quinta-feira, 5 de março de 2009

ELEIÇÕES CGADB 2009: MAIS PROBLEMAS!


Confesso que resisti ao máximo para publicar esta postagem, pois já estou com vergonha da sequência de ameaças de impugnações, representações e acusações que envolvem as eleições da CGADB.

Aquilo que no passado era resolvido institucionalmente e internamente (ainda acontece na maior parte das igrejas cristãs), se tornou algo público e constrangedor.

Cada problema que surge, além da internet, é exposto também na TV aberta. É verdade que a própria Bíblia em seu texto, torna público os problemas relacionados ao povo de Deus, mas isto sempre acontece seguido de uma palavra de repreensão e advertência, com caráter profético e pedagógico, nunca na intenção de promover escândalos.

Ontem a noite, na abertura do Programa "Voz da Assembléia de Deus", foi ao ar o manifesto de repúdio da chapa "CGADB PARA TODOS", contra uma pesquisa sobre as intenções de votos dos convencionais, chamada de ilícita, imoral e criminosa (Veja detalhes do manifesto de repúdio no Blog do Pr. Samuel Câmara).

Senhores candidatos à presidência, marketeiros, assessores e estrategistas, com todo o respeito, quero aqui neste humilde espaço vos fazer um pedido, que penso ser a voz daqueles que não estão conformados com os fatos:

Em nome de Jesus, não envergonhem mais a nossa igreja com uma política eclesiástica de tão baixo nível, que só faz promover escândalos. Façam isso em respeito aos pastores de nossa denominação, por amor às almas daqueles que o Senhor vos confiou, e por temor a Deus.

QUEREMOS OUVIR PROPOSTAS DE TRABALHO!

Não me calarei diante das situações vexatórias que porventura continuarem a acontecer, que maculam uma história quase centenária.

19 comentários:

Anônimo disse...

Realmente, ao invés de transformar conforme ensinado em Rm.12, estão é sendo transformados, e copiando as artimanhas do sistema político secular brasileiro.
Que DEUS nos livre e nos guarde destes. Já pensou esta turma toda tendo poder de decisão convencional ?
Misericórdia !

Marcos Serafim disse...

Pastor Altair:
Seu pensamento a respeito do assunto CGADB 2009 é realmente coerente , e fica aqui uma pergunta porque há tanto interesse em ganhar essas eleições? será por causa unica e exclusivamente do centenário da igreja ou por outros interesses.
Quero crer que pelo menos um dia Jesus será lembrado, nem que seja no culto de abertura pois os dias posteriores a este só Deus sabe.

www.blogdomarcosserafim.blogspot.com

Em Cristo Sola Fide Marcos

sandre disse...

Infelizmente uma convenção que se tem tornado vergonhosa e politiqueira.
nenhum dos candidatos, se levantou contra a lei que proibe ongs, na amozonia, entre elas as missões cristãs, mas no entanto seus espaços na midia, tem se tornado pior até que campanhas politicas.
tenho orado a Deus, para me dar outros caminhos e até uma outra pequena igreja para congregar.
Pois cada vez mais sinto vergonha se ser assembleiano.

Sandre

Lucas Marin disse...

Até onde vão continuar usando os parâmetros do mundo pra eleger um representande de Deus?

Elisomar disse...

Sinceramente, como seria bom que toda essa energia gasta, tivesse a intenção de engrandecer a obra de Deus e seu evangelho. Mas anda bem longe o exemplo de Jesus. Do contrário não seria assim.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Altair Germano!
Graça e Paz!
Louvo a Deus pela sua sensibilidade espiritual e equilíbrio cristão solicitado a todos os candidatos.
Mesmo que o método de escolha seja o de eleição, não podemos abrir mão dos princípios cristãos.
Deus nos ajude a participar, na condição de membros da CGADB, porém sem perder a essência cristã que é a nossa meta.
Estive ontem em Vitória-ES, na condição de convidado, na reunião de verificação e aprovação dos nomes, números e fotos dos candidatos, que serão postados na urnas.
Postarei matéria logo mais no POINT RHEMA sôbre o que lá vi, inclusive algumas informações de intersse daqueles que participarão do pleito.
Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Pastor Geremias Couto disse...

Acredito que a sua mensagem precisa ser reverberada por todo o país. Não quero ser exagerado, mas os atos que marcam esta eleição, como a anterior, causam náuseas ao próprio Deus.

Fica, então, a pergunta: como será o amanhã da AD depois de abril?

Abraços

Jairo Elin Gollmann disse...

A paz do Senhor,

Quero deixar a minha opinião a cerca de todo esse episódio, acho que tem pessoas agindo de forma leviana e desordeira, isso claro irá refletir nos membros da igreja e naqueles que porventura simpatizam com a nossa querida Assembléia de Deus.

Tais pessoas esquecem o verso biblico:" mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!"

Penso hoje a maioria esta só pensando em si próprio, esquecendo a verdadeira responsabilidade.
Levar almas ao conhecimento da salavação.

Abraços

Ev. Jairo Elin
www.jairoelin.blogspot.com

Eliseu Antonio Gomes disse...

Pastor Altair

Perguntas que julgo importantes:

1ª - O que é mais vergonhoso, o alvo das censuras, a forma de censurar ou os censuradores?

2ª - No caso de uma reprimenda dentro das quatro paredes da CGADB, de forma não-pública, existe a agilidade necessária para que a justiça seja feita em tempo hábil?

Sinceramente,não há nenhuma ironia, eu tenho interesse de receber estas respostas, pois, penso que os fatos, tidos como vergonhosos, estão se tornando públicos por falta de agilidade interna na adminstração da CGADB quanto aos interesses gerais dos seus afiliados.

Creio que se existisse denúncia e em seguida pronto esclarecimento de maneira imparcial, nada estaria sendo colocado na internet e na televisão.

Agradeço a atenção, voltarei para ler as respostas.

Abraço.

Eliseu Antonio Gomes
http://belverede.blogspot.com/

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre Eliseu,

tudo é vergonhoso na mesma proporção.

Quanto às questões judiciais:

"Aventura-se algum de vós, tendo questão contra outro, a submetê-lo a juízo perante os injustos e não perante os santos? Ou não sabeis que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deverá ser julgado por vós, sois, acaso, indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis que havemos de julgar os próprios anjos? Quanto mais as coisas desta vida! Entretanto, vós, quando tendes a julgar negócios terrenos, constituís um tribunal daqueles que não têm nenhuma aceitação na igreja. Para vergonha vo-lo digo. Não há, porventura, nem ao menos um sábio entre vós, que possa julgar no meio da irmandade? Mas irá um irmão a juízo contra outro irmão, e isto perante incrédulos!" (1 Co 6.1-6)

Agora imagina isto acontecendo entre pastores?

Abraços,

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre anônimo, Marcos Serafim, Sandre, Lucas, Elisomar, é momento de orar e pedir a Deus misericórdia.

Abraços,

ALTAIR GERMANO, disse...

Prezados amigos e pastores Carlos Roberto e Geremias do Couto,

vossas participações enobrecem este blog, e me deixa esperançoso pela importante posição e influência que os amados ocupam em nossa denominação.

Infelizmente, muitos resolvem se calar. É mais confortável e conveniente para interesses pessoais.

Muito obrigado!

ALTAIR GERMANO, disse...

Ev. Jairo Elim,

o irmão escreve como um verdadeiro evangelista, pensando na salvação das almas.

Ore mais por aqueles que cuidam destas almas, para que continuem assim fazendo, não perdendo o foco.

Abraços,

Juber Donizete Gonçalves disse...

Pr. Altair,

Sou solidário ao seu apelo. Porque o que está acontecendo é vergonhoso e triste. Também postei alguns questionamentos sobre a eleição da CGADB no meu blog. Pr. Geremias do Couto, falou a pregunta chave para esse momento: Depois da eleição de abril, o que será da AD?

Abraço

Anônimo disse...

Pois é um programa que era para pregar o evangelho fica sendo usado como instrumento de manipulação
Nao ! do meu dinheiro ou dinheiro para a obra de deus dizimos e ofertas e que nao vai para financiar um programa desses!


www.exejegues.blogspot.com

Matias Borba disse...

Caro Pastor,
Paz do Senhor!

Tenho lutado comigo mesmo para não publicar em meu blog assuntos relacionados as eleições da CGADB em Abril pelo simples fato de que tenho visto mais escandalos e práticas seculares do que propostas de trabalhos, investimento em missões e esforço maior na solução de problemas convencionais.

As práticas adotadas pelas duas chapas chegam a dar náusea, tristeza e revolta em ver que pessoas que tem a oportunidade de presidir tão grandiosa convenção agirem como se estivessem lidando com politicagem secular ou com uma associação de fundo de quintal.

Tenho visto frequentemente que a chapa do Pr. SC tem usado práticas tão seculares que até parece que estamos em canpanha a presidencia da republica ou a governo de estado.

Já a chapa do Pr. JW por muitas vezes tem demostrado ser ausente ou até omissa na solução de problemas convencionais, questões éticas etc., fazendo com que muitos irmõas se sintam desprezados em relação a uma tomada de posição da convenção geral.

Creio que se continuar assim muitas coisas irão mudar para pior depois de bril, pois se as pessoas agem em disacordo com a Palavra de Deus como podem esperar que as coisas melhorem? Acaso Deus agora é conivente?

Deus nos ajuude...

Anônimo disse...

ANONIMO
Pr altair ger
vejo alguns comentários sobre a eleição para a presidencia da CGADB, fico envergonhado com as atitudes de ambos os lados, a sujeira está sendo vista por todos, sei na verdade que o continuísmo só favorece, a aqueles que tem interesse financeiros e estatus, se pensam no evangelho de Cristo é conversa fiada, parece que não são irmãos, e se assim continuárem vão parar todos no inferno. Na minha concepção os cadidatos devem dar as mãos e pelo menos tratar um ao outro como irmãos e não comom bandidos, eu não tenho partido, mas sei que essa nojeira e podridão não deve continuar, prezado Altair, se eu fui grosseiro é porque estou constragido, porque a política lá fora muito mais bonita. abraço lhe adimiro muito e parabens pelo Gloog.

fabio silvestre disse...

mandei um e-mail ao pastor samuel Camara perguntando quem estaria ao lado da chapa "Rumo á Vitoria", Daniel Berg ou Gunnar Vingren? Bom aina tó esperando uma resposta.
Nós Assembleianos temos medo de confrontar pastores de renome ou de cargos de presidencia nacional como se eles fossem nossos pastores, é preciso entender que o meu pastor é o da minha igreja juntamente com seus vices. o que quero passar é que nós membros e principalmente os pastores das Assembleias e Deus devem espressar suas opiniões sobre este prosesso que chamo de (Campanha Politica Eleitoral Eclesiastica Evangelica Denominacional)a fim de fazer esses homens compreeder que essa igreja não tem dono feito de carne ossos e devem respeitar não só o nome dessa denominação mas principalmente o povo de Deus que nela caminha rumo ao céu.
Sou da coligação " Pega no arado e vai ganhar almas" ao invens de se meterem em uma politicagem nogenta como essa que não se difere em nada as campanhas governamentais. Ler sobre os inpasses dessa campanha da CGADB é o mesmo que ver as noticias vindas de Brasília.
Tó vendo a hora que vai rolar CPI'S, grampos, arapongas e dinheiro na cueca.
Isso é uma afronta a eesa que é uma das mais importantes igrejas terrenas de Cristo aqui na Terra onde estão muitos que iram participar a Salvação e Cristo para Gloria Eterna, ou seja, aqui tem um pouco da igreja invisivel de nosso Senhor Jesus.

Anônimo disse...

É lamentavel que uma fortuna seja gasta nesse processo eleitoral da CGABD, pago direto ou indiretamente com as ofertas das ´´viuvas``, se aqueles nossos líderes que organizaram e participaram de nossa primeira CONVENÇÃO estivessem presentes hoje, morreriam de vergonha. o que desperta tantos interesses??? comerciais?? Status??? poder??? parece-me salvo melhor juizo, que a grande massa de obreiros, simples e humildes servos de Deus, são levados como simples massa de manobra, por aqueles que dizem ter o ``primado`` das AD´s no Brasil, se esquecendo que a igreja é de CRISTO, ele sim é O SENHOR DA IGREJA. Vejo tudo isto como um dos grades sinas da volta do Senhor- É tempo de refletir, pois não podemos trilhar o caminho papal oficializando-o em nossa Ass de Deus no Brasil - Que Deus tenha misericordia de sua igreja comprada pelo precioso sangue de Jesus.