domingo, 10 de outubro de 2010

ELEIÇÕES, INTERNET, ABORTO E CASAMENTO HOMOSSEXUAL


"Sem entrar no mérito do 'sou a favor' ou 'sou contra' o aborto e casamento gay - que vai além da esfera política, a questão é: a internet engrossou o debate sobre pontos polêmicos e colocou à prova partidos, coordenações de campanhas e candidatos. Desde o fechamento das urnas domingo, Dilma e Serra rebatem o que circula na internet com igual rapidez à rede. Para não ser tarde demais, como foi para Dilma, que dormiu esperançosa com a vitória em apenas um tempo e obteve 46,9% dos votos válidos para 32,6% de Serra e 19,3% de Marina."

Leia no diariodepernambuco.com

É preciso filtrar na internet o que são meros boatos e o que são fatos. Este blog publica fatos.

Um comentário:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamado pr. Altair Germano,

A paz do Senhor!

Creio que a internet mudou completamente o quadro eleitoral.

Os candidatos no futuro ou nas próximas eleições deverão se comportar com mas responsabilidade, vigilância, menos mentiras ou se prepararem para um curso de improvisação com formação em artes cnematográficas. Não será fácil!

O povo está mais atento, apesar dos votos no tiririca.

Creio que não importa o vencedor, teremos com certeza, um novo Pôncio Pilatos no governo. Ele lavará as mãos diante do que será aprovado pelos políticos em agressão ao esinos mosrais e éticos de uma sociedade.

Faz parte dos últimos dias do Final dos Tempos.

O Senhor seja contigo!

O menor de todos os menores.