sexta-feira, 25 de junho de 2010

MAIS DISCUSSÕES EM TORNO DO VÍRUS H1N1



Euronews / Portugal

“A pandemia de gripe A nunca existiu”. Esta é a conclusão do relatório aprovado ontem pela assembleia parlamentar do Conselho da Europa, que acusa a Organização Mundial de Saúde (OMS) de ter “sobrestimado o vírus H1N1”.

A investigação, chefiada pelo deputado britânico Paul Flynn, denuncia o "desperdício de fundos públicos na compra de vacinas" e as "ligações entre os peritos da OMS e os laboratórios farmacêuticos".

Um relatório publicado também ontem pelo British Medical Journal revela que as recomendações da OMS teriam sido redigidas por peritos, contratados como consultores por vários laboratórios farmacêuticos.

A OMS enfrenta assim uma nova vaga de críticas, um dia depois de ter decidido prolongar até Julho o nível máximo de alerta de pandemia, em vigor desde Julho de 2009.

Em um ano, a gripe A provocou mais de 18 mil mortos, um número distante das previsões iniciais, quando a gripe sasonal provoca anualmente mais de 500 mil mortes.

Leia mais sobre as discussões em torno da "gripe A" em:


Euronews: Gripe A: novas acusações contra OMS
RTP: Conselho da Europa critica forma como OMS geriu gripe A
24horasnews: O conto da vacina suína:

Até o estadão reportou, no entanto, com uma matéria apologista:

OMS nega influência de interesse comercial na pandemia H1N1

Notícias relacionadas :
gripe suina
OMS
Fonte: A Nova Ordem Mundial

Com tantos especialistas e organizações se degradeando sem chegar a um ponto pacífico em torno da grípe suína e da vacina contra o H1N1, em quem confiar?

Vacinar ou não vacinar, eis a questão!

7 comentários:

Charlles Oliveira disse...

Caro pastor Altair,

Começo a pensar que a “Lenda Urbana Evangélica” tinha razão: OLHE OS ILLUMINATIS AI!

Agora falando sério, é de deixar qualquer um no mínimo inseguro diante de tanto blá blá blá! Sabe-se lá o que está por trás de tudo isso, quem são os verdadeiros interessados nisto tudo!?

Deus tenha misericórdia de nós!

Pr. Flavio Constantino disse...

Querido Pastor Altair Germano,

A Paz do Senhor,

No dia 26 de Abril eu postei em meu blog um depoimento da ex-ministra da saúde da Finlândia, Drª Rauni Kilde. Ela faz algumas declarações bombásticas.
ai está o endereço: http://pastorflavioconstantino.blogspot.com/2010/04/existe-de-fato-uma-conspiracao-mundial.html

Um grande abraço,

No Amor de Cristo,

Pastor Flavio Ferreira Constantino.

Valdomiro Filho disse...

O estardalhaço realmente levantava suspeitas. Pois chegou-se a dizer que a H1N1 matava igualmente a gripe comum, então, por que o alvoroço? Seria apenas mais um vírus da gripe. E se mata menos como está na postagem, pior ainda, somos uns "manés" mesmo, todos com os nervos à flor da pele para não morrer pela Gripe A. As coisas que estão sendo apuradas sobre essa gripe só mostram o quanto somos manipuláveis, quer queiramos ou não. De alguma forma deixamos nos envolver! >:(

Outra coisa estranha foram os alegados casos sem conexão alguma com pessoas de áreas contaminadas.

"Venha o Teu Reino"

Booth disse...

Pr. Altair um bom link para dar uma olhada

http://www.youtube.com/watch?v=aMtDRZjPJdU

Ministério da saúde disse...

Charlles Oliveira ,

A vacina é segura, e os efeitos colaterais são conhecidos. Os dados da campanha de vacinação comprovam isso.

Foram mais de 400 milhões de pessoas vacinadas nos países do Hemisfério Norte, e 84 milhões de pessoas no Brasil, não podemos de maneira alguma ir contra esses dados. A vacina é segura e tem se confirmado isso de maneira continua e permanente. Não temos no Brasil nenhum caso de complica grave ou morte provocada pela vacina. O que existe são teorias e boatos irresponsáveis que estão colocando a vida das pessoas que acreditam nessas especulações em risco. Já tivemos casos de pessoas que estavam no grupo de risco, ou seja, que deveriam ser vacinas e não foram, infelizmente essas pessoas que deveriam estar imunizadas não estava e foram atacadas pelo vírus, e o resultado foi lamentável, essas pessoas morreram. O Ministério da Saúde tem feito um trabalho sério e dedicado aajudar as pessoas a se protegerem do vírus que já matou milhares de pessoas no mundo, não iríamos de maneira alguma, colocar em risco a saúde do brasileiro com um vacina que não oferecesse a devida segurança. A vacina é segura, o que existe na internet são especulações que não são verdadeiras.

Mais informações:
comunicacao@saude.gov.br

Ministério da saúde disse...

Pr. Flavio Constantino,

Não podemos responder por estratégias de vacinação adotadas em outros países, respondemos pelo Brasil, e asseguramos que todas as medidas necessárias para proteger a população de um vírus que já matou milhares de pessoas no mundo e no Brasil.

Mais informações:
comunicacao@saude.gov.br

Ministério da saúde disse...

Booth

O conteúdo do vídeo sugerido é irresponsável e não condiz com a verdade. A vacina contra Influenza H1N1 é segura. Ela foi devidamente testada. Antes de ser aplicada aqui no Brasil, esta vacina já foi utilizada em mais de 400 milhões de pessoas no Hemisfério Norte, sem efeitos colaterais graves.

Mais informações:
comunicacao@saude.gov.br