domingo, 6 de setembro de 2009

UM BREVE COMENTÁRIO SOBRE AS DECLARAÇÕES DO PASTOR MARCO FELICIANO



"Quando, porém, Cefas veio a Antioquia, resiste-lhe face-a-face, porque se tornara repreensível." (Galátas 2.11)

Segue uma breve análise sobre a fala do pastor Marco Feliciano:

"Eu, o pastor Marco Feliciano, sou talvez o pastor improvável"

Todos os pastores verdadeiramente chamados por Deus são improváveis. Somo improváveis porque nossa chamada é exclusivamente dependente da graça e da soberania divina.

"Eu não tenho nada daquilo que os grandes pastores precisam ter pra ser pastor"

Não ha grandes pastores. Só há servos. Quem se percebe "grande" perdeu o foco da chamada, ou então nunca foi chamado.

"Pastor Marco Feliciano é um achado. É alguém que Deus olhou do céu, no fundo de uma palheiro, viu como uma agulha e disse: e esse que eu vou usar"

Deus nos escolheu (achou) desde o ventre de nossa mãe. (Jr 1.5; Sl 139.Gl 1.15-16) As palavras do pastor Marco Feliciano, mais uma vez, expressa a realidade de todo pastor escolhido (achado) por Deus.

As demais qualificações para o pastor verdadeiramente chamado por Deus, ditas pelo pastor Marco Feliciano são óbvias.

"As pessoas que falam mal de mim, na verdade sentem uma pontinha de inveja"

Com todo respeito. Ninguém está isento de errar e de ser corrigido por seu erro. É provável que algumas manifestações de repúdio quanto algumas posturas do pastor Marco Feliciano possam ser mortivadas por inveja. Mas, generalizar, é no mínimo uma atitude defensiva ingênua.

"Talvez o que falte a mim é experiência pastoral"

É possível. O que ouvimos de bobagens da parte de pregadores itinerantes, pelo simples fato de nunca terem tido uma experiência pastoral concreta (inclusive falando contra pastores atuantes) é um absurdo. Espero em Deus que o pastor Marco Feliciano adquira esta experiência, e com ela, de fato, alcance esse amadurecimento que expressa precisar. Todo nós sempre temos no que amadurecer.

"Neste país corre-se que o ministério passa de pai para filho..ou a pessoa tem que vir de uma família sacerdotal"

Em muitos lugares isto acontece, e tem como objetivo a manutenção dos privilégios e do poder oriundos do cargo (muitos não querem perder a "boquinha"). Já em outro lugares, a sucessão ministerial entre pai e filho é legítima, por corresponder a vontade e chamada de Deus na vida do filho.

A "nossa" (me incluo) história ministerial pregressa de integridade (alguns nem um bom passado possuem como obreiros) não justifica nossos erros doutrinários ou equívocos de conduta no presente, por "grande" que pareçamos ser, pois no Reino de Deus não há "grandes", o maior é o menor, o primeiro será o último e servo de todos (Mt 18.1-5; Mc 9.33-35; Lc 9.46-48).

É preciso fazer uma clara distinção entre "perseguição" e "repreensão". Quem erra publicamente está passivo de repreensão pública. Quem continua errando, deverá continuar sendo repreendido, pois, se não houver uma clara posição contrária, o seu erro poderá contaminar os "pequeninos".

Foi perseguição ou inveja a atitude de Paulo em relação a Pedro em Gl 2.11? É claro que não, antes, foi uma intervenção da parte de quem é zeloso, comprometido com a verdade da Palavra de Deus e com o cuidado da igreja.

O vídeo, com direito a música "triste" ao fundo, com tom de mansidão e quebrantamento, com cenas e imagens "tocantes", por si só não resolve o problema da vergonha, da confusão, do mercantilismo da fé, das heresias financeiras, das manias de "grandeza", das brigas pelo poder que assolam igrejas, convenções e ministérios em nossa nação.

É preciso mudança radical, e mudança radical só acontece com arrependimento, confissão de pecados e uma nova atitude em relaçã a Deus e a sua palavra.

Por fim, não é o "ser" diferente que nos reprova, mas, o ensinar "doutrinas diferentes", o pregar um "evangelho diferente" (Galátas 1.6-9). Resultados numéricos ou sobrenaturais, por si só, não "nos" (me incluo de novo) recomenda ou aprova (Mt 7.21-23)

Que o Senhor ajude ao pastor Marco Feliciano, a todos os demais pastores por ele citados direta e indiretamente, e a mim, para que perdendo o rumo de um ministério genuinamente bíblico e relevante, possamos reencontrá-lo.

Na graça e no amor de Cristo,

Altair Germano.

Belém-PA, 06/09/2009

18 comentários:

Márcia Gizella disse...

Pr. Altair, sinto muito, no momento, não acredito em nada que o Marco diz, ainda mais defendendo o Edir Macedo,não vejo perseguição, todos nós precisamos ser exortados e repreendidos, sei que alguém ja deve ter repreendido o Marco em "off", e ele na sua altivez, ganância e arrogância, não deve ter dado ouvidos....
Eu lamento muito, mas é a verdade, querer que se arrependam?Eu quero muito, mas não tenho certeza de que eles querem tal arrependimento, pois não vejo frutos do tal.
Eu conheci em Belém, qdo morava lá, um homem que se dizia Pastor, Rutemberg Barata,^(talvez ja esta arrependido) ele fez estragos em muitas vidas, inclusive na minha, em nome de deus, o do próprio ventre...Talvez vc já deve ter ouvido falar nele, se não, procure o Pastor Raimundo Monteiro na IBMA(Batista Missionaria em São Bras), ele vai te contar...
Depois desse fato, Deus tem me dado discernimento e graça, mas eu senti na pele, as consequncias desses absurdos em nome de Deus....
Bom, falei muito, graça e paz!!!!!
Márcia Gizella.

Anônimo disse...

Pr. Altair, (Como estão as coisas ai em Belém?) Deu tempo de visitar a Igreja Mãe?

Parabéns pela brilhante análise das palavras do pr. Feliciano,creio se ele ler, Deus vai tocar seu coração.
O pr. Marco é bem jovem, e com certeza pode dar uma virada em sua vida de neopentecostal.
Tomara que ele reflita sobre tudo o que fez e disse sobre essa tal de telogia da prosperidade.

FELIPE ANDRE - AUX. SALGUEIRO -PE disse...

IRMAO FELIPE ANDRE. SALGUEIRO -PE

SE ESTE DITO PASTOR TEM TANTA CONVICÇAO DA CHAMADA DE DEUS PRA SUA VIDA,PORQUE GASTAR DINHEIRO COM A MIDIA, PARA TENTA SE EXPLICAR? O INESPLICAVEL É CLARO. POIS ESTE FEZ UMA VERDADEIRA SALADA DE FRUTA. O APOSTOLO PAULO JA DIZ EM SUA CARTA AOS ROMANOS "...QUEM INTENTARA ACUSAÇAO CONTRA OS ESCOLHIDO DE DEUS? È DEUS QUE OS JUSTIFICA..." QUE PENA A PERCA DE TEMPO, QUE PENA AS CONVERSAS FIADAS,QUE PENA,QUE PENA,ENQUANTO ALMAS ESTAO MORRENDO.AMADOS, JESUS ESTA VOLTANDO, E MUITO DESTES PASTORES PRECISAM REVER OS SEUS CONCEITOS COM RELAÇAO A PREGAÇAO DA PALAVRA DE DEUS.AFINAL, ALGUNS DOS SITADOS A TEMPO TROCOU O REINO DOS CEUS PELA GLORIA DA TERRA. QUE PENA, QUE PENA, QUE PENA...

Tales disse...

"A atitude de Paulo foi uma intervenção da parte de quem é zeloso, comprometido com a verdade da palavra de Deus e com o cuidado da igreja", em relação a quem (Pedro) possuía dupla personalidade. Uma, em relação aos crentes judeus, e outra, em relação aos crentes gentios. Precisamos ser como Paulo ("Sede meus imitadores, como eu de Cristo."), de uma só fé, de um só batismo, de um só Deus. E também de uma só personalidade, de um só caráter, de uma só intenção e de um só alvo: o reino de Deus. De resto, o que o Pr. Marco Feliciano disse é pura alienação. Pura babozeira. E o que tem de pastores por aí dizendo bobagens..., lamentavelmente.

Elisomar disse...

Numa coisa tenho que concordar com
o pastor Marco Feliciano: nunca vi tanta desunião entre pastores.
E isso enfraquece a unidade da igreja.

Irmão Franklin disse...

Saudações cordiais na Paz do Senhor Jesus Cristo!

Amado irmão Altair, vemos um homem, neste vídeo, desesperado!

Querendo se apresentar como realmente é. Pois, o que temos visto sobre ele é superficial! Se ele é "diferente" superficialmente, como será profundo então?

Fiquei com um pouco de dúvida, quem será este "palheiro" que ele fala que Deus o escolheu? Será os que já estaam na ativa ou aqueles que Deus, ainda tem chamado?

Quando ele fala que é tão simples fico com receio, pois, em uma cidade vizinha ele só faltou chamar os irmão tradicionais de ímpios! Isto, por que, chegou até a mimi esta noticía, eu tive o prazer de não ir "vê-lo" (e não para adorar a Deus, naquela cerimônia ecumênica).

Que inveja dele! Queira eu ser igual a ele! Uma pessoa "humirde" do mato.

Igreja cheia até "eu" posso encher! É só agir de acordo com a vontade de "deus" e tudo fica bem (cheio).

Já pensou que, para fazer o que é certo/correto, tenha que ter estrutura familiar?

Que Deus tenha piedade de homens assim!

OBS: O uso de figuras de liguagem é proposital.

Grato,

Franklin de Almeida Salles.

Ivan César da S Barboza disse...

Pr Altair essa declaração do pr.Marcos Feliciano, é uma confirmação que nós que temos visto o evangelho ser cercado de tantas crendices, ao nos posicionarmos repudiando tais atitudes, condenando-as, estamos sendo ouvidos pelos pequeninos e estamos emncomodando os que promovem essas heresias.
Estou certo que mediante um sinal de mudança de atitude todos nós demonstraremos apoio, porque como o Sr. disse a nossa motivação não é a inveja e sim o zelo pela palavra, continue seu esforço não é em vão Graça e Paz do Senhor.

Tales disse...

Essa declarações do Pr. Marco Feliciano demonstram, nada mais nada menos, uma completa alienação em relação a tudo, sobretudo no que tange ao conhecimento da palavra de Deus (Gl 2.11), ao conhecimento de um modo geral, no que diz à ética, ao bom censo, à honestidade, à coerência, à dupla personalidade de Pedro, à nossa dupla personalidade (muitas vezes, temos uma personalidade em casa, no trabalho, etc, e na igreja, outra.), ao caráter do verdadeiro cristão, etc. E isso também me reporta às palavras do Senhor Jesus: "Aquele que a si mesmo se humilhar, será exaltado; mas aquele que a si mesmo se exaltar, será humilhado.". Todo cidadão do céu tem por obrigação ter consciência disso tudo. Mas nem todos têm.
Paz e graça para todos.

zwinglio rodrigues disse...

Pr. Germano, paz!

Eu assisti o programa do pr. Feliciano e o compreendi [o programa] como muito infantil e ingênuo... entendi o desejo dele de encontrar paz entre os seus... no entanto, isso só será possível com algumas correções por parte dele... no demais, a despeito de suas muitas "ratadas" teológicas, nunca duvidei da legitimidade do ministério dele e de seu amor a Cristo... para mim, ele é um ministro que precisa de ajuda e de confrontos cara a cara de outros ministros que exale amor cristão por ele...

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. altair Germano,

A paz do Senhor!

Vou repetir uma das frases do pr. Marcos(consagrado pelo herético Oriel de Jesus, para situar meu comentário:

"As pessoas que falam mal de mim, na verdade sentem uma pontinha de inveja"

Eu, tenho o direito de alertar aos irmãos que fujam destas meninices e erradas aplicações do poder de Deus, e com certeza, não sinto nem um pouco de inveja dos erros e das heresias praticadas por este, que declarou esta frase absurda.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com
Contra a Falácia da Prosperidade!

jane disse...

Essas declarações do Pr. Marco Feliciano são fruto da ignorância e alienação, no que tange à palavra de Deus. Até aí, tudo bem, é perfeitamente perdoável. Mas o oportunismo discarado com que ele defende Silas, Edir Macedo, Estevam e Cia, é de um cinismo sem precedentes. Isso se perdoa também, mas passível de repreensão. No mínimo, daquelas que Paulo deu em Pedro.
Paz e graça a todos.
(Tales e Rejane)

Luis Alberto disse...

Oro e continuo orando pelo Pr Marco Feliciano.
Com certeza ele é alvo de muitas críticas.
Não sou alienado e sei que ele tem defeitos (quem não tem?).
Mas o fato é que Deus usa o homem. Quando ele prega o Senhor levanta o abatido e dá força ao cansado.
E o que mais precisamos hoje em nossa igreja são de homens que não tem medo de falar a verdade, de se expor, somente por amor ao Evangelho e a Cristo.

Sds
Pb Luis Alberto

Pr Alessandro Garcia disse...

Talvez a experiência pastoral lhe ensine alguns princípios e verdades ministeriais.

Vou dizer algo que comcerteza tem sido a causa de muita frustração e abandono do ministério.

Eu não tenho dúvida e o Pr Marco Feliciano tem uma chamada de Deus. O problema é ele não teve paciência de caminhar passo a passo no início do ministério e muitos dos que o ouviam logo fizeram de tudo para lançá-lo prematuramente ao público evangélico. O que ele almeja adquirir agora deveria de ter sido adquirido desde o início. Uma coluna não é feita de areia, depois pedra, depois cimento. O concreto é feito obedecendo a quantidade exata de cada material e em seguida lançado simultaneamente em volta da ferragem.
É um grande risco ao ministério de qualquer obreiro, a carga de responsabilidades antes do tempo.
Há dias ouvi dizer de um "presbítero" de apenas 14 anos!! Se Deus não usar de misericórdia é mais ministério com sérios riscos de sérias crises futuramente.
Uma outra coisa a ser dita é que além da nossa comunhão com Deus, é necessário andarmos com gente que leva Deus a sério!!!
Existem certas más influências que irão comprometer o nosso chamado. Quem são as pessoas que eu admiro e procuro segui-las pelas suas experiências e convicções?
Admirar, se espelhar e conviver com pessoas erradas no início e ao longo tempo, vai determinar o tipo de obreiro que eu serei no futuro e a minha aprovação ou reprovação no cenário em que eu esteja incluído.

Pense nisto...

GERMANO disse...

Caro Pastor Altair Germano, a autopromoção tem sido a grande cilada de Satanáz para os homens do dias atuais. O edonismo tem sido a marca dos que se autodenominam como lideranças religiosas. Devido às preferências de posturas destes equivocados "ministros" é que vemos a fé perdendo a essência e a humanidade mais embrutecida. Acredito que vemos se repetir a previsão de Paulo ao anciões de Éfeso acerca da presença de lobos devoradores sobrevindo ao rebanho sem perdoá-lo.

Quebra queixo to disse...

Irmãos estamos vivendo os últimos dias, e vemos isto em tantas coisas que estão acontecendo no meio evangélico, tem muitas coisas ocultas, que Deus não permitiu ainda serem reveladas no meio das lideraças, vamos orar por todos, pra Jesus ter misericórdia e salvar a todos, é muito serio o que tá acontecendo vamos nos manter vigilantes e atentos. Deus abençõe a todos!!! Lembrem-se quem perseverá até o fim será salvo!!!

EVANGELISTA disse...

Pr. Altair
Saudações em Cristo
Muito bem colocadas as vossas palavras. O que não da pra entender no Marco Feliciano , são as colocações, druxulas que ele expõe ao povo evangelico , tais como, pescar no céu, mesa do oriente ao ocidente, rio com aguas termais. Sinceramente o homem desses deveria pensar muito antes de abrir a bo ca.

Miriã Soares disse...

Não acredito em nada que esse homem diz.

adony disse...

Alguém aí se propõe, de verdade, a orar por ele?

Nao quero defendê-lo, aliás a ninguém, além do mais depois de ver tanta coisa absurda daqueles que se dizem pastores, principalmente da AD da minha cidade. Mas refletindo e aplicando o amor de irmãos que devemos ou deveríamos ter, chego a conclusao que nao é sadio ficarmos nos criticando, falando de A ou de B, devemos orar uns pelos outros.

Sabe o que acontece? queremos que grandes pregadores sejam anjos, ou semi-deuses, e esquecemos que são humanos como todos nós; que se entristecem, erram, pecam, se arrependem, etc.

Até onde iremos com essa "lavagem de roupa" pública? saibam que pessoas que nem crêem em Deus também acessam o blog, e o que estamos fazendo? estamos sendo motivo de piada entre os tais.

Oro para que o Senhor encha nossos corações de compaixão uns com os outros para que ao vermos algum fraco demos a mão e não acabemos de pisar em cima.

O pr. Marco tem uma história no meio evangélico, tenho certeza de que muitos que o criticam já o "aplaudiram" no início de sua trajetória, quando ele andava e se portava nos moldes aceitáveis pela maioria de nós assembleianos. Portanto meus irmãos, reflitamos se o que estamos fazendo está correto aos olhos do Senhor.

Em Paz, Adony.