sábado, 9 de agosto de 2008

EVENTOS E PROGRAMAÇÕES: TERMOS APROPRIADOS


Parece-nos que no afã de dar um maior status para alguns eventos, ou simplesmente por desconhecimento dos significados, em algumas igrejas são usados indiscriminadamente e equivocadamente alguns termos para nomear suas atividades.

Buscando colaborar com as mesmas, segue abaixo algumas definições que certamente ajudarão na hora de organizar o próximo "trabalho":

- SIMPÓSIO

O simpósio é um evento caracterizado por discussões e exposições verbais apresentadas por vários indivíduos sobre um tema comum. A apresentação formal dos assuntos permite a apresentação sistemática. Pode haver em certo momento alguma interação mínima, ou debate entre os participantes.

Dentro do simpósio, os especialistas nos assuntos abordados desenvolvem diferentes aspectos de um problema, de um tema, em forma sucessiva.

Desta maneira, um simpósio tem como objetivo de apresentar um assunto/tema por vários aspectos, mediante a participação de especialistas.

- CONFERÊNCIA

Conferência é uma técnica de exposição verbal, realizada pelo conferencista para o público, onde geralmente a interrupção não é permitida e a interação é mínima.

Se exige do auditório/público um elevado nível de cooperação, abstração, atenção, concentração, bem como, conhecimento, ainda que mínimo do conteúdo da conferência.

Do conferencista se espera o pleno domínio do assunto, para não demonstrar insegurança e para não frustrar as expectativas dos ouvintes. A palestra se enquadra aqui.

- CONGRESSO

Congresso é uma reunião com o propósito de distribuir informações, tomar decisões, analisar e resolver problemas, trocar informações, planejar, conduzida por pessoas muito qualificadas (técnicas, especialistas, expert).

Em geral, o congresso se inicia com uma exposição geral (palestra magna), uma série de trabalhos em pequenos grupos, discussões em painel e uma assembléia geral de conclusões.

- SEMINÁRIO

Seminário é uma atividade de investigação, pesquisa, visão global, análise e síntese. O estudo ou investigação de um tema é realizado em reuniões de trabalho devidamente planejadas, por meio da colaboração recíproca dos participantes.

É um termo mal utilizado, principalmente nas instituições de ensino, em que um grupo expõe um trabalho a colegas. Esse tipo de apresentação poderá ser uma dissertação ou conferência, nunca um seminário.

- PAINEL

No painel reúnem-se várias pessoas para exporem suas idéias para determinado assunto ante um auditório. No painel, a conversação é basicamente informal, os membros não atuam como oradores, não expõem.

Da próxima vez que você for organizar um evento em sua igreja, tenha cuidado para não cair no erro ou na tentação de dar a designação imprópria para o mesmo.


REFERÊNCIA

MINICUCCI, Agostinho. Técnicas de trabalho de grupo. 3.ed. São Paulo: Atlas, 2001.


7 comentários:

Elisomar disse...

Paz do Senhor, pastor
É uma boa iniciativa, manter o povo informado.
Bom domingo!

Silvio Araujo disse...

Excelente! Já copiei para meus documentos! Eu poderia copiar?

Silvio José disse...

Professor, essa informação é muito importante, para pessoas que organizam esses tipos de eventos e não tem noção do que está fzendo. Pensam que seminário, congresso e outros é tudo a mesma coisa. Chegam ao ponto de se utilizarem de alguns desses títulos, só para chamar à atenção das pessoas para o evento. Agradeço a Deus pelo seu ministério de ensino. Graça e Paz

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre Silvio, é claro que sim!

Um abraço.

ALTAIR GERMANO, disse...

Irmão Silvio José, isto é um fato.

Paz do Senhor.

ALTAIR GERMANO, disse...

Irmã Elisomar, um grande problema na atualidade não é a falta de informação, mas como selecionar informações necessárias.

Paz do Senhor!

Sammis Reachers disse...

Pequeno, mas bom e muito oportuno texto.
Tomei a liberdade de republicá-lo no meu blog Arsenal do Crente, linkando a fonte.

Um abraço fraterno do irmão Sammis