sexta-feira, 19 de junho de 2009

UM APÓSTOLO DE VERDADE!



"Alguns se fazem apóstolos. Outros são feitos por Deus. José Satírio dos Santos se inclui nesta última categoria.

Há 35 anos deixou o Brasil, sem qualquer promessa de apoio financeiro, viajou por 42 dias com toda a família desde São Paulo até o norte, onde desbravou as selvas amazônicas até chegar ao país para o qual fora claramente chamado por Deus: Colômbia. Uma história que tinha tudo para dar errado, se o pastor José Satírio estivesse movido pela vontade humana.
"

Leia em MANHÃ COM A BÍBLIA (PR. GEREMIAS DO COUTO)

4 comentários:

antonio saraiva disse...

shalon pr.altair quando Deus chama ele capacita assim como fez co,m abrao tambem fez com pr.Isacc martins.[ vai uma sugestão A saga do pr. isacc em maricota]

Djenane disse...

Paz e Graça Pr. Altair Germano

Não pude conter a emoção ao ver as imagens da luta desse pastor e fiz uma viagem até o dia da minha conversão que foi em Cochamba- Bolívia,outro país hispânico carente da palavra de Deus. É bem verdade que nosso Brasil precisa desses admiráveis homens de fé, mas esses países merecem uma atenção toda especial, pois seu povo ainda está fortemente preso a riuais macabros como o satanismo,bruxaria, feitiçaria e cultos a deuses pagãos como o deus sol (inte) e a deusa terra ou mãe terra (pachamama). Só para o senhor ter uma idéia, os muitos adptos do satanismo, chamam carinhosamente o diabo (el diablo) de "tio", misericórdia! Dentro da sua feira livre (cancha),existia uma feira só para vender produtos de bruxaria, entre eles estavam milhares de fetos humanos, sem dizer que eles sacrificam a lhama (um animal parecido com um camelo, mas de baixa estatura), além de crianças. Apartir das 18:00 horas era muito difícil trafegar pelas ruas desta cidade, pois o cheiro de incenso que eles queimavam a céu aberto a esses deuses, era muito forte e intranhavam em meu nariz. Que o Senhor continue levantando homens com o mesmo propósito desse pastor!

Eli Maciel disse...

Conheci o Pr. Satírio em Boa Vista-RR, a igreja nessa época era pastoreada pelo saudoso Fernando Granjeiro de Menezes, a igreja ajudava muito no ministério do Satírio. Um homem realmente abençoado e destemido. Talvez possa compara-lo a Daniel Berg e Gunnar Vingren.
Gostei da postagem, me trouxe boas lembranças.

maria madalena disse...

Tenho a felicidade de conhecer pessoalmente o Pastor José Satírio desde a décade de l970 e todas as vezes que me lembro dele nas minhas orações, comparo-o ao Apóstolo Paulo, que tinha amor pelas almas, tinha a preocupação de ensinar a Verdade tanto para os já convertidos quanto para os que ainda não conheciam Jesus.
Agora - respndendo sua pergunta "porque você não vai à Escola Dominical?" É porque hoje em dia, as pessoas que são postas como professores dessas Escolas, para ensinar é que estão precisando ser ensinadas.São colocadas ali por serem doutores, na vida secular, mas não são doutores na vida espiritual; ensinam com as falas, mas não dão exemplos dignos de serem seguidos pelos cristãos.
A Assembléia de Deus deixou entrar o modernismo: pastores velhos com cabelos tingidos, suas esposas e filhas parecendo a Jezabel, ou uma árvore de Natal; no passado, crentes que usavam essas coisas eram disciplinados pois estavam fora da vontade de Deus, hoje em dia não há mais essa correção. Qual motivo? Deus mudou?
Quem tem vontade de ir a uma reunião que muitas vezes se parecem mais com velórios ou festa mundana, onde não se vê curas, batismos no Espírito Santo e outras manifestações de Deus?