quinta-feira, 11 de junho de 2009

VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS?

Em razão da colcha de retalhos na qual transformaram a Assembléia de Deus no Brasil, sugiro (para evitar alguns constrangimentos) que todos os programas de rádio ou tv, periódicos, sites, blogs, etc., que trazem o nome "Voz da Assembleia de Deus", tenham a referida designação alterada para alguma das abaixo relacionadas:

- UMA VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS;
- VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS DA CONVENÇÃO ________________;
- VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS DO MINISTÉRIO _________________;
- VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS DA IGREJA EM _________________;
- VOZ DO PASTOR ____________, DA ASSEMBLÉIA DE DEUS;
- VOZ DA ANTIGA ASSEMBLEIA DE DEUS ;
- VOZ DA PÓS-MODERNA ASSEMBLEIA DE DEUS;
- VOZ DA VELHA ASSEMBLEIA DE DEUS;
- VOZ DA NOVA ASSEMBLEIA DE DEUS;
- VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS COM COSTUMES;
- VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS SEM COSTUMES;
- VOZ DA ASSEMBLEIA DE DEUS MÃE;
- VOZ DAS ASSEMBLEIA DE DEUS FILHA;

Paz do Senhor!

7 comentários:

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Altair Germano,

A Paz do Senhor!

Boa sugestão! É chegada a hora!

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Pr Alessandro Garcia disse...

Pr Altair, o que eu percebo é que está havendo na verdade é muito ECO e pouca VOZ, e muitos estão confusos com o cenário e o contexto assembleiano.
Penso que "A Voz Oficial" das Asembléias de Deus deveria de se manifestar nesse momento através dos seus órgãos competentes e convenções estaduais e não apenas ficar observando de longe.
Vejo também que há muita hipocrisia, politicagem e jogo de interesses em nosso meio, e isso tem dificultado muito as coisas. Muitas decisões deixam de ser tomadas porque ninguém quer perder ou abrir mão em prol Reino. Por exemplo: Sabe-se que um enorme ministério ds ADs faz parte do G12 mas ninguém nem toca no assunto, porque sabe que se tocar de modo oficial, vai provocar um racha enorme e perder uma enorme fatia do bolo. Por isso é que nós temos "Vozes" o suficiente para quem deseja ouvir o que quer e continuar com o rótulo de Assembléia de Deus.
Hoje não precisamos visitar outras igrejas para ouvir sobre teologia da prosperidade, maldição hereditária, práticas e crendices supersticiosas e outros modismos qe têm surgido. Algumas das nossas ADs pregam tudo isso abertamente e ninguém fala nada. Não há nos Conselhos regionais de muitas convenções estaduais, uma fiscalização por meio de uma Comissão de ética/doutrina para corrigir esses exageros. Por isso, infelizmente, estamos vivendo à semelhança dos tempos dos juizes: Cada um faz o que parece bem aos us olhos".

Que o Senhor tenha misericórdia de nós.

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado pr. Altair Germano,

A Paz do Senhor!

Permita-me utilizar o espaço do seu blog, para parabenizar o pr. Alessandro Garcia, pelo comentário, a sua interessante e lógica observação.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Heitor disse...

A Paz do Senhor !
Pr.Altair,
Registro aqui o meu elogio ao brilhante comentário postado pelo Pr.Alessandro Garcia.
Esta é a verdade.

Valdeney disse...

Diante dos últimos acontecimentos envolvendo o nome dos Pastores e a CGADB eu leigo como sou pergunto ao Senhor Pr.Altair Germano : Sendo a CGADB e as convenções locais orgãos deliberativos da igreja tendo como a primeira citada maior dessas instancias é legitimamente Bíblico as convenções existirem e deliberarem na forma de "conclave"tendo suas seções fechadas aos membros das igrejas,não é a "igreja" junto com aqueles que a presidem que devem fazer essas coisas de forma aberta e transparente (At 6:3)? Se o senhor resolver aceitar esse poste e responde-lo observe bem que não estou perguntando se o modelo vigente é bom ou ruim e sim se é "Bíblico" ou não .

ALTAIR GERMANO, disse...

Prezado Valdeney,

algumas decisões podem ser tomadas com a igreja ou entre líderes.

O texto que o irmão cita, apesar de "bíblico", não é normativo, é descritivo.

Abraços,

Luciano Ruggi disse...

A Paz do Senhor irmãos...

Infelizmente é esse realmente o quadro geral de nossa igreja hoje, além de uma colcha de retalhos, infelizmente nossa igreja pode ser comparada á beira de rio, onde as lavadeiras discutem ( até com mais educação que "certos" lideres ) seus problemas de casa e da família.
Esse é o sinal dos tempos... UMA NOIVA ESCANDALOSA... desculpem o termo, mais como noiva de Cristo somente deveriamos proclamar as boas novas da sua volta, nossa ansiedade pela chegada do noivo, mas isso é o que menos temos visto... Mas JESUS, pode reverter tudo isso.Oremos para que o Senhor tenha misericórdia de nossa Igreja, que mesmo com todos ses problemas continua forte e ainda vê o Espírito Santo de Deus nos consolar e agir em nosso meio.

Que o Senhor nos Abençoe mais e mais...

Coop. Luciano Ruggi
www.sempredaigracas.blogspot.com