quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE

"A glória de Deus não tem sido a grande preocupação nas lutas ambientais. Muito mais motivador do que isso têm sido os incentivos fiscais, os estímulos e benefícios de grandes organizações e o medo do que poderá acontecer em um futuro não muito distante. O grande problema é que não poucos cristãos têm se portado da mesma forma que os ímpios. Não cuidam da natureza por ser ela o jardim de Deus e por sermos nós seus jardineiros; não enxergam o zelo para com o meio ambiente como um meio de glorificar a Deus e de fazer com que os homens vejam suas boas obras e glorifiquem seu Pai que está no céu (Mt 5:16)." (Leia em Cristianismo Hoje)
Cuidar do planeta é essencial, mas não podemos esquecer que todas nossas ações devem buscar a glória de Deus (1 Co 10.31).

4 comentários:

Paulo Silvano disse...

“A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus. Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora.” (Rm 8:19-22)

Pastor Geremias Couto disse...

Caro pastor Altair:

Apesar de o meu comentário não se relacionar com o seu tópio, achei por bem mencionar, aqui, a notícia publicada, hoje, no site de O Globo, bastante pertinente a alguns episódios recentes da blogosfera.

Veja o link:

http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2009/02/19/google-condenado-indenizar-professor-por-ofensas-publicadas-em-blog-754498489.asp

Abraços

Elisomar disse...

Muito oportuno o tema desta postagem! Já podemos ver o resultado do desequilíbrio causado pelo homem. Mesmo assim, acusam Deus, pelas desgraças que acontecem motivadas por eles mesmos.

Como Viveremos disse...

Pr. Altair,

Obrigado pela deferência.

Que Deus continue usado-o por meio deste blog.

Valmir