAS FRASES NO TWITTER


Conseguimos separar a família até no culto. Casais, pais e filhos não sentam juntos pois estão nos órgãos formados, ou por outras imposições.

Departamentalizamos a família na igreja.

Família é lugar de compartilhar presença, suprimento, segurança, educação, conversas, afeto, riso, lágrima, amor, fé, vida.

Depois do que ouvi hoje na TV, estou cada vez convencido de que estão fazendo da igreja negócio...

...Abre-se a nova loja (templo) e se vai em busca dos clientes insatisfeitos (crentes), oferecendo um melhor produto ou serviço ao mercado.

No negócio chamado igreja, já há casos de acordos verbais (compra e venda) não cumpridos. O pior ainda está por vir.

Impor limites ou obediência sem explicações é mero autoritarismo.

Alguns tipos de governo de igreja patologizados: democrático, autocrático e totalitário. O governo de igreja bíblico é teocrático.

Há ainda o anarquismo evangélico, onde todo tipo de governo e autoridade é rejeitada.

Sem formulações doutrinárias não pode haver identidade doutrinária. Dessa forma, o que resta são contradições doutrinárias.

O conhecimento do pietismo e do evangelicalismo é fundamental para a compreensão das ideias e das práticas do pentecostalismo clássico.

Pastor é aquele que tem contato direto com a ovelha. Muito daquilo que se chama trabalho pastoral, na realidade não passa de supervisão.

Perceber limites é condição necessária para a manutenção de bons relacionamentos.

"Os monopólios tendem a ser poucos ativos, quer se trate de negócios, escolas ou igrejas". (Nancy Pearcey). Grande verdade.

O centenário das AD's pode ser um marco para uma nova postura, onde o evangelizar e o pensar caminhem juntos no poder do Espírito.

O atraso teológico nas Assembleias de Deus no Brasil contribuiu para a formação de reprodutores de doutrina em vez de pensadores.

O evangelicalismo populista contribuiu para um pentecostalismo antiintelectual.

O pentecostalismo antiintelectual contribuiu para o atraso teológico nas Assembleias de Deus no Brasil.

Pastores também colhem o que semeiam de bom e de ruim. Percebo colheitas acontecendo.

A mensagem do Evangelho se propõem a satisfazer necessidades e não desejos.

Quem procura a satisfação de desejos não precisa de Jesus, precisa de um gênio da lâmpada.

Alunos para EBD não devem ser caçados, mas sim cultivados.

Devemos não apenas ensinar como Jesus ensinou, mas também tratar os alunos como ele os tratou.

Buscar, encontrar, atrair, manter, cultivar e atender as necessidades do aluno. Eis a missão da Escola Dominical.

Desafios na atualidade: a desumanização da coisa e descoisificação do humano.

A EBD deveria ser um espaço de bons ensinos e de bons relacionamentos. Um espaço de saberes e afetos

Método e afeto precisam caminhar juntos na educação.

Família, igreja e escola deviam cooperar no processo educativo, abandonando as trocas de acusações e transferências de responsabilidades.

Siga-me no TWITTER

Um comentário:

Muri [Ateliê na Varanda] disse...

Acho que nunca comentei mas acompanho esse blog há um bom tempo! Sábias tuitadas!!! Já estão recomendadas no meu Facebook para que outros também sejam abençoados! Graça e paz!