sexta-feira, 10 de setembro de 2010

TERRY JONES, ALCORÃO E OS EVANGÉLICOS CONSERVADORES DOS ESTADOS UNIDOS


"Ontem à noite, ao comentar no Jornal da Globo a ideia bizarra de um pastor norte-americano, chamado Terry Jones, de queimar 200 exemplares do Alcorão no dia 11 de setembro por ocasião do aniversário de 9 anos dos atentados terroristas que ceifaram a vida de cerca de 3 mil pessoas, o comentarista Arnaldo Jabor, da TV Globo, afirmou a mentira de que Jones representa o “fundamentalismo evangélico” e ainda que seria “um braço incendiário do Partido Republicano”. (Leia o artigo completo no CPAD NEWS)

3 comentários:

Observatório Teológico disse...

Pr Altair, recomendo a leitura de postagem de minha autoria escrita há pouco sobre este lamentável fato, intitulada "O péssimo testemunho da intolerância 'cristã'" no Observatório Teológico - www.observateologia.blogspot.com Como foi bom saber que terei o privilégio de ouví-lo aqui em Joinville. Deus o abençoe.

Cicero Ramos

TV LAPA disse...

Não dá para bater palmas para louco dançar! (You can not clap for crazy dance!)

Terry Jones é o nome da figura, que do alto de seu séquito de 50 seguidores, queria e teve seus minutos de glória. Quando li a primeira notícia, me lembrei de outro pastor Jones : Jim Jones , que comandou um suicídio em massa de seus seguidores em 1978. Aquela tragédia na Guiana, atingiu um número restrito de pessoas, no entanto o Jones do momento, coloca em risco, algo incomensurável.

Márcio Assad - Lapa - Paraná

www.gloriosojesusblogger disse...

Jones, só quer chamar atenção, pelo que parece conseguiu.