sábado, 22 de agosto de 2009

MUITO ALÉM DO CIDADÃO KANE: DOCUMENTÁRIO "BOMBA" DA BBC SOBRE A REDE GLOBO



Conforme a Folha Online, a RECORD comprou na quarta-feira (19) os direitos de "Muito Além do Cidadão Kane", produção inglesa de 1993 com pesadas críticas à Rede Globo.

3 comentários:

Matias Borba disse...

Onde vai párr tudo isso nõ é mesmo:

Nesse joguinho, ninguém assume nada, nem a record nem a globo, ninguém assume seus erros e fica tudo assim, manipulação da opinião pública de ambos os lados e uma falta de étic absurda em nome da informação.

Haja informação de má qualidade!

Moyses Alexandre de Godoi disse...

Shalom...

Desculpe pelo "jornal"...

Com o acesso a informação totalmente controlado, a educação no cabresto e a pressão de armas e tanques nas ruas, além das mortes e torturas aos poucos a mente dos brasileiros foi murchando, mas o real efeito disso chega de uns anos para cá, tal qual bomba de efeito retardado, o resultado é eminente nos lucros e dividendos do Sr. Roberto Marinho e aliados, e na situação da “plebe” no Brasil. Além de “trabalhar duramente” para aumentar seu poder, se percebe lenta e cuidadosamente um processo de alienação e “aculturação” não somente na globo, mas nos meios de comunicação televisivos vigentes no Brasil. A televisão realmente influencia a vida e opinião das pessoas, há alguns anos atrás o Sr. Carlos Massa era tido como “defensor do pobre”; mas esse mesmo cidadão tinha anos antes enquanto Deputado Federal, votado a favor do Collor, traindo assim os interesses do pobre, que não tem problema de memória curta e sim é influenciado a mudar de opinião conforme lhe determinam. Era conhecido de todos o salário do “Ratinho” de um milhão de reais, e se acreditava piamente que ele tinha “amor a causa”. Até mesmo os aliados da “Rede Povo”, ao se encontrarem em um patamar de poderio, mostraram que o que importa é o “próprio umbigo”. A Hebe que tem o respeito de muitos evangélicos, apoiou e tem verdadeira consideração pelo Paulo Maluf e também pelo Pitta, o Jornal Nacional ainda hoje anestesia áudio visualmente os brasileiros com a impressão que o mundo todo está capenga, mas o Brasil está um “paraíso”, no cenário político devido ao fato de não poder esconder mais os podres que surgem, manipula o que pode naquela de “todos roubam”, esses “roubam mas fazem algo pelo povo”. As novelas idiotizantes e hipócritas desviam a atenção da verdadeira realidade e promovem a imoralidade e o pecado travestidos de evolução humana. Com o controle remoto não dá prá se trocar de canal ao ver crianças garimpando no lixão atrás de alimento para si e muitas vezes para a família inteira, agradecem a Deus ao vencerem a disputa com os urubus sendo o prêmio uma “refeição farta” com base em restos de alimentos, ou alimentos vencidos. Donas de casa, trabalhadores e trabalhadoras que batalham sol a sol, chegam a seus lares para mais uma lavagem cerebral em prol da “cidadania”, deixam de comprar remédios e alimentos para não deixar de pagar o carnê do “baú da felicidade”, um verdadeiro “golpe do baú”, os fins de semana são recheados de sensualidade nos programas do Faustão e Gugu (que agora “trocou de camisa”), influenciando a moralidade das crianças, segunda feira volta tudo ao normal, trabalho duro! A minoria dominando a maioria, e o Senhor Presidente Lula que foi duramente golpeado pela Rede Globo, parece hoje ser “cria” da mesma. Há poucos dias surgiu uma pesquisa americana que dizia que os brasileiros são influenciados fortemente pelas novelas que assistem, sendo que essas acabam por definir a “próxima moda” um dos diretores da globo rebateu veementemente tal pesquisa classificando-a como absurda e ilógica, pois o povo brasileiro segundo ele mostra no decorrer da história que tem personalidade própria. Eles mesmo mostram que as pessoas começam a vestir o que o personagens favoritos de suas novelas usam e depois desmentem tal fato, talvez por medo de o povo descobrir que não passa de massa de manobra. A igreja evangélica no Brasil séria, responsável e compromissada com Deus no seu excesso de zelo, perdeu uma grande oportunidade de levar o evangelho a milhões, ao não aproveitar o Meio de comunicação televisivo assim que surgiu, os “malandros de plantão, picaretas do evangelho” não perderam tempo e a isto deve-se o fato de hoje os telespectadores não crentes e grande parte dos “crentes” acreditarem que evangelho é essa picaretagem que aí está, por conta dos neo-pentecostais dominarem os meios de comunicação. Mas a Record e Globo pode-se definir numa expressão: - O sujo falando do mal lavado...

fabio disse...

Já havia assistido esse documentario a algum tempo e ele é bem esclarecedor de como a Globo chegou ao poder.
Vamos refletir;o que você como crente fiel pregaria nesse momento num culto realizado na praça aí de sua cidade?creio que você sendo um crente bereano vai pregar a salvação por Jesus Cristo,a mudança de carater de uma pessoa que aceita o evangelho,a Paz que vem de Cristo e etc.Mas as pessoas hoje que passarem por ali vai pensar imediatamente se tratar de picaretas a fim de aumentar seus lucros.
O quero dizer? Antes amados eramos vistos como loucos da fé e hoje como loucos por dinheiro.hoje está muito dificil pregar o evangelho pois pensam que todos nós somos alucinados por dinheiro.Hoje há uma nescecidade de pregar o evangelho genuino e logo em seguida combater a pratica da tal teologia da prosperidade.
Estava ouvino um progama numa radio evagelica aqui no Rio num progama de debates e uma pessoa entrou pelo telefone pra fazer uma pergunta,ele disse que não era evangelico mas que estava lendo a biblia e indo a algumas igrejas com a finalidade de se entregar a Cristo mas estava confuso pois via tanto nas igrejas como TV uma guerra de entereses e etc.Os debatedores ficaram surpresos pois geralmente quem faz as perguntas são crentes que possuem duvidas sobre assuntos teologicos.
Isso reflete meus irmãos ao ponto que chegamos.