terça-feira, 27 de julho de 2010

PELO RETORNO À PALAVRA


"Enquanto aguardam a liberação de uma sala para a entrevista, Antônio Gilberto e o repórter conversam sobre a Igreja Evangélica e assuntos relativos à fé cristã no Brasil. O pastor folheia um exemplar de CRISTIANISMO HOJE. “Não há mais muito temor a Deus”, comenta, a respeito do conteúdo de uma reportagem. Ele dá uma olhada pela janela e balbucia, como se falasse consigo mesmo: “Quem de nós tem buscado ao Senhor em espírito e em verdade?”. Em dado momento, a secretária lhe traz as informações que solicitou sobre um evento. A procura não é tão grande como o esperado. “É impressionante, irmão”, diz. “Antigamente, eram comuns campanhas de oração de uma semana, cultos de consagração que duravam um dia inteiro. Agora, o pessoal não quer orar nem por cinco minutos.”

Leia em Cristianismo Hoje a entrevista completa com o pastor Antônio Gilberto.

3 comentários:

Fabiana e Jurandir disse...

Parafraseando..."...eis ai um homem em quem nao ha dolo...".
Valeu a leitura da entrevista de um homem sincero e integro, temente a DEUS e que certamente se desvia do mal....

Pr. Honorato Santos disse...

Para falar da pessoa do Pr. Antônio Gilberto, faço minhas as palavras da rainha de Sabá, 2Cr9.7 "Bem-aventurados os teus..., que estão sempre diante de ti e ouvem a tua sabedoria"

Na Paz de cristo,

Pr Honorato.

audenizesilva disse...

Estamos vivendo a era do "clic". Tudo tende a ser muito rápido, e por que não dizer imediato? Essa falta de paciência lamentavelmente tem invadido a Igreja, tornado muitos meros espectadores dos cultos. Porém, a relação "crente-Espírito Santo" não pode acompanhar esse ritmo, pois o ritmo do crete é narrado por Davi no Salmo 73:28 "Mas para mim, bom é aproximar-me de ti Senhor." e essa aproximação só é possível através da oração e da palavra.

Audenize Silva