terça-feira, 9 de dezembro de 2008

A COMPLETUDE DA BÍBLIA (2). Subsídio para Lição Bíblica.

No terceiro ponto da lição o comentarista trata sobre as "Agressões à Ortodoxia Bíblica". O que vem a ser Ortodoxia Bíblica?

"O equivalente em português da palavra grega "orthodoxia" (de orthos "certo", e doxa "opinião"), o que significa crença correta, em contraste com a heresia ou a heterodoxia. O termo não é bíblico. Nenhum escritor secular ou cristão usa-o antes do século II, embora o verbo orthodoxein esteja em Aristóteles. A palavra expressa a idéia de que certas declarações sintetizam como exatidão o conteúdo do Cristianismo às verdades reveladas e, portanto, são por sua própria natureza normativas para a igreja universal." (Leia em Estudos Gospel)


"Pegando carona na definição do pastor Claudionor Corrêa de Andrade, em seu Dicionário Teológico (CPAD), lemos a seguinte definição: Ortodoxia – [Do gr. Orthodoxos] Conjunto de doutrinas oriundas da Bíblia, e tidas como verdadeiras, de conformidade com os cânones e concílios da Igreja.
Ortodoxo – Verdadeiro, certo. O que se acha de acordo com a Palavra de Deus e com os cânones e concílios estabelecidos pela igreja." (Leia em Anchieta Campos)

"A ortodoxia bíblica tem seu nascedouro na palavra empregada pelo Apóstolo Paulo como “Sã doutrina” em Tt.2.1; 1Tm.1.10 e 2Tm.4.3. Em Ef.2.20 ele chama de “fundamentos dos apóstolos e profetas”. Bem como Lucas ao escrever o livro de Atos dos Apóstolos usa a expressão “doutrina dos apóstolos” (At.2.42). Judas chama a ortodoxia da “fé que foi entregue aos santos” (Jd.3)." (Leia em Anti-heresias)

"A ortodoxia consiste na conformidade a formulações oficiais da verdade. A não-conformidade forma a heterodoxia ou heresia. às vezes, um homem que é rigidamente ortodoxo quando freqüenta uma igreja, em um dos lados da rua, imediatamente é considerado herege, quando atravessa a rua e entra em outra igreja, de outra denominação, embora ambas se intitulem cristãs" (R. N. Champlin)

Essa afirmação de Champlin diz respeito ao fato de que cada "denominação evangélica", de certa forma, possui a sua própria ortodoxia, embora em alguns pontos (chamados de "centrais") elas concordem entre si. Dessa forma, temos a ortodoxia Batista, a ortodoxia Presbiteriana, a ortodoxia Pentecostal, etc.

Na prática, por exemplo, acontece o seguinte:

- o cristão pentecostal é visto pelo tradicional como herege, por acreditar na atualidade dos dons do Espírito;

- o cristão tradicional é visto pelo pentecostal como herege, por afirmar que as manifestações do Espírito não são mais para os nossos dias;

- o cristão pentecostal arminiano é visto pelo calvinista como herege, por dar ênfase ao livre arbítrio;

- o cristão calvinista é visto pelo pentecostal como herege, por dar ênfase à doutrina da predestinação;

Qual destas ortodoxias é a verdadeira? Qual possui o sistema doutrinário perfeito? A minha resposta é que todas, nos pontos que divergem, buscam com sinceridade a verdade plena nas Escrituras, e que nenhuma delas é absolutamente perfeita.

Teremos surpresas no céu, costumo afirmar. Algumas coisas que chamam por aqui de heresias, no céu se revelarão como ortodoxas, enquanto que algumas coisas chamadas por aqui de ortodoxas, no céu serão reveladas como heresias.

Obviamente, essa minha declaração não abre a guarda para qualquer sistema de ensino "maluco", ou para qualquer "coisa" que queiram chamar de ortodoxia. Um pouco de bom senso, uma séria exegese, e de discernimento espiritual é o bastante para desfazer e perceber os "engodos" teológicos de muitos grupos.

Há, já sei! Alguns ao lerem este post afirmarão que todos os modelos de ortodoxia aqui citados é que são malucos, e que a ortodoxia verdadeira é a do movimento, da igreja ou da denominação...

Fique desconfiado com qualquer tipo de atitude exclusivista e sectarista, do tipo que afirma:"em nenhuma outra igreja há salvação!" Ou ainda, "apenas o nosso sistema doutrinário é perfeito e verdadeiro!", "a nossa doutrina veio diretamente dos céus pelas mãos de um anjo, por uma visão, por um sonho, por uma revelação, etc".

Já temos, inclusive, a chamada "ortodoxia generosa"!

4 comentários:

Prg.Tiago David disse...

A Paz do Senhor Pastor!
Teu blog é uma benção...
Seria uma honra uma parceria contigo...

Passe no meu humilde blog e me deixe uma resposta..Ok?

Que Deus continue abeçoando tua vida e ministério!

Fica na Paz
Tiago David

zwinglio rodrigues disse...

Pr. Germano, paz!!!

Seu equilíbrio demonstrado nesse blog é fantástico... graças a Deus que na AD existem homens como o colega...

Desejo um dia conhecê-lo pessoalmente... me tornei um admirador seu...

Abraços colega!!!

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre Tiago, vou dar uma passada por lá!

Obrigado e abraços!

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado Zwínglio,

obrigado pelas palavras motivadoras. Que o Senhor em tudo seja louvado e glorificado.

Juntamente com elas, conto com vossa oração.

Será prazeroso também para mim, conhecê-lo!

Abraços!