terça-feira, 8 de junho de 2010

MAIS NOTÍCIAS DESAGRADÁVEIS ENVOLVENDO A ASSEMBLEIA DE DEUS NO BRASIL

"A Polícia Federal (PF) instaurou um inquérito policial para investigar os irmãos Jônatas, Dan e Samuel Câmara, a Igreja Assembleia de Deus e a Fundação Boas Novas – entidades dirigidas por eles – por suspeita de ‘lavagem de dinheiro’ e evasão de divisas.

O inquérito está no site do Tribunal Federal da 1ª Região (www.am.trf1.gov.br), no processo 2005.01.00. 000005-4. A investigação foi confirmada pelo superintendente da PF no Amazonas, Sérgio Fontes. Jônatas é presidente da Assembleia de Deus no Estado, Samuel dirige a igreja no Pará e Dan Câmara é pastor da igreja e comandante-geral da Polícia Militar (PM) do Estado."

Leia em http://noticias.gospelmais.com.br

Fonte: Gnotícias

Assim como no caso das acusações que estão sendo feitas contra a Mesa Diretora da CGADB, nada mais justo do que aguardar o desenrolar deste processo que envolve o nome da Assembleia de Deus no Amazonas e a Fundação Boas Novas, visto que ninguém pode ser condenado antes de julgado em todas as instâncias, inclusive na instância divina, que não falha.

Lamento por mais este episódio envolvendo pastores das Assembleias de Deus no Brasil. Mas, como já disse em outro post, nada melhor do que as investigações e o tempo para trazer a verdade à tona.

Oremos!

Nenhum comentário: