sábado, 20 de fevereiro de 2010

DICA LITERÁRIA: A ARTE DE ESCREVER

Arthur Schopenhauer (1788-1860) é um dos mais importantes filósofos alemães. Ele achava que o mundo nada mais era do que uma representação formada pelo indivíduo. Influenciou Freud, Nietzsche e Bergson com seu pessimismo e foi o responsável por introduzir o budismo à metafísica alemã. Foi além do idealismo kantiano e tinha em Hegel seu principal opositor. Suas obras mais importantes são O mundo como vontade e representação (1819) e Parerga e Paralipomena (1851).

Nesta antologia de ensaios recolhidos de Parerga e Paralipomena, o leitor vai encontrar textos que trazem as mais ferinas, entusiasmadas e cômicas reflexões acerca do ofício do próprio Schopenhauer, isto é, o ato de pensar, a escrita, a leitura, a avaliação de obras de outras pessoas, o mundo erudito como um todo. São eles: “Sobre a erudição e os eruditos”, “Pensar por si mesmo”, “Sobre a escrita e o estilo”, “Sobre a leitura e os livros” e “Sobre a linguagem e as palavras”. Embora redigidos na primeira metade do século 19, estes ensaios, ao tratar sobre o mundo das letras, os vícios do pensamento humano, as armadilhas da escrita e da crítica, continuam válidos – hoje talvez mais do que nunca. E, marca personalíssima do autor, são modernos, pulsantes de vida, de inteligência e humor.

Fonte: www.lpm-editores.com.br

Muito bom. Recomendo!

3 comentários:

Tiago disse...

Prezado Pr Altair Germano, tenho procurado ler todas as suas recomendações e não me arrependi de nenhuma, o livro A pedagogia de JESUS é um celeiro de ricas informações e quando eu terminar de ler vou começar este outro.
Obrigado pelas dicas.

jonatan disse...

A Paz do Senhor, amado Pastor Altair.
Não faz muito tempo que descobri e passei a ser um leitor diário de seu Blog, mas já me convenci de que ele tem sido usadíssimo por Deus para abençoar muitas pessoas, inclusive eu.
Esta Dica Literária vai me ser bastante útil, pois estou cursando Letras na UFPE e tenho ouvido falar muito deste autor, mas pouco me interessei em conhecê-lo melhor; agora, vou seguir sua dica e lê-lo com afinco.
Um grade abraço e gostaria de conhecê-lo ou de apenas vê-lo pessoalmente. Espero que algum dia o senhor visite o Campo de Itapissuma, presidido pelo querido Pastor Elis Clementino - que o senhor deve conhecer bem.
Ou que outra ocasião nos faça ser conhecidos.

Com carinho,
Jonatan Silva

Danilo Fernandes disse...

Agora o nobre Pastor Altair pegou pesado!

É realmente um livraço!

Mas para ser sorvido em doses homeopáticas, risos.