quinta-feira, 18 de junho de 2009

PERGUNTAS QUE NÃO QUEREM CALAR?


"Aventura-se algum de vós, tendo questão contra outro, a submetê-lo a juízo perante os injustos e não perante os santos? Ou não sabeis que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deverá ser julgado por vós, sois, acaso, indignos de julgar as coisas mínimas? Para vergonha vo-lo digo. Não há, porventura, nem ao menos um sábio entre vós, que possa julgar no meio da irmandade? O só existir entre vós demandas já é completa derrota para vós outros. Por que não sofreis, antes, a injustiça? Por que não sofreis, antes, o dano?" (1 Co 6.1,2,5,7)

Fonte: BÍBLIA ONLINE.NET

O que fazer quando pastores e líderes resolvem divulgar para os "injustos" as suas questões?

O que fazer quando pastores e líderes resolvem buscar nos tribunais do "mundo" a solução para as suas demandas?

O que fazer quando pastores e líderes resolvem não sofrer o dano?

O que fazer diante de uma completa derrota?

6 comentários:

Anônimo disse...

Pr.Altair.
Brilhante reflexão

Simplesmente Lamentável, pois tudo isso tá acontecendo.
Seria bom espalhar esse artigo por toda a internet, e a pessoa que fez isso por sofrer um dano poderia rever seus conceitos, assim como a que originou o mesmo.

antonio saraiva disse...

shalon quantas vezes dvemos perdoar nosso irmaõs setenta vezes 7 ou .... [ a mulher pega em adultério jesus falou o que ......] Jesus chorou

Clayton Góis disse...

Lamentável as atitudes vingativas de pastores que se julgam "injustiçados", sofredores de "danos" pesarosos. Pastores que carregados de fúria e soberba , causam enormes danos, denegrindo a imagem do povo de Deus perante os infiéis.Onde estão a piedade e o perdão??

Ricardo disse...

Sofrer o dano é algo que não existe em nenhuma esfera da sociedade e em muitos cristãos. Acham que, se passar por isso, estão sendo cauda e não cabeça, e critãos devem estar sempre por cima, sempre vencer, sempre ter vitória, sempre mais que vencedores. É isso.

Luciano de Almeida Gonçalves disse...

Caro Pr. Altair,

Como advogado e pastor, certa vez me perguntaram se o crente pode ir a juízo contra outro irmão.

O texto de Paulo a I Corintios é neste sentido: irmão X irmão.

Devemos entender que o pastor da Igreja é a autoridade máxima entre irmãos, superior aos Tribunais, porém ambos devem submeter-se à decisão de quem tem o cajado.

Quando um irmão não obedece seu pastor, desviou-se da Palavra e merece correção ou até desligamento pela insubmissão.

Depois de desligado, o irmão pode sim ir a juizo contra aquele que lhe causou prejuizo.

Agora lhe pergunto: Quando se trata de contendores do mesmo degrau, sem subordinação a qualquer mediador?

Perceba a complexidade da questão.

Quando não existe autoridade para impor reverência aos contendores, depende única e exclusivamente do bom senso e da operação do Espírito Santo.

É aí que mora o problema!

Depender do bom senso de quem não está submisso a qualquer autoridade, quiça a divina...!

Deus te abençoe.

Pr. Luciano.
http://blogdopastorluciano.blogspot.com/

Clayton Góis disse...

A paz do Senhor Pr. Altair.

Quero apenas informar que já saiu um parecer oficial do presidente da CGADB, quantos as supostas "denúncias" feitas no dia 13/06 pelo pr. Samuel Câmara. Creio(do meu ponto de vista) que seria interessante postar a nota de esclarecimento oficial, visto que o caso teve muitas repercusões. Portanto caso o irmão tenha interesse , segue abaixo o link.

http://pastorwellingtonjunior.blogspot.com/2009/06/nota-de-esclarecimento-do-presidente-da.html

Obs:Pelo fato deste comentário ser apenas de caráter informativo, não vejo a necessidade de posta-lo. A não ser evidentemente que o amado irmão queira.