quinta-feira, 23 de julho de 2009

JESUS, O REDENTOR E PERDOADOR. Subsídio para Lição Bíblica

Como bem escreveu Pentecost "Tão vasta é a obra de Cristo a favor dos pecadores, que todos os benefícios da sua morte não podem ser resumidos em uma só palavra ou em um breve ensinamento."

A nossa 4ª lição deste trimestre é um claro exemplo disto. Observemos algumas palavras utilizadas nesta lição, que se relacionam com a obra de Jesus e os seus benefícios para a nossa vida:

1. Propiciação

A propiciação fala do valor da morte de Cristo em relação a Deus. Deus é santo, e não pode receber o homem pecador diante dele. Para ter comunhão com o Criador, os homens precisam ser reconciliados com ele. Como "a obra de Cristo que satisfaz todas as exigências da justiça, santidade e retidão divinas", a propiciação é a base para o Deus santo receber o homem pecador.

Leia mais em:

A PROPICIAÇÃO PELOS NOSSOS PECADOS
PROPICIAÇÃO E EXPIAÇÃO
O PROPICIATÓRIO DE OUTO PURO NO TABÉRNACULO
O PROPICIATÓRIO
A DOUTRINA DA PROPICIAÇÃO

2. Justificação

Na introdução da lição lemos que "O Senhor providenciou um meio de se relacionar com os pecadores: Jesus Cristo, que justifica a todos os que aceitam seu sacrifício (Rm 3.26). No ponto III, em sua introdução, está escrito que jesus, como a nossa propiciação, cumpriu a pena do pecado em nosso lugar e abriu o caminho para a nossa justificação (Rm 3.24, 25; 5.1)".

Strong define justificação como "o ato judicial pelo qual, por causa de Cristo, a quem o pecador está unido pela fé, Deus declara que o pecador não mais está exposto à pena da lei, mas restaurado ao seu favor. Ou, dando uma definição alternativa, de que se exclui toda metáfora: Justificação é o reverso da atitude de Deus para com o pecador, por causa da nova relação deste com Cristo. Deus condenou; ele agora absolve. ele repeliu; agora admite favorecê-lo". A justificação é um ato judicial declarativo.

Leia mais em:

JUSTIFICAÇÃO (TEOLOGIA)
JUSTIFICAÇÃO
JUSTIFICAÇÃO (2)

3. Redenção

O título da lição é "Jesus, o Redentor e Perdoador". Redenção fala da "morte de Cristo em relação ao pecado, quando através dela Ele comprou do mercado de escravos do pecado aqueles que estavam acorrentados e presos" (STRONG).

Sobre redenção leia em:

ESTUDO SOBRE A DOUTRINA DA REDENÇÃO
REDENÇÃO ESPECÍFICA (SITE CALVINISTA)
REDENÇÃO PARTICULAR (SITE CALVINISTA)

Nossa lição bíblica enfatiza ainda, a condição e a postura do homem propiciado, justificado e redimido em relação ao pecado.

Como já escrevemos: A doutrina da impecabilidade do crente é falsa, resultante de uma má interpretação da tradução da Bíblia Almeida Revista e Corrigida de 1 Jo 3.6, que diz: "Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu". A versão Revista e Atualizado melhorou a tradução e ficou: "Todo aquele que permanece nele não vive pecando; todo aquele que vive pecando não o viu, nem o conheceu". O contexto da Bíblia é claro quanto ao equívoco da doutrina triunfalista da impecabilidade (1 Jo 1.8-10).

Diante da realidade do pecado (1 Jo 1. 8-10) na vida do salvo, Jesus se coloca na posição de Advogado (1 Jo 2.1) diante do Pai, o Justo Juiz.

Perdoados e libertos que fomos e somos, possuidores de uma nova natureza (Jo 3.7; Rm 6.13; Gl 6.15; Ef 2.5,6; 2 Co 5.17; Tg 1.18), não nos deleitamos com o pecado, não premeditamos a iniquidade e a possibilidade de perdão, nem duvidamos do poder restaurador obtido pelo arrempendimento e confissão de nossas atuais falhas diante de Deus.

4 comentários:

El Milenio disse...

Saludos Pr. Altair Germano desde Managua, Nicaragua.

Donald Dolmus disse...

Hola Pastor Germano

Gracia y paz os sean multiplicadas en el nombre de Jesús.

El motivo del presente es para comunicarle que he agregado un link hacia su sitio web en mi humilde blog.

Sería un gran privilegio que usted pudiera recomendar mi sitio en su página web.

De antemano le doy las gracias por su atención al presente.

Le animo a que siga adelante.

¡Maranatha!

Donald Dolmus
En Defensa de la Fe (www.atalayadejesus.blogspot.com)
Managua, Nicaragua

ALTAIR GERMANO, disse...

Prezado Donald, já tinha colocado um link vosso. Inclusive escrevi o post abaixo:

http://www.altairgermano.com/2009/07/blogs-cristianos-por-israel-e-em.htm

Abraços!

Donald Dolmus disse...

Muchas gracias por el post acerca de los dos sitios web que el Señor me permite desarrollar.

Le deseo muchas bendiciones de parte de nuestro Padre Celestial.

Separados por el idioma y la distancia, pero unidos por el mismo Espíritu.

Shalom