quarta-feira, 9 de junho de 2010

LIÇÕES BÍBLICAS DO 3º TRIMESTRE/2010


LBA: O Ministério Profético na Bíblia, a voz de Deus na Terra


Comentário: ESEQUIAS SOARES


Consultor Doutrinário e Teológico: ANTÔNIO GILBERTO


Lição 1

O Ministério Profético no Antigo Testamento

Lição 2

A Natureza da Atividade Profética

Lição3

As Funções Sociais e Políticas da Profecia

Lição 4

Profecia e Misticismo

Lição 5

A Autenticidade da Profecia

Lição 6

Profetas Maiores e Menores

Lição 7

Os falsos Profetas

Lição 8

João Batista – O Último Profeta do Antigo Pacto

Lição 9

Jesus – O Cumprimento Profético do Antigo Pacto

Lição 10

O Ministério Profético no Novo Testamento

Lição 11

O Dom Ministerial de Profeta e o Dom de Profecia

Lição 12

O Tríplice Propósito da Profecia

Lição 13

A Missão Profética da Igreja


JUVENIS

Fundamentos da nossa fé


ADOLESCENTES

Vivendo em Família


PRÉ-ADOLESCENTES

Descobrindo meus direitos e deveres


JUNIORES

Em que acreditamos


PRIMÁRIOS

A igreja é a Casa de Deus


JARDIM

A Bíblia, o Livro maravilhoso


MATERNAL

Podemos falar com Deus


BERÇÁRIO

Minhas primeiras histórias da Bíblia

10 comentários:

Elisomar disse...

Sinceramente,viu! Só Deus dá graça ao professor com uma lição dessa natureza!
Tá faltando assunto na Bíblia para ser aplicado,é?
O professor tem que ter uma desenvoltura extraordinária, para diversificar as lições com tantos assuntos repetitivos!
Tá bom de se pensar na possibilidade
de se adquirir lições de outras editoras.

Elisomar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dc. Sérgio Vieira disse...

Gostei muito de saber o que será abordado no próximo trimestre. Acredito que o professor cheio do Espírito e de Sabedoria buscará uma aplicabilidade para o dia a dia dos seus alunos.
Este é um comentário de quem não é nem super homem nem irresponsável com o ensino. Apenas um servo de Deus que aprendeu e continua aprendendo a transformar barreiras em oportunidades.

REGICARD_TECNOLOGIA disse...

Acho muito válido esses temas do 2º e agora do 3º trimestre, tem muitas igrejas sendo contaminadas com Falsos Profetas/Profetizas, que as vezes cegam até o próprio sacerdote.
Que Deus nos ajude.

Elisomar disse...

Irmão regicard,
Também achei muito bom os temas da lição deste trimestre e acho importantíssimo para a igreja o assunto do trimestre que vem.
O que acho desnecessário é passar tres meses num mesmo assunto.
Dificulta o trabalho do professor e deixa os alunos desestimulados.
Que tal se a cada mês se falasse de temas diferentes?

KELY disse...

NAO É TAO REPETITIVO ASSIM, PELO MENOS TAO TANTO QUANTO FOI A LIÇÃO SOBRE DAVI E A SOBRE A 2º ESPISTOLA AOS CORINTIOS. EU NAO AGUENTAVA MAIS REPETIR AS MESMAS INFORMAÇÕES TODO DOMINGO, ENCHER LINGUÇA. ISSO É UMA AFRONTA A INTELIGENCIA E CAPACIDADE DOS MEUS ALUNOS.

Antonio Marcos disse...

Como servo de Deus e tambem professor da EBD,parabenizo a CPAD pela escolha do tema a ser abordado neste trimestre, este assunto é de muita valia e ajuda a igreja se proteger das falsas profecias que tem desistimulado e afastado muitas pessoas das verdades biblicas e do verdadeiro evangelho.
Pb. Antonio Marcos Brandino
São Francisco de Paula/RS

FLÁVIO CARLOS disse...

Caros irmâos! Antes de tudo deixe-me me apresentar: meu nome é Flávio, sou professor de Adolescentes da Igreja Assembléia de Deus Missão de Bocaiúva -MG! quanto ao assunto da lição, é sim muito interessante falar sobre profecias. Agora, permita-me Caro irmâo Elisomar concordar contigo discordando um pouco, pois se quiser ver de fato algo desestimulante, seja professor de uma classe de adolescentes com uma revista repetitiva a cada dois anos, e foi feita apenas pensando nas capitais! Gente! o Brasil é grande e tem muita gente no interior também!

d.viper19 disse...

Bons temas, porém, o comentarista desse trimestre divaga bastante nos comentários. Mais se o professor pedir a orientação de Deus conseguirá dar uma aula bem teológica e espiritual. Um abraço!!

blog do diacono ismael lopes disse...

Irmao Flavio Carlos concordo plenamente com sua colaçao em relaçao as liçoes das faixetarias de adolescente e tambem juvenis seria bom que alguem irformasse aos elaboladores das licoes de juvenis e adolescente quem no interior do Brasil nao é a mesma cultura de uma capital.