sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

METAMORFOSE


Tem pregador no Brasil copiando o estilo do Michael Jackson, um eterno inconformado com sua aparência física. Fala sério, ele não era mais engraçadinho quando mantinha a simplicidade dos primeiros dias de "sucesso"?

Isso é o que dá quando perdemos o senso do ridículo.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

PROGRAMA TEMPO DE ENRIQUECIMENTO!


SEJA UM COLABORADOR FIEL DO PROGRAMA TEMPO DE ENRIQUECIMENTO

A EMOÇÃO ACIMA DE TUDO
(INCLUSIVE DA PRÓPRIA BÍBLIA)!

COMO IDENTIFICAR UM PROFETA DA VITÓRIA FINANCEIRA (3)

Os profetas da Vitória Financeira são acima de tudo "semeadores de heresias". Pregam um Deus manipulável, de quem se pode "exigir" bençãos.

Anunciam descaradamente (ou ignorantemente) um Jesus "rico", que veio resgatar o homem da maldição da "derrota financeira". Tratam a Bíblia como um manual de "sucesso financeiro".

Ensinam equivocadamente (ou maleficamente) que pobreza e doença são jugos do inimigo.

Afirmam incansalvemente (ou teimosamente), como todos disseminadores de "distorções" ou "exejegues" bíblicas, que suas novidades são revelações ou visões proféticas, dadas diretamente por Deus, investindo-os assim de uma autoridade espiritual especial.

Dizem veementemente (ou cegamente) que são a salvação e a solução para os problemas da Igreja da última hora.

Sobre os tais a Palavra de Deus recomenda:

"Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com a doutrina que aprendestes; afastai-vos deles, " (Rm 16.17)

EM BREVE ESTAREMOS COM A SÉRIE "O FENÔMENO". NÃO PERCA!

Pastores Blogueiros na 4a. AGE da CGADB




Um grande prazer! É como defino o encontro com companheiros de ministério e blogueiros na 4a. AGE da CGADB, realizada em Porto Alegre-RS. Sentimos a falta de alguns amigos como o Pr. Ciro Sanches, Pr. Marco Tuler, Pr. Cesár Moisés, Pr. Esdras Bentho e outros, que certamente estavam envolvidos em suas diversas ocupações na CPAD e em outras atividades. Nas fotos acima, temos o registro de alguns destes encontros informais, porém, profundamente gratificantes.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

MINHA ESPERANÇA BRASIL

Minha Esperança Brasil é um projeto que está sendo realizado no país pelas igrejas evangélicas brasileiras em parceria com a Associação Evangelística Billy Graham, cuja finalidade é alcançar toda a nação com a mensagem de Cristo, e que certamente resultará na maior colheita de almas na história do Brasil. Será uma resposta de Deus ao clamor por avivamento que se ouve em todas as partes do país.

O ápice do projeto será a transmissão de três únicos programas de TV, em horário nobre, sem intervalos comerciais e em rede nacional, no mês de novembro deste ano. Os dois primeiros programas serão de meia hora, com música evangélica brasileira e testemunhos impactantes, enquanto o terceiro constituir-se-á de um atraente filme evangelístico de 90 minutos. Na primeira noite o pregador será o Dr. Billy Graham, enquanto na segunda noite pregará o seu filho, Franklin Graham, presidente da AEBG.

O coração do projeto é a estratégia Mateus e seus Amigos, baseada na história de Levi, que fez um banquete em sua casa e convidou os seus amigos para ouvirem do próprio Senhor as boas novas do evangelho. De igual modo, os Mateus contemporâneos serão treinados através de suas igrejas para que nos dias das transmissões dos programas abram as suas casas e convidem os seus amigos, colegas, vizinhos e parentes para assistirem os programas. Ao final de cada programa, cada Mateus desligará a televisão, dará o seu testemunho pessoal em três minutos e fará então o convite àquelas pessoas presentes que desejam assumir o compromisso de receber Jesus como o seu Senhor e Salvador pessoal.

No entanto, até chegar às transmissões, mo mês de novembro, há uma série de fases em andamento para que todo o Brasil seja mobilizado e tenhamos então o maior número possível de igrejas e pessoas participando do projeto Minha Esperança. As fases são: organização, compartilhamento da visão, capacitação, mobilização, transmissões e acompanhamento.

Atualmente, estamos transitando da fase de organização para a fase de compartilhamento da visão, que ocorrerá nos meses de março, abril e início de maio, quando serão realizadas mais de três mil reuniões em todo o país para que todos os pastores tomem conhecimento do que é o projeto Minha Esperança Brasil e saibam porque sua igreja precisa estar envolvida e mobilizada. Temos hoje, entre coordenadores regionais, estaduais e capacitadores, cerca de mil pessoas devidamente treinadas em todo o país, munidas das ferramentas necessárias para promover essas reuniões e falar a todas as lideranças do país.

A fase seguinte, chamada de capacitação, ocorrerá entre maio e início de agosto. As mesmas reuniões se repetirão em todo o país, agora para preparar os pastores sobre como eles treinarão os membros de suas igrejas para se tornarem Mateus e usarem as três transmissões dos programas para uma grande colheita de almas em suas igrejas. Nesse período os pastores receberão novos materiais e kits para serem usados pelos Mateus nos três dias dos programas.

A fase de mobilização, que vem logo a seguir, ocorrerá entre o final de agosto até outubro, quando então os pastores, a partir do dia de lançamento da estratégia Mateus e seus Amigos em todo o país, mobilizarão os membros de suas igrejas, através de dezenas de reuniões de treinamento para que, enfim, eles estejam devidamente preparados para a fase seguinte, a das transmissões dos programas, que se constitui o grande momento do projeto Minha Esperança.

A fase que encerra o projeto é chamada de acompanhamento. É aí que os Mateus trarão para o celeiro - a sua igreja - a grande colheita de almas que vierem aos pés de Jesus durante os três dias das transmissões. É a fase mais importante do projeto, pois cuidará de preservar em cada igreja os frutos colhidos por Minha Esperança em todo o país.

A partir do dia 10 de março o site http://www.minhaesperanca.com.br/ estará definitivamente no ar, onde você poderá obter informações detalhadas sobre o andamento do projeto e localizar o endereço não só do coordenador denominacional de sua igreja no respectivo Estado, como também do coordenador que estará atuando junto às igrejas independentes. Entre em contato com ele e saiba como participar de uma das reuniões de visão, que estarão acontecendo entre março e abril. Haverá também material para download, bem como informações atualizadas sobre o projeto Minha Esperança. As primeiras três próximas fases (visão, capacitação e mobilização) terão também o apoio da mídia cristã e 15 dias antes das transmissões haverá maciça campanha na mídia secular, divulgando as transmissões que ocorrerão em novembro.

Contatos com o escritório nacional podem ser feitos através do seguinte endereço:Av. Adolfo Pinheiro, 2360 - Santo Amaro04734-004 São Paulo, SPtel.: 11 34295100


PORTO ALEGRE-RS


É lá que estaremos amanhã, se Deus quiser, participando da 4. AGE da CGADB. Os trabalhos vão apreciar e deliberar sobre a reforma do estatuto social e regimento interno, visando a adoção de votação eletrônica e outros procedimentos para eleição dos cargos da Diretoria e Conselho Fiscal, conforme o Edital de Convocação.

COMO IDENTIFICAR UM PROFETA DA VITÓRIA FINANCEIRA (2)


Arrogância, prepotência e orgulho, são outras características que nos ajudam a identificar os profetas da Vitória Financeira.

Não aceitam críticas, chamam os que discordam de suas idéias de hipócritas (quando na realidade eles é que se enquadram neste perfil, como já vimos no módulo 1), costumam jogar os membros da igreja contra os seus pastores (são dententores do poder de manipulação através dos meios de comunicação de massa).

Anunciam e realizam suas conferências sem qualquer respeito aos pastores da região (salvo quando seus interesses pessoais estão em jogo).

Vivem falando que são especialista em alguma coisa, doutor em outras, como tentativa de demonstrar algum nível de autoridade no que falam. Tudo não passa de mera retórica!


"Os tais são murmuradores, são descontentes, andando segundo as suas paixões. A sua boca vive propalando grandes arrogâncias; são aduladores dos outros, por motivos interesseiros." (Jd 1.16)

sábado, 23 de fevereiro de 2008

ENTROU PESADO!

IMAGEM: http://www.esporteinterativo.com.br/


Quero parabenizar o Pr. Silas Malafaia pelo comentário que fez hoje em seu programa, sobre a "venda" de títulos acadêmicos teológicos e de credenciais de pastor.

No curso de pastor as promessas são de recebimento de credencial, diploma e ordenação, podendo ser concluído em até 90 dias. Já pensou, só precisa pagar e pronto!

Para se tornar Doutor em Divindade o prazo é o mesmo, já para o Bacharelado pode chegar a 120 dias.

Realmente tal prática é uma vergonha para igreja evangélica brasileira.

O Pr. Silas entrou pesado com toda a razão. Já o nosso amigo da foto acima, misericórdia!

VENTOS DE "UNÇÃO"!


Ventos de doutrinas e modismo teológicos não deixam de soprar aqui no Brasil. Tais ventos são oriundos de várias partes do mundo, muito embora alguns se formem em nossa própria nação.

Um dos atuais modismos diz respeito a "unção". Vocês já perceberam que a cada momento alguém anuncia uma "nova unção"? Geralmente esta nova unção vem acompanhada de confusões, escânda-los, divisões, contendas, e muitas outras coisas nocivas para a comunhão e ortodoxia cristã.

É uma tal de unção do riso, unção da prosperidade financeira, unção do cai-cai, unção do dente de ouro, unção do leão, unção da galinha, unção da águia, unção da loucoura, unção dos dizimistas, unção da restauração, unção da ousadia, unção da conquista, unção da multiplicação, unção da restituição, unção profética, unção apostólica, unção do louvor, e por ai se vai.

O pior de tudo é que sempre tem alguém vulnerável a estes modismos, inclusive líderes e pastores, indivíduos sem firmeza ou fundamentação doutrinária, gente que sem nenhuma análise crítica ou reflexão, adere a essa enxurrada de "baboseiras da fé".

Qual será o próximo vento de "unção" que surgirá? Certamente ele logo surgirá e, mais uma vez, encontrará muitos meninos insconstantes (Ef 4. 14) pelo caminho.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

LIVROS QUE NOS ALERTAM QUANTO AOS PERIGOS DA TEOLOGIA DA PROSPERIDADE E DA VITÓRIA FINANCEIRA

O ABC da Renascer


Fundação da igreja recebe R$ 1 milhão para alfabetizar, não apresenta recibos e pode ter de devolver tudo.

Leia em Época.

Oremos para que tudo isso não passe de um grande equívoco, fruto de uma grande perseguição.

COMO IDENTIFICAR UM PROFETA DA VITÓRIA FINANCEIRA (1)


Identificar um profeta da Vitória Financeira não é tão difícil quanto se parece. Passaremos a observar através de alguns módulos, as característas predominantes na vida de tais obreiros. Começaremos pela HIPOCRISIA.

Os profetas da Vitória Financeira tentam de todas as formas passar uma imagem de "servos de Deus" bem sucedidos. Para isso, procuram se apresentar exteriormente impecáveis. Cuidam ao extremo de sua aparência, recorrem para isso a intervenções de cirurgia plástica, passam horas em salões de beleza cuidando da pele e dos cabelos, abusam das roupas de grife, só andam de carros luxuosos (pagos com as ofertas dos seus seguidores e discípulos).

Para manter este padrão de vida tão caro, vivem constantemente "pendurados", daí a razão de pedirem tanto dinheiro.

São ótimos atores, mestres da encenação e da dramaticidade. Sabem fazer cara de bonzinho, jeito de necessitado e quanto as coisas realmente apertam, acabam expondo a própria família.

O que não podemos negar é que a estratégia deles funciona. Cada vez, ganham mais espaço na TV (ótimo instrumento de massificação e manipulação) e afirmam que se trata da benção de Deus sobre as suas vidas. Na realidade, o segredo do "sucesso" de suas mensagens e programas é a garantia de que seus telespectadores e discípulos podem ganhar dinheiro de um jeito bastante fácil: é só usar a fé e barganhar com Deus!

Acontece é que tal barganha acaba ferindo algumas doutrinas ortoxas inegociáveis (o que para eles não tem problema algum, pois o que vale é ter fé e ganhar dinheiro, deixar de ser um pobre crente lascado e tornar-se um cristão de sucesso).

Continua no próximo módulo.

"Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com a doutrina que aprendestes; afastai-vos deles," (Rm 16.17)

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Polícia prende padre suspeito de atentado violento ao pudor em RS

Mais uma acusação de abuso sexual envolvendo padres da "Única Igreja Verdadeiramente Cristã" (conforme palavras de Bento XVI).

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Igreja lidera a lista das instituições confiáveis




Com um índice de 39,4%, pesquisa realizada pelo CNT/Sensus indica que a Igreja lidera a lista de instituições confiáveis no Brasil.

Não foi especificado na pesquisa se os entrevistados eram evangélicos ou católicos (pelo menos até onde tenho conhecimento).

domingo, 17 de fevereiro de 2008

A BÍBLIA DE ESTUDO BATALHA ESPIRITUAL E VITÓRIA FINANCEIRA E A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE

Esta é a terceira análise que faço sobre os comentários da Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira. Os dois primeiros podem ser lidos nos links que segue:



Passemos então para a nossa terceira análise. Leia os textos abaixo:

"Muitos cristãos nascidos de novo e cheios do Espírito vivem num baixo nível de vida, vencidos pelo diabo. Na realidade, falam mais do diabo do que em qualquer outra coisa. Cada vez que contam uma des ventura, exaltam o diabo. Cada vez que contam quão doentes se sentem, exaltam o diabo (ele ó autor das doenças e das enfermidades - e não Deus)." (HAGIN, 1988, p. 19 apud PIERATT, 1993, p. 55)

" [...] Um outro observou: ' Sabe, Jesus e os discípulos nunca andaram num Cadilac.' Não havia Cadilac naquela época. Mas Jesus andou num jumento. Era o Cadilac naquela época - o melhor meio de transporte existente. Os crentes têm permitido ao diabo lesá-los em todas as bençãos que poderiam usufruir. Não era intenção de Deus que vivêssemos em pobreza. Ele disse que éramos para reinar em vida como reis. quem jamais imaginariaq um rei vivendo em estrita pobreza? A idéia de pobreza simplesmente não combina com reis." (HAGIN, p. 48 apud PIERAT, 1993, p. 59)

" Não ore mais por dinheiro [...] Exija tudo o que precisar." (HAGIN, p. 17 apud ROMEIRO, 1998, p. 43)

Agora observe o que está publicado como comentário na Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira:

"Jesus veio destruir as obras do Diabo: 'Para isso o Filho do Homem se manifestou: para destruir as obras do Diabo' (1 Jo 3.8). O pecado, a enfermidade, a pobreza e a morte são jugos do Inimigo! Você não tem de ficar amarrado à pobreza! Jesus veio libertá-lo de todo jugo que o Inimigo queira impor sobre você!" (p. 278)

O que há em comum entre os textos citados? A resposta é clara: todos estão construídos sobre os fundamentos da Teologia da Prosperidade. A lógica desta teologia é simples: doença e pobreza são do diabo. Se o Cristão está doente ou vive em pobreza, encontra-se debaixo do jugo do inimigo, ou nem é crente de verdade.

"Alguém uma vez me disse: Mas, Deus não colocou os médicos no mundo? [...] eu respondi: É verdade. Ele é tão bom que pensou nos crentes incrédulos. (SOARES, 1987, p. 40 apud PIERATT, 1993, p. 57)

Seguindo esse raciocínio, segue abaixo uma lista ampliada de personagens bíblicos que viveram debaixo do jugo do Inimigo:

- Eliseu (2 Rs 13.14-21) Enfermidade
- João Batista (Mt 3.4) Pobreza
- Jesus (Lc 2.21-24 com Lv 12.8) Pobreza (imagina que nem ele escapou!!!!)
- Lázaro (Jo 11.1-5) Enfermidade
- Pedro e João (At 3.1-6) Pobreza
- Paulo (2 Co 6.10) Pobreza
- Epafrodito (Fp 2.27) Enfermidade
- Timóteo (1 Tm 5.23) Enfermidade
- Trófimo (2 Tm 4.20) Enfermidade

Certamente você conhece na atualidade, homens e mulheres de Deus (como os citados acima), que encontram-se enfermos ou vivem em situação de pobreza (alguns vivenciam as duas situações). Será que todos eles estão debaixo do jugo de Satanás. Você que lê estas linhas e encontra-se enfermo ou passando por dificuldade financeira, está também debaixo do jugo do Diabo? Embora o Inimigo possa promover enfermidades e pobreza, nem toda enfermidade e pobreza surge da parte dele:

"Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados."
(Lm 3.39)

Se não fizermos exames periódicos ou não tivermos uma boa educação alimentar, e isto resultar numa enfermidade, a culpa é do Diabo? É claro que não, a culpa é nossa!

Se não administrarmos bem as finanças, não tratarmos com cuidado o orçamento doméstico, se fizermos um mal investimento, a culpa sempre será do do Inimigo?

Volto a ressaltar que fatores sociais, econômicos, culturais e pessoais são a causa de muitos sofrimentos e privações na vida do cristão.

Não caia no engano teológico dos profetas da Teologia da Prosperidade e da Vitória Financeira. Não seja também conivente com os seus ensinos, que não passam de distorções das verdades bíblicas.

Se você já adquiriu, conhece alguém que possui ou pretende adquirir uma Bìblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira (não estou lhe dizendo para não comprar, apenas faço um alerta quanto aos erros doutrinários de alguns comentários publicados na referida Bíblia), fique atento e alerte o seu irmão quanto aos equívocos de seus comentários em relação aos temas aqui tratados.

Não tenho um programa de rádio ou de televisão para uma divulgação maior destes erros. Só disponho do púlpito e da internet para tal propósito. Como membro do Conselho de Educação e Cultura Religiosa da CGADB e também pela graça de Deus, na posição de Presidente do Conselho de Doutrina da UMADENE (União dos Ministros das Assembléias de Deus no Nordeste), juntando-se a estas, outras responsabilidades no meio cristão, não poderia ficar omisso diante dos fatos aqui expostos.

Para finalizar, deixo claro que todos os artigos e comentários de minha autoria neste blog, sobre este ou qualquer outro assunto, estão autorizados a serem reproduzidos por qualquer meio.

Orem por mim!

BIBLIOGRAFIA

Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira. Rio de Janeiro: Editora Central Gospel, 2007.

PIERATT, alan B. O evangelho da prosperidade: análise e resposta. São Paulo: Edições Vida Nova, 1993.

ROMEIRO, Paulo. Supercrentes: o evangelho segundo Kenneth Hagin, Valnice Milhomens e os profetas da prosperidade. 6. ed. São Paulo: Mundo Cristão, 1996.

SOARES, Esequias. Heresias e modismo: uma análise crítica das sutilezas de Satanás. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.

sábado, 16 de fevereiro de 2008

A POBREZA NA PERSPECTIVA DA BÍBLIA DE ESTUDO BATALHA ESPIRITUAL E VITÓRIA FINANCEIRA (02)


"Se você estiver carregando um fardo financeiro pesado, Deus o libertará. Ele não quer que você lute semana após semana apenas para suprir necessidades básicas. Ele quer libertá-lo da ansiedade mental e da preocupação que oprimem sua mente." (Bíblia Batalha Espiritual e Vitória Financeira, p. 278)

Analisando o texto acima percebemos o seguinte:

1. A ênfase da referida Bíblia deixa de ser dada ao "fardo do pecado" (Mt 11.28-29) e passa ao "fardo financeiro".

2. O comentarista afirma que Deus não quer que lutemos para suprimento de nossas necessidades básicas, mas que deseja que sejamos ricos. Na verdade, o Senhor Jesus nos ensina que não devemos "lutar", no sentido dado pelo comentarista, por uma simples razão, é o próprio Deus que supre nossas necessidades básicas como comer, beber e vestir:

"Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mt 6.31-33)

3. Diz ainda o referido comentarista: "Ele quer libertá-lo da ansiedade mental e da preocupação que oprimem sua mente". Não é a riqueza, como já escrevemos anteriormente, que nos livra da ansiedade, mas sim, nosso contentamento e confiança em Deus que em todas as coisas e situações nos fortalece:

"Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece." (Fl 4.11-13)

4. É necessário lembrar que ser rico não é em si mesmo pecado (1 Tm 6.17-19), contudo, uma teologia que prioriza a riqueza na vida do cristão não é ortodoxa nem bíblica. Não passa de mais um vento de doutrina (Ef 4.14).

5. Continuemos a orar para que os olhos dos teólogos, profetas, mestres e pregadores da "vitória financeira" se abram, e possam com isso voltar a ensinar e pregar o evangelho da salvação, da cruz, da vergonha, da porta estreita e da renúncia:

"Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela), porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela. Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa produzir frutos maus, nem a árvore má produzir frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo. Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade." (Mt 7.13-23)

ÓLEO DE PEROBA GOSPEL

Nosso primeiro vidro de óleo de peroba gospel, vai para os pregadores da prosperidade e da vitória financeira.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

MEDO DE AVIÃO

"Policiais civis de Brasília contaram com o auxílio de uma turbulência para conseguir a confissão de um acusado. O pastor evangélico Sandoval Silva dos Santos, 37, – acusado de assassinar a companheira Zélia Carvalho, 46, em janeiro –, resolveu revelar onde estava o corpo da vítima depois que o avião da polícia entrou em uma zona de turbulência. O autor do crime ficou com medo de morrer. Sandoval foi preso em Santos. O criminoso confessou que a matou a pauladas num matagal, após discussão por causa de uma amante dele. Em seguida, enterrou o corpo numa cova rasa, cobrindo-o de folhas. Quando, já preso, retornava a Brasília, ficou assustado com os balanços do jatinho e, como os agentes, de brincadeira, fingiam estar apavorados com a iminente “queda” do avião, o pastor começou a chorar e contou tudo, até onde estava o corpo, já localizado."

As informações são da Gazeta do Sul - edição de 13/02/07

Que o Senhor Jesus tenha misericórdia deste obreiro.

Haja turbulências para revelar "alguns pecados" por esse Brasil afora!

O SACERDÓCIO ETERNO DE CRISTO


Estaremos amanhã (sábado 16/02) no estudo prévio para professores da ED em Abreu e Lima-PE, discorrendo sobre este importante tema.

The Greatest Thing in the World: An Overview of Romans 1-7


Read in desirinqGod.

Os países em que há mais perseguição aos cristãos


Um quadro geral da perseguição aos cristãos no mundo você tem no site Portas Abertas. Aproveite e interceda pelos perseguidos e perseguidores.

Interpretação das parábolas de Jesus


CINE PROFESSOR


Cine Professor é um espaço On-line que dá ótimas dicas de filmes educativos.

MINISTÉRIO DE AVIVAMENTO


O Ministério de Avivamento do blog do Pr. Altair Germano promove:

- Avivamento de duas horas
- Avivamento de uma manhã
- Avivamento de uma tarde
- Avivamento de uma noite
- Avivamento de uma semana
- Avivamento de um mês

Você pode ainda optar por um dos seguintes bônus:

- A unção do riso
- A unção do cai-cai
- A unção do ouro em pó
- A unção do pula-pula
- A unção da histeria

Nossos ministros são impecáveis na aparência (alguns já fizeram inclusive diversas plásticas, alisamento de cabelo, etc), possuem uma oratória bastante convincente e um grande poder de manipulação.

Sua igreja vai ficar profundamente entusiasmada. Temos os melhores "preços" do mercado.

Obs: O pagamento deve ser 50% antecipado, a hospedagem em hotel 05 estrelas, carro a disposição e viagem aérea (não aceitamos vôos econômicos).

Entre já em contato pois nossa agenda está bastante concorrida!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

When Prosperity is a Bane and Adversity a Blessing


Fonte: Desiring God

Quando Prosperidade é uma Ruína e Adversidade uma Bênção: Lições do Homem Jovem em Marco 10

"“Teacher! Teacher, please wait!”

Jesus and his disciples were just leaving town. They turned and saw a young man hurrying toward them. He was well-dressed, clearly from an upper class family. But his face was troubled and there was urgency in his voice. The disciples assumed someone else needed healing or was demonized.

The man dropped to his knees in front of Jesus and blurted out, “Good teacher, what must I do to inherit eternal life?” Unusual. Not many wealthy people were so earnest about such things. The disciples looked back at Jesus. Still trying to figure this out themselves, they were eager to hear his answer.

For a moment Jesus didn’t speak. He looked intensely at the young man. Then he said, “Why do you call me good? No one is good except God alone.” Not the expected reply. The disciples were getting used to this sort of thing but the man just looked confused.

Jesus let his comment sink in for a bit. Then he said, “You know the commandments: Do not murder, Do not commit adultery, Do not steal, Do not bear false witness, Do not defraud, Honor your father and mother.” At the time the disciples didn’t think much of it, but later they discussed the commandments that Jesus didn’t mention, like You shall have no other gods before me. Another lesson: even what Jesus doesn’t say means something.

The man replied, “Teacher [leaving off “good” this time], all these things I have kept from my youth.” Remarkable. Most people desperate to talk to Jesus were either sick, demonized, or sinners like prostitutes or tax collectors looking for forgiveness. Why was a pious young man so troubled about his soul?

Jesus paused again and his face began to radiate affection. The disciples anticipated a word of commendation or comfort. But what came out of Jesus’ mouth was, “You lack one thing: go, sell all that you have and give to the poor, and you will have treasure in heaven; and come, follow me.”

All eyes were back on the young man. They watched blood and hope drain out of his face. His head drooped and he stared at the ground. He hoped he wouldn’t get sick in front of everyone.
The man was devastated. He had known something was wrong but he hadn’t been able to put his finger on it. Most folks he knew thought he was a good boy and told him that his wealth was God’s blessing. But he couldn’t shake this nagging sense of guilt, even with all the rituals. He had hoped Jesus would give him the answer. But he wasn’t prepared for this answer. However, he now knew why his soul was troubled. All it took was a clear choice between two treasures: God or wealth. There, on his knees in the dirt before Jesus, he realized which treasure he loved more. And it wasn’t God.

He slowly got up and without making eye contact again walked away.
As Jesus watched him leave he said, “How difficult it will be for those who have wealth to enter the kingdom of God.” No one said anything. Then Jesus looked at them and said, “Children, how difficult it is to enter the kingdom of God. It is easier for a camel to go through the eye of a needle than for a rich person to enter the kingdom of God.”

The disciples gave each other unsettled glances. Each of them was suddenly very aware of idolatrous cravings in their own hearts. It made them wonder. One of them said, almost under his breath, “Then who can be saved?” It did not escape Jesus’ ear. He firmly responded in his unique way that was both encouraging and admonishing, “With man it is impossible, but not with God. For all things are possible with God.”

* * *

This story is a stark reminder that earthly prosperity can be a bane, not a blessing. Strangely enough, it is adversity, not prosperity, that leads us to where the real treasure is. That’s why Jesus calls his disciples to follow him down very difficult and sometimes costly paths. These are the paths to eternal treasure and pleasure. But they can take our breath away. That’s why New Testament writers repeatedly say things like “count it all joy” (James 1:2) when experiencing trials, but warn us about prosperity. Trials push us to depend on God in ways we would not otherwise. Prosperity entices us to depend on worldly things for happiness and security.

If you are experiencing distressing trials, it is very possible that God is giving you a priceless gift. He lovingly disciplines all this children through adversity (Heb. 12:10). So Peter reminds us affectionately, “Beloved, do not be surprised at the fiery trial when it comes upon you to test you, as though something strange were happening to you” (1 Pet. 4:12). God knows how to make a camel pass through a needle’s eye. Remember, all things are possible with God." (Jon Bloom)

CURSO DE DOUTORADO EM DIVINDADE PELA INTERNET!

Seja um "doutorzinho" em teologia optando por uma das seguintes áreas de concentração e linha de pesquisa:

- Pregação "Enganatória"
- Pilantragem Contemporânea
- Teologia da Vitória Financeira
- Manipulação Psicológica

O Curso de Doutorado em Divindade, não é um cursinho qualquer; é um curso completo que envolve pesquisa, defesa de tese e que dará a você um status diferenciado; tranforma o aluno mais simples num grande expert na arte da enganação, além de proporcionar um profundo conhecimento de como usar "Deus" em causa própria.

Seu ministério nunca mais será o mesmo!

O curso é feito na própria casa do aluno, totalmente on line. Todas apostilas e material didático serão enviados por e-mail. Isto significa comodidade absoluta.

O aluno terá de defender, por escrito, uma Tese de Doutor. Não se preocupe com reprovação, nosso interesse é única e exclusivamente no seu dinheiro. Isso mesmo! Aqui a facilidade é total, "pagou passou".

O tempo do curso dependerá de quanto você estiver interessado ou puder desembolsar. Fornecemos o Diploma de uma a quatro semanas. Não tem nada de melhor no "mercado " dos cursos por internet nesta área. Pesquise e confira. Se encontrar condições melhores devolveremos seu investimento.

Faça agora mesmo sua matrícula no Seminário Teológico Mercenários da Última Hora!"
*****
O texto acima é um manifesto de repúdio a todos que banalizam e fazem da educação teológica um produto barato, sem credibilidade alguma no vergonhoso "mercado da fé".

CARTÃO COORPORATIVO

FONTE: BLOG DO LUTE

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

A Prosperidade numa perspectiva Reformada


"O crescimento vertiginoso de igrejas neopentecostais que pregam a prosperidade só pode ser explicado pela idéia equivocada que o favor de Deus se mede e se compra pelo dinheiro, pelo gosto que os evangélicos no Brasil ainda têm por bispos e apóstolos, pela idéia nunca totalmente erradicada que pastores são mediadores entre Deus e os homens e pelo misticismo supersticioso da alma brasileira no apego a objetos considerados sagrados que podem abençoar as pessoas." (Augustus Nicodemus)


O texto do Rev. Augustus Nicodemus demonstra uma profunda clareza da triste realidade vivenciada hoje em alguns círculos "evangélicos brasileiros".

MAIS VITÓRIA FINANCEIRA!

RELACIONAMENTO CONJUGAL EM CRISE


Mídia e Religião na Sociedade do Espetáculo

Livro "Mídia e Religião na Sociedade do Espetáculo" analisa o crescimento da participação de grupos religiosos na mídia.

Uma interessante fonte de pesquisa e informação sobre o fenômeno religioso e seu impacto na TV brasileira.

Leia mais em ALC Notícias.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Marcos Witt - Dios de Pactos

Dios de Pactos
Que guardas tus promesas
Que cumples tu palabra
Que guías mi destino

Dios de Pactos
Confío en tus promesas
Descanso en tu Palabra
Por tu gracia estoy aquí

En la intimidad
Al abrigo de tu gloria puedo estar junto a ti
Al ver tu santidad estoy maravillado ante ti y tu amor
Nunca más seré igual
al salir de este Santísimo Lugar

Dios de Pactos
Que guardas tus promesas
Que cumples tu palabra
Que guías mi destino

Tengo redención
por la sangre que descansa en tu altar para mí
La gracia y el perdón son los frutos de vivir en comunión y adoración
Nunca más seré igual
al salir de este Santísimo Lugar
Oh

domingo, 10 de fevereiro de 2008

O TEMA "DINHEIRO" GANHA DESTAQUE EM REVISTA GOSPEL DE CIRCULAÇÃO NACIONAL


Leia em Enfoque Gospel.

Saber administrar as finanças é algo extremamente salutar. Colocar as finanças como prioridade no Reino de Deus é algo extremamente doentio.



PEDIDO DE ORAÇÃO DE MISSIONÁRIO NO EQUADOR


"Amados, agradecemos as orações por nossas vidas e pela igreja em Riobamba. Graças a Deus com a igreja vai tudo bem, no mes passado Jesus batizou 4 com Espíritu Santo, inauguramos um templo na cidade de Amabato e a Editora que dirigimos organizó o 2º Congreso nacional de Escuela Bíblica Dominical com 150 participantes.

O Senhor está fazendo coisas grandes.Mas venho principalmente pedir orações por toda a cidade que está sendo afeta pela erupção do vulcão Tungurahua mais uma vez. A cidade está em estado de alerta vermelho o que implica em que nao há classes, as repartições públicas não funcionam e todos devem preparar-se para evacuar a cidade. Dormimos vestidos pra sair, com as meninas perto da gente e malas prontas. Hoje tivemos o maior de todos os terremotos, que nos assustou bastante. O material vulcánico alcansou uma altura de cinco quilómetros y a cinza espelida pelo culcao chegou até o litoral (200 KM aproximadamente).

Muita gente ja perdeu seus cultivos y cerca de 10 cidades ja foram evacuadas (as mais próximas ao vulcao). Oramos para que a previsão dos especialistas nao se confirmem de uma explosão mais forte e iminente. Todas as janelas estão protegidas e os caminhos de evacuação ja foram demarcados.

OREM POR NÓS, SABEMOS QUE DEUS NOS DARÁ VITÓRIA. Apesar de tudo isso estamos felizes y em paz, e sentimos a alegria do Senhor que ha sido nossa força. E estamos aproveitando para levar Cristo aos desesperados, Deus estás salvando, e oramos para que se firmen."

Missionário Assuero Chagas. (Enviado pela Assembléia de Deus em Abreu e Lima-PE)

Leia mais em Folha Online

domingo, 3 de fevereiro de 2008

A POBREZA NA PERSPECTIVA DA BÍBLIA DE ESTUDO BATALHA ESPIRITUAL E VITÓRIA FINANCEIRA

"A minha oração é que você, ao estudar esta Bíblia única, tenha uma nova revelação de Deus [...]." (Morris Cerullo)

"É chegado o momento da liberação de uma unção financeira especial [...]." (Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira)

A presente Bíblia já é conhecida de muitos, visto que é bastante divulgada no programa Vitória em Cristo, apresentado pelo Pr. Silas Malafaia. Nosso propósito neste post é comentar o que a mesma trás quando o tema é "pobreza", e deixar claro os seus erros doutrinários, fruto de uma exegese tendenciosa, que a distancia neste aspecto, da teologia cristã ortodoxa.

Observe a nota sobre "pobreza", publicada na referida Bíblia:

"Pobreza é escravidão! Ela amarra as pessoas, impedindo-as de terem as coisas que necessitam. A pobreza leva à depressão e ao medo. Não é a vontade de Deus que você viva na escravidão da pobreza. É hora de Deus acabar com a escravidão das dívidas e da pobreza no meio do seu povo! É chegado o momento da liberação de uma unção financeira especial, que quebrará as cadeias da escassez e o capacitará a colher com abundância!" (Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira)

Discordo destas idéias e declarações. Passarei a citar ordenadamente as idéias e declarações, comentando logo em seguida as mesmas:

1. Pobreza é escravidão

Pobreza não é escravidão, trata-se apenas de uma condição sócio-econômica, fruto do pecado, da acomodação, da injustiça social, do egoísmo e de outras mazelas. Você pode ser pobre, e mesmo assim, não ser escravo da pobreza. Você pode ser pobre e ser feliz! João Batista (Mt 3.4), Jesus (Lc 2.21-24 com Lv 12.8), Pedro e João (At 3.1-6), Paulo (2 Co 6.10) e tantos outros servos de Deus, apesar de pobres não eram "escravos" da pobreza. É preciso lembrar que a riqueza também pode pode promover escravidão (Mt 6.19-24). Desta maneira, não é a pobreza ou a riqueza em si que torna alguém escravo, mas sim, a forma como lidamos com essas condições sócio-econômicas.

2. A pobreza leva à depressão e ao medo

A pobreza "pode" levar alguém à depressão e ao medo, mas não necessariamente. Todos nós conhecemos pessoas que sobrevivem com poucos recursos financeiros, que não são depressivas nem vivem amendrontadas, pois confiam no Senhor que supre todas as nossas necessidades (Mt 6.31-34). Conhecemos também muitos ricos que são depressivos e amedrontados. A própria Bíblia adverte quanto ao males da riqueza mal adquirida e administrada (1 Tm 6.9-10).

3. Não é a vontade de Deus que "você" viva na escravidão das dívidas e da pobreza no meio do seu povo

Você quem? Isso significa que todos os crentes deveriam ser ricos? Você quem? Aquele que comprou a referida Bíblia, ou foi alcançado por seus princípio e ensinamentos? Não amados, nem todos seremos ricos. As razões pelas quais isto não vai acontecer são as mais diversas e complexas possíveis e envolvem fatores sociais, pessoais, espirituais, circunstanciais e outros. Se você contribui com as suas ofertas e dízimos, é trabalhador honesto, se esforça para manter-se qualificado na profissão que exerce, administra com sabedoria o salário que recebe e mesmo assim não alcança a riqueza, não fique triste nem frustrado, contente-se com o que tens (Fp 4.11; Hb 13.5). Seja rico para com Deus (Lc 12.21). Saiba que o mais importante nesta vida não é o quanto você tem, mas o que você é diante do Senhor. Se um dia você ficar rico, dê graças a Deus, se nunca isso acontecer, dê graças a Deus também (1 Ts 5.18).

4. É hora de Deus acabar com a escravidão das dívidas e da pobreza no meio do seu povo

Por qual razão Deus só resolveu acabar com a escravidão das dívidas e da pobreza agora, se os fundamentos da interpretação de Morris Cerullo sempre estiveram na Bíblia? Será que Jesus, Paulo, os demais apóstolos, os pais da igreja, os reformadores, os missionários que experimentaram fome e nudez pela causa do mestre nunca enxergaram isso? Deus os privou desta "visão" (aliás, mais uma daquelas visões que só trazem confusão e promovem heresias no Reino de Deus)? Somos uma geração "especial"? Outra coisa, quem disse que a riqueza acaba com as dívidas? Muitos ricos estão proporcionalmente mais endividados do que alguns pobres. A questão da dívida relaciona-se com a forma com de administrarmos os recursos e não em sermos pobres ou ricos.

5. É chegado o momento da liberação de uma unção financeira especial

Trata-se de mais uma "unção especial", como foi a "unção do riso", "unção do leão" e outras "unções", todas fruto de uma interpretação bíblica equivocada e tendenciosa, desassociada de uma análise exegética séria e genuinamente cristã (é bom lembrar que boa parte dos argumentos e notas da citada Bíblia está fundamentada no Antigo Testamento em promessas direcionadas para o povo de Israel). Não existe uma "unção especial financeira". O que a Bíblia nos revela é a bondade, generosidade, misericórdia e graça de Deus, que faz com ele derrame abundantedemente suas dadívas sobre aqueles que contribuem com alegria e liberalidade, promovendo assim socorro aos necessitados, recursos para a obra missionária, manutenção do trabalho do Senhor e o suprimento de outras necessidades (2 Co 9.6-15).

Com temor e tremor.

Pr. Altair Germano 03/02/2008

sábado, 2 de fevereiro de 2008

PR. SILAS MALAFAIA E APÓSTOLO TERRA NOVA ESTARÃO JUNTOS EM CONGRESSO

FOTO: SITE DO MIR

O Pr. Silas Malafaia e o Apóstolo Terra Nova (um dos principais líderes da Visão Celular no Modelo dos 12 no Brasil), estarão juntos em Congresso que será realizado em Brasília, no mês de Julho/2008. A notícia foi dada em primetra mão pelo site do MIR (Ministério Internacional da Restauração). Na entrevista concedida a redação do MIR, ao ser questionado sobre o fato do Pastor Silas Malafaia sempre ter deixado bem claro que é contra a forma que a Visão trabalha, Terra Nova respondeu que "É fácil conviver com os iguais, mas mostramos que somos maduros quando convivemos com as diferenças e temos habilidades para gerenciá-las."

Leia aqui a história do MIR.

Assista aqui a opinião que o Pr. Silas Malafaia tinha acerca do Movimento G-12.

O que será que aconteceu? No momento, a melhor coisa a fazer é aguardar o que o Pr. Silas falará sobre o assunto.
A posição da CGADB (Convenção dos Ministros das Assembléias de Deus no Brasil) sobre o Movimento G-12 é clara:
"Em virtude do abençoado crescimento das Assembléias de Deus no Brasil, grupos estranhos de pseudo-evangélicos trabalham em planos cientificamente preparados, usando forte marketing tentando dividir e enfraquecer a Igreja de Deus.No desejo de verem suas igrejas crescerem, desprezam o mais eficiente e mais aprovado método bíblico contido no livro de Atos dos Apóstolos, aceitando e envolvendo outros nos "encontros" - modelos reprovados pela palavra de Deus.As tais reuniões secretas do G-12 são práticas usadas semelhantemente pelo espiritismo. Essa nova tática vem promovendo mudanças na liturgia das igrejas, permitindo seus participantes tornarem os cultos uma verdadeira confusão, onde a decência e a ordem não mais existem, além de tirar a liberdade da verdadeira adoração a Deus. São novas heresias iguais as outras que tenta eliminar a eficácia da morte de Jesus no Calvário.O G-12 leva seus participantes a pronunciamentos, confissões e até chegam à petulância de dizer que perdoam Deus, afirmando ser "uma coisa tremenda", induzindo as pessoas a aceitarem adendos e retoques à obra do Calvário. O plano de Deus realizado por Jesus na Cruz é completo, perfeito, insubstituível, e não aceita apêndices.Lamentavelmente, alguns irmãos e até obreiros embriagaram-se com o G-12.O apóstolo Paulo nos advertiu em Gálatas 1.8: "Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregassem outro evangelho além do que já pregamos, seja anátema".Estranhamos o comportamento de alguns obreiros aceitando determinadas inovações. Estariam eles enganados, como os que participaram das conferências do Reverendo Moom?Preocupa-nos! Seria falta de mais conhecimento bíblico? Deficiência na estrutura ministerial ou ainda não tiveram um verdadeiro encontro com Jesus, embora sejam obreiros?Depois de desfrutarmos do atendimento cuidadoso do Espírito Santo por 90 anos, que é comprovado pela expansão das Assembléias de Deus no Brasil, será que precisamos dessas aventuras "evangélicas" importadas, para vermos crescer nossas igrejas?Sentindo a necessidade de maior conhecimento das doutrinas fundamentais da Palavra de Deus, estamos realizando simpósios de doutrina, ministrados pelo Conselho de Doutrina da CGADB, em todas as regiões do nosso país.É de vital importância a vigilância pelos nossos pastores, para proteger o rebanho do Senhor contra os exploradores, cuja "visão"- "tremenda", não é a espiritual, mas fatia comercial, com o objetivo de obter o já previsto por tais aproveitadores.As práticas estranhas da quebra de maldição, cura interior e regressão, acompanhados de música indutiva, incentivando as pessoas à técnica de "liberar" gritos, danças e urros, nunca fizeram parte do nosso culto a Deus."Que direis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmos, tem doutrina, tem revelação, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação." 1 Co 14.26-31A aceitação dessas inovações anti-bíblicas já está produzindo o resultado desejado por esses senhores – a divisão de grupos em nossas igrejas.A "tremenda regressão", tão propalada pelos praticantes do G-12, é uma tentativa de anular o perdão de Jesus, recebido por nós. Tenta também aniquilar o valor da purificação do sangue de Jesus.Portanto, tudo isso não passa de heresia (leia Is 38.17; Jr 31.34 e Mq 7.18-19).A fogueira santa usada para queima das listas de pecados, os ambientes escuros e os gritos de libertação, não fazem parte de culto da Assembléia de Deus, e têm mais semelhanças com práticas do candomblé e de outras filosofias e seitas secretas ou ocultas.Pastores, líderes, obreiros, irmãos em Jesus Cristo! Deus nos colocou como verdadeiros atalaias. Despertemos!"Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes." Tt 1.9
Mesa diretora da CGADB
Pastor José Wellington Bezerra da Costa
Presidente



CONSUMISMO SAGRADO


A FORÇA DE UMA MARCA

"A força de uma marca" é um interessante texto que trata sobre a influência e significado das marcas na sociedade contemporânea, caracterizada pelo consumismo.
Você é o que usa? É claro que não. Por trás de grandes marcas se escondem pessoas infelizes, estúpidas, arrogantes, egoístas, vazias, carentes de Deus e de salvação.

Me lembro que em certa concentração evangelística, um destes pregadores da prosperidade (um tal de Rodolfo alguma coisa) falou da marca de seus sapatos, de seu terno, de sua gravata, relógio, etc. Falou mais das marcas do que de Jesus. Foi um fiasco.

Não estou falando que o cristão não possa usar roupas e acessórios de "marca", mesmo porque, muitas marcas identificam produtos de excelente qualidade. Só não podemos é ser escravos das marcas e marionetes dos grandes estrategistas de marketing (nem dos pregadores da vitória financeira).

Pense nisso!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

MICHAEL W. SMITH - AGNUS DEI

Edir Macedo e a Teologia da Prosperidade

A lógica de Edir Macedo:

"Se o meu Deus é meu pai e ele é rico, por que é que eu vou ser miserável e pobre?" (Edir Macedo)

A Bíblia:

"Se alguém ensina outra doutrina e não concorda com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com o ensino segundo a piedade, é enfatuado, nada entende, mas tem mania por questões e contendas de palavras, de que nascem inveja, provocação, difamações, suspeitas malignas, altercações sem fim, por homens cuja mente é pervertida e privados da verdade, supondo que a piedade é fonte de lucro. De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes. Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores." (1 Tm 6.3-10)

Sem comentários!

Me dá um dinheiro aí (uma reflexão para os exploradores da fé)

Essa marchinha deve ter inspirado alguns seguimentos e líderes (supostamente evangélicos) da atualidade, e poderia ser cantada (tirando a cachaça) em muitas igrejas por esse Brasil afora.

Querido amigo leitor, se você é ou não evangélico e lê este blog, quero lhe dizer que existe ainda no Brasil pastores e igrejas sérias, que zelam pela verdadeira mensagem do evangelho de Jesus.

Fuja de líderes e igrejas que dão ênfase demasiada ao dinheiro, que vivem de barganhas com Deus, que constrangem e amaldiçoam aqueles que não podem contribuir financeiramente, que exploram a boa fé da gente simples, pobre e esperançosa que freqüentam seus cultos e reuniões.

Sobre tais enganadores e mercadores da fé, disse Jesus:

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres?
Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade." (Mt 7.21-23)

CRUZADA EVANGELÍSTICA

A cruzada evangelística que acontece todos os anos no encerramento do Congresso da Mocidade da AD Abreu e Lima-PE, será realizada na Praça João Pessoa, em Paulista, em frente ao Banco do Brasil, na próxima 4a. feira às 19h00.

Ore, divulgue, participe e leve uma pessoa não evangélica!