quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O PRESIDENTE, O CASAMENTO HOMOSSEXUAL E OS PROJETOS NO CONGRESSO NACIONAL



Nobre presidente, discriminar o homossexual é uma coisa, não concordar com a prática e com o casamento homossexual é outra coisa.

É preciso também deixar claro, que a união civil entre pessoas do mesmo sexo é uma coisa, casamento homossexual é outra.

Parabéns pela vossa sinceridade diante do tema. Seria muito bom que todos os políticos agissem assim.

E a candidata Dilma, ela também é a favor do "casamento homossexual" e da aprovação dos projetos que tratam sobre o tema no Congresso Nacional, inclusive o PL 122?

O tema "casamento homossexual" é irrelevante?

http://www.youtube.com/watch?v=UM8nnGTPGPE

Ficamos no aguardo de uma resposta clara da candidata Dilma, assim como foi a vossa.

Penso que a comunidade gay também está interessada nesta questão.

3 comentários:

Elisomar disse...

Se isto é irrelevante por que os políticos estão dando tanta atenção?
Que benefícios de modo geral esta decisão trará para a nação?

Eliabe Maciel disse...

Se a eleição para presidente se pautar apenas por questões como essas, nem o Serra nem a Dilma mereceria nosso voto, o que não aceito é o terrorismo religioso, que a extrema direita que dominou o País por tanto tempo, sempre se utilizou desses artifícios de terror para atemorizar os menos esclarecidos, tenho 39 anos, percebo que em todas as eleições a estória é sempre a mesma, se você votar em fulano ele vai fechar as igrejas, quem não se lembra da eleição entre Collor e o Lula? O queridinho da maioria dos pastores era o Collor, que tinha em sua campanha verde e amarela, representando o bom mocinho e Lula era tachado como o próprio diabo, um perigo para nação, o que ocorreu? Collor venceu, se transformando em um ditadorzinho verde e amarelo, confiscou a poupança dos brasileiros, um verdadeiro desastre econômico, nessa época não vir nenhum pastor subir no púlpito e pedir perdão a Deus pela opção errada que deu ao povo. Mas vencemos o medo e elegemos o Lula em 2002, o que ocorreu? Nunca as igrejas cresceram tanto, o país melhorou, é só analisar os números, diminuição da pobreza, gente comparem os números! Qual foi o governo que levou escolas técnicas federais para o interior? Quem levou mais universidades para o interior? Foi o governo do PSDB que elevou a dívida pública para 60% em relação ao PIB, hoje no governo Lula foi diminuído para próximo de 39%, o atual governo tirou 30 milhões de pessoas da extrema pobreza, quem não se lembra do discurso simplista do governo FHC, “Melhor que dá o pão é da vara para pescar”, se omitindo assim em relação às políticas sociais, que foi praticamente zero em seu governo, o que a palavra de Deus nos ensina? "Bem aventurado aquele que tem fome e cede de justiça”, o povo de Deus foi chamado para ser cabeça e não calda. Dominada por um terrorismo religioso, sem falar na falta de caráter dos que se utilizam da obscuridade e do medo, utilizando-se da boa fé do povo, o diabo não é do PSDB nem tão pouco do PT, o diabo é contra todos os homens, sou da Assembléia de Deus e voto na Dilma, para o Brasil continuar melhorando, não venho me esconder por trás de uma falsa imparcialidade pregada por tantos, respeito o posicionamento do pastor Piragibe, no entanto seu discurso é tendencioso, não por defender as questões religiosas e sim pela falta de isenção partidária, não queremos mais um governo que olha apenas para sul do país, contra toda a obscuridade, contra todo medo, contra o terror religioso, queremos um governo que governa pra todo Brasil, sou pernambucano e moro em Manaus há 15 anos e sei o que o governo do PSDB fez com constantes ameaças em tirar os incentivos da Zona Franca de Manaus, no período do PSDB no poder a quantidade de trabalhadores foi reduzida de 80 mil para 39 mil, hoje graças a Deus e ao governo Lula são mais de 140 mil empregados, entre eles muitos amados irmãos que estão dentro de nossas igrejas, agradecidos a Deus pela oportunidade em poder cuidar de suas famílias, meu manifesto é em nome dos mais de 30 milhões de brasileiros que saíram da extrema pobreza, porem ainda tem muito a ser feito.
Desculpe-me pelo jornal mais foi impossível ficar calado. Que Deus traga luz as nossas mentes.
A Paz do Senhor.

Eliabe Correia Maciel
Membro da Assembléia de Deus.

Elisomar disse...

Pois é!
Agora Eliabe, a situação ficou bem complicada.
Qual deles não deu apoio a esses projetos?
Acho que homossexualidade é questão de opção e o Estado nem deveria se meter nisso.
Há muitas coisas que merecem mais atenção.
Ninguém pode negar que o Brasil mudou e muito. Se bem que isso não tem respaldo para se esquecer das leis morais estabelecidas por Deus.
O que não se pode admitir, é acusar um e fechar os olhos para os outros.
Independente desta situação, o povo é bem ingrato!