segunda-feira, 18 de maio de 2009

DEVOÇÃO CRISTÃ AO LUXO

Parece que a "doença" que já atingiu boa parte da liderança evangélica cristã brasileira, agora está contaminando (ninguém pode ser considerado doente sem ser devidamente diagnosticado) alguns sacerdotes católicos.

É disto que trata o matéria intitulada "Devoção ao luxo", publicado pela IstoÉ.

"A preciador de bons vinhos, o padre Edvino Alexandre Steckel, 42 anos, gosta de se vestir bem e de ambientes sofisticados. "Desde pequeno, ele sempre foi chegado ao luxo", afirma o serralheiro Elcio Marcelo Steckel, um dos cinco irmãos do religioso. Há dois anos, achou que estava acima do peso e decidiu contratar um personal trainer bilíngüe para correr na Lagoa Rodrigo de Freitas. Assim, além de ficar em forma, ele exercitaria o inglês. Até recentemente, seu maior pecado conhecido era o cigarro. O apego exagerado à matéria só ganhou visibilidade agora." (Leia toda a matéria em: IstoÉ Independente)

Será que a Teologia da Prosperidade e da Vitória Financeira terá a sua versão católica?

3 comentários:

Paulo Mororó disse...

Amado pastor, A Paz do Senhor.

Os modismos citados na postagem são apenas “princípios de dores”, pois se os padres querem imitar alguns desvarios de certos segmentos evangélicos, ainda terão que fazer muitos esforços, um deles é romper com o celibato e casarem. Desta forma estarão mais aptos para imitarem dois dos mais sutis e pouco badalados costumes carnais de liderança: O primeiro é o "Nepotismo" e segundo é a eternização do primeiro, a " a conquista e manutenção de "DINASTIAS ECLESIÁSTICAS".Casados terão maiores chances de colocar em postos extratégicos(principamente a vice-presidência) esposa, filhos, genros, e outros parentes e "aderentes", para estabecer o "Domínio de Feudo".
Há... um detalhe importante: não é bom colocar "irmão de sangue", pois este pode inventar modismos e atrapalhar projetos políticos.
Se alguém quer imitar, que imite à Cristo e aos "Heróis da fé".
Para meditação: " Mas desejamos que cada um de vós mostre o mesmo cuidado até o fim,para completa certeza da esperança;para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que, pela fé e paciência, herdaram as promessas". Hb 6.11 e 12.
Um abraço.
Paulo Mororó

Elisomar disse...

Mas o luxo dentro do catolicismo não é lá tão novo. Começando pelo vaticano, o modesto é apenas uma farsa.

Elisomar disse...

Quero aproveitar aqui, para parabenizá-lo pelo texto DETERMINAÇAO, CORAGEM E FÉ! Já que não houve espaço para comentário lá no texto.
Linda esa forma litérária de descrever o texto bíblico! Em primeiro lugar há o poder de Deus em destaque e a sua forma de agir de acordo com o momento e a necessidade de quem O busca. Depois, o texto nos leva a caminhar de volta no tempo e presenciar a cena. Este texto alimentou meu ser e me trouxe uma mensagem e resposta de Deus, muito profunda, que não tinha bem algum nesse mundo que pudesse superar.