quinta-feira, 25 de junho de 2009

Michael Jackson - "We've Had Enough"



We've had enough (Já tivemos o suficiente)
Michael Jackson

O amor foi tomado de uma jovem
e ninguém disse a ela o porquê disso
Seu caminho tinha um rastro para mais um crime violento
ela inocentemente perguntou “porque”
porque seu pai teve que morrer
Ela perguntou ao homem de azul
como é isto,você tem que escolher
quem vai viver e quem vai morrer
Deus te disse que você podia decidir?
Você viu,que ele não havia corrido
e que meu pai não carregava uma arma
No meio do vilarejo,no interior de uma distante ilha
vive um garoto frio com seu brinquedo
muito jovem para entender
Ele esta acordado,crescido esta vibrando
seu pai,agarra sua mão
gritando,chorando,sua esposa esta morrendo
agora ele,foi deixado a explicar.
Ele inocentemente perguntou “porque”
porque sua mãe teve que morrer
porque esses soldados tiveram que vir aqui?
se eles querem paz,porque então há Guerra?
Por a caso Deus disse que eles podiam decidir
quem vai viver e quem vai morrer?
tudo o que minha mãe sempre fez
foi tentar cuidar de seus filhos
Nós inocentemente ,parados de frente
assistindo,pessoas perdendo vidas
e como se não tivéssemos voz
é hora de fazermos uma escolha
Somente Deus pode decidir
quem vai viver e quem vai morrer
não há nada a ser feito
se nos tornarmos nossa voz uma só

2x Deus ouve isso de mim?
Deus ouve isso de você?
Deus ouve isso de nós
Não aguentamos
já tivemos o suficiente

Obrigado senhor,eu me cuido
Obrigado senhor,eu cuido de você
obrigado senhor,isso veio de você babe
Não aguentamos
já tivemos o suficiente
do fundo da minha alma
do fundo da sua alma e a seu lado
no fundo da minha alma
é grandioso e eu continuo vivo
Deus ouve isso de nós?
Não aguentamos
já tivemos o suficiente
Isso vai acaber
só deixe Deus decidir,
Vai acontecer baby
só deixe Deus decidir,
No fundo da minha alma
já tivemos o suficiente

"Tão importante quanto ter Deus na canção, é tê-lo no coração, na vida."

8 comentários:

Anônimo disse...

Pr. Altair, o amior absurdo escutei em uma reportagem na Globo, em um programa onde houve um intento de justificar o crime de pedofilia deste cantor pop, e o lubizome que ele tinha dentro, dizendo que isto foi porque ele era vítima da vilencia do pai, a criação dura gera isto, e ainda justificando os tresgeito dêle como arte, afirmando ainda que o notavel nele é que sexualmente ele era indefinivel, pois tinha uma variação de danças e geitos que não se sabia o que ele era.
Eu pensei, que hipocrita que é a midia, principalmente em procurar justificar e dá uma visão psicologisada do crime de pedofilia de Michal Jackson,(parece que com a morte dele tudo se justifica e se explica), a poucos dias lí em uma revista de uma livraria do recife, uma materialem que uma jornalista francesa fazia apologia a pedofilia, falando da sua vida sexula na juventude.
Acho que este pais vai mesmo permitir esse crime, e não vai demorar. Oremos por nosso país!!!

Fabio disse...

Sr.Anonimo e demais pessoas,
Michael Jackson era um ser humano assim como qualquer outro,tudo o que se fala ou falou-se dele são aquilo que nos venderam em traboides de fofocas, progamas de igual teor e especulações da midia que ganha com isso.Ele foi absolvidos das denuncias de pedofilia por falta de provas. Tome cuidado pra não julgar qualquer pessoa que seja simplismente pelo que nos falam.
É certo que ele teve uma infacia complicada e logo depois teve que sua vida aos avessos devido ao sucesso.Eu mesmo não sendo psicologo e não o conhecendo pessoalmente sou capaz de dizer que ele era ou foi uma pessoa traumatizada na infacia e por causa do sucesso acabou não tendo uma vida normal capaz de sara-lo.
Vamos deixar os julgamentos pro juizo de Deus.
Um olhar mais acurado nos mostra que ele apesar de tudo não era umapessoa orgulhosa,metida ou soberbo e sim um tanto infanil, como se tivesse perdido algo na vida.
Oremos pela familia dele!!

Matias Borba disse...

Acho que quanto ao comentário do anônimo acima, seria bom se tivesse um pouco de conhecimento sobre psicologia, psicanálise, pois os atos da infância vividos pela cantor de fato contribuirão para algumas de suas posturas.

Ele foi absolvido das acusações de pedofilia, e por tanto, como afirmar se foi verdade se nós nem sabemos afundo sobre o caso?

Violência física, verbal e sexual na infância vão gerar inúmeros problams na adolescência e vida adulta de qualquer pessoa, e todos nós sabemos que ISSO NUNCA IRÁ JUSTIFICAR UM ATO DE VIOLÊNCIA E CRIMINOSO, de forma alguma justificaria um crime de pedofilia, pois tenho nojo disso.

Mas como bem expressou o irmão Fabio, o que se fala dos famosos são apenas para atrair a atenção e audiênia das pessoas, os famosos escândalos dão ibop, isso é natural, e por isso muito do que se fala da vidas das pessoas na mídia são apenas especulações.

Deus abençoe a todos!

Anônimo disse...

Caro Fabio e Matias , este é o erro de vocês quererem justificar pecado com as feridas da infância,será que Cristo não dá geito a isso??? Estão psicologisando o pecado dentro da igreja, daqui a pouco, ja não precisa se pregar sobre o sangue de Cristo, pois tudo está sendo justificado por vocês pela psicologia...será que só foi ele quem sofreu na infancia...um erro justifica um crime???? Deus tenha misericordia de vocês...Vocês meus amigos estão entrando no meu barco furado da midia profana...que pena.

antonio saraiva disse...

amados irmão em cristo toda moeda tem dois lados.oremos pela familia e pelos os senadores estes ainda stão vivo.

shalon .pr. altair

Matias Borba disse...

Caro anônimo,

Como seria bom saber com quem falamos, mas tudo bem.

Me responda uma coisa por bondade:

1. Como você pode julgar com tanta certeza de que estou justificando erros deste cantor? Não entendeu meu comentário? Como pode dizer que estou entrando em um barco furado se apenas falei o que de fato ocorreu, o Michael Jackson foi abssolvidod asd denúncias e que por isso não poderemos julgá-lo, e que nós nãos abemos de fato a fundo sobre o caso, isso é o que há de concreto.

Eu não afirmei que ele éra inocente, apenas que foi abssolvido.

2. Eu não justifico pecados, pecado será sempre pecado, apenas Falei que os traumas do passado influênciam de forma direta e decisiva em práticas como a pedofilia por exemplo, não fiz apologia ao erro e muito menos a psicologia, mas isso qualquer pessoa sabe.

3. Como felei, apenas mencionei que os traumas geram grandes problemas futuros, mas que isso não justifica os erros.

4. Eu não sou manipulado pela mídia, tenho minhas próprias convicções e por isso, não preciso da mídia para expor minhas idéias.
Me parece que ao contrário disso você sim é manipulado pela mídia, pois expressa suas ideias baseadas no que a mídia vende, isso sim é entrar em um barco furado.

Deus te abençoe!

Fabio disse...

Sr.Anônimo,
Antes de mais nada gostaria de concordar com você quando diz que as pessoas estão psicologisando os conceitos de çpeecados que são um só:aquele expresso pela palavra de Deus.
Bom,minha discordancia a seu primeirro comentario se deu pela forma como você se expressou, dando a entender que Michaeel Jackson está no inferno queimando em brasas por seus pecados.
O que quiz pasar é que consigo entender o comportamento dele e não que aprovasse tal comportamento.Entendo também que a psicologia é apenas uma ciência humana que nos ajuda a compreender uma pessoa e não que ela seja justificadora de tal.
Pra ser sincero não vou ficar explicando muito isso pois desconfio de sua capacidade de interpretar textos.
Interessante também é seu barco furado a que se refere, pois bem, saiba que você está no meu barco furado de pessoas que julgam a vida alheia. Acredito que você deve ser uma pessoa Santa e Pura por isso vou terminar por aqui porque se não eu vou acabar mechendo com seu PSICOLOGICO e bagunçar seu mundo ou melhor seu barco.

Atenciosamente

Junia disse...

links que informam sobre as acusações que Michael Jackson sofreu. A mídia não informa tudo.

http://mjjr.net/content/mjcase/part1.html

http://www.aphroditejones.com/books/Michael_Jackson.htm

http://www.youtube.com/watch?v=_TJbgUVNnpM


http://site2.mjeol.com/was-michael-jackson-framed/was-mj-framed-part-1.html