terça-feira, 5 de outubro de 2010

A "ONDA EVANGÉLICA" GANHA FORÇA NAS ELEIÇÕES 2010


"É a primeira vez que a onda evangélica no Brasil interfere nas questões da política nacional. A eleição de 2010 teve uma forte participação da igreja cristã em defesa de temas que ela considera indispensáveis. Tanto alguns segmentos da Igreja Católica Apostólica Romana como as milhares de igrejas evangélicas espalhadas por este país levantaram-se contra as bandeiras do aborto e do casamento homossexual."

Leia todo o texto no BLOG DO JAMILDO

É preciso ficar atento, pois uma ênfase demasiada sobre o tema aborto poderá tirar a atenção de outras questões, tais como o PLC 122 (Lei da Homofobia, ou da "mordaça gay"), etc.

A resposta imediata no twitter por parte dos eleitores da Marina, é a da expectativa de que a mesma apoiará o candidato José Serra no segundo turno.

O Brasil não se converterá ao Evangelho de Jesus por Decreto-Lei, mas os princípios da Bíblia precisam nortear os nossos líderes em suas decisões e governo.

Se alguém chama isso de fundamentalismo, que chame. Como evangélicos, já estamos acostumados a esse tipo de tratamento "intolerante".

"Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo que ele escolheu para sua herança." (Salmo 33.12)

"Bem-aventurado o povo a quem assim sucede! Sim, bem-aventurado é o povo cujo Deus é o SENHOR!" (Salmo 144.15)

Continuemos a orar por nossos governantes (presentes e futuros).


4 comentários:

Elisomar disse...

Eu não gostei do posicionamento da candidata Marina,quando disse que não queria satanizar nem uma coisa nem outra. Mas que faria um plesbicito para que fosse decidido.
Agradar a gregos e troianos nessas situações,não é coisa de crente.
Mas não posso deixar de parabenizar as igrejas cristãs, que têm todo o direito
de participar ativamente dos assuntos de seu paìs.

Julio Neves disse...

Lembrando que no Rio foi eleito deputado federal Jean Wyllys (PSOL), o ex-BBB que tem como principal projeto a defesa da causa GLS.

www.gloriosojesusblogger disse...

Senhor nos ajude,pois sei que precisamos tomar uma decisão...

Julio Neves disse...

Demorou, mas neste momento conseguiram "CENSURAR" o video sobre "Posicionamento do Pr. Paschoal Piragine Jr sobre as eleições 2010".

No local do video está escrito: "Segundo a sinalização da comunidade de usuários do YouTube, este vídeo ou grupo pode ter conteúdo impróprio para alguns usuários."

http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI

Começa assim...