sábado, 19 de julho de 2008

PENTECOSTALISMO SOB ATAQUE

O site MONERGISMO , entrou na "onda" das fobias modernas. Alguns artigos lá publicados são de duvidosa qualidade exegética, e de uma agressividade absurda o contra os pentecostais. Observemos algumas citações extraídas do site:

- ARTIGO: O PENTECOSTALISMO OU FALSIFICADORES DA PALAVRA DE DEUS? (Pr. Anízio Gomes)

"As seitas pentecostais têm se desenvolvido no clima obscuro e perverso, no qual multidões têm se envolvido com doutrinas de demônios."

"Portanto, enquanto crentes fiéis devemos tomar uma atitude positiva em relação à fração pentecostal da nossa sociedade, e considerá-los como alvos missionários e fazendo em relação a eles a obra evangelística, pois Deus abomina as suas práticas religiosas, porém os ama enquanto pecadores."

"Se não bastasse a confusão doutrinária, os pentecostais ainda promovem mais confusão na sua nomenclatura. Assembléia de Deus, ACEV, O Brasil para Cristo, Tenda da Cura Divina, A Igreja Viva 24 horas, Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo, Internacional da Graça de Deus, Universal do Reino de Deus, Congregação Cristã do Brasil, Chama Ardente e mais aproximadamente 35 mil nomes distintos só no Brasil, (não é exagero) todo este cartel demoníaco com o propósito de impedir que pessoas sejam salvas por Cristo Jesus. Por isso podemos aplicar também a estes novos fariseus o que o Senhor Jesus disse aos seus contemporâneos em Mateus 23.15: “Ai de vós escribas e fariseus, hipócritas; pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e depois de o terdes feito, o fareis filhos do inferno duas vezes mais do que vós”.

"Portanto, pelo que já foi exposto neste trabalho, fica bastante claro que os pentecostais não são conhecidos de Cristo, e a eles o Senhor dirá: “Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade” (Mateus 7.23). Se o próprio Senhor Jesus não os conhece, não devemos reconhecê-los como irmãos, pois se assim o fizermos estaremos desagradando o Senhor e Salvador Jesus Cristo, e desobedecendo o que nos diz Romanos 16.17,18: “E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem ao nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples?”.

- ARTIGO: O QUE HÁ DE ERRADO COM O PENTECOSTALISMO? (Laurence Justice)

"Nós poderíamos mencionar muita coisa que existe de errado com o Pentecostalismo. Poderíamos mencionar a divisão que ele parece sempre trazer a igreja. Poderíamos mencionar a atmosfera de circo criada em cultos de adoração na igreja."

"Um quarto antídoto que podemos usar contra o Pentecostalismo é desencorajarmos nossos irmãos a assistir pregadores pentecostais em programas religiosos na televisão. Um grande número de nossos membros convida membros da Assembléia de Deus e outros pregadores pentecostais para dentro de suas casas todos os dias e ouvem suas músicas e mensagens pentecostais. Não é nenhuma maravilha nossas igrejas estarem infectadas pelo Pentecostalismo!"

- ARTIGO: RESPOSTA A UM PENTECOSTAL (Felipe Sabino de Araújo Neto)

"Honra concedida! Espero que muitos deixem o erro do Pentecostalismo ao ler o nosso debate virtual."

Apesar de tanta ira (ou ignorância) manifesta nos textos acima, amamos o pastor Anízio Gomes, o Laurence Juste, o Filepe Sabino e tantos quantos comungam dos posiconamentos aqui citados. oramos para que eles não fiquem profundamente frustrado e decepcionados, quando ao chegar nos céus (que não é das igrejas, reformadas, históricas, pentecostais ou neo-pentecostais) nos encontrar (falo pelos pentecostais) por lá.

É verdade que muitos exageros e atitudes anti-bíblicas existem no meio pentecostal (e são combatidos veementemente por pentecostais comprometidos com a verdade da Bíblia), como existem também no meio reformado e histórico. Os próprios textos aqui expostos provam isto.

Fiz pós-graduação numa instituição Reformada, o Seminário Presbiteriano do Norte. Me relaciono, e como presidente do Diretório Estadual da Sociedade Bíblica do Brasil em Pernambuco, sou tratado muito bem por pastores batistas e de outras denominações não-pentecostais. Posso garantir que as idéias defendidas pelos autores acima não são compactuadas por todos não-pentecostais, são expressões de um radicalismo, e de um tradiconalismo cego e decadente no meio evangélico brasileiro.

Resolvi não escrever um tratado apologético sobre a doutrina pentecostal, visto que outros já o fizeram de forma brilhante. Seria mera redundância.

O site Monergismo.com é de autoria de Felipe Sabino de Araújo Neto, e diz que "é um ministério baseado na internet, de iniciativa exclusivamente pessoal e sem vínculos com qualquer igreja ou organização".

25 comentários:

Elisomar disse...

É bem verdade que existem aberrações que não fazem parte do pentecostalismo, por pentecostalismo é algo muito diferente do que se ver por aí. Mas, faltar com respeito a muitas igrejas do senhor, é no mínimo falta de educação e temor a Deus. Não pode se dizer conhecedor da Palavra, quem tem atitude assim. Infelizmente ele é um semeador de convite para o inferno. pois a Palavra de Deus diz que não há perdão para quem zomba do Espírito Santo.

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro pastor Altair:

Este é um dos casos. Infelizmente, há outros, não só no Brasil, mas sobretudo nos Estados Unidos,com aparência de "apócrifos", os quais servem de base para que alguns assaquem contra tudo e contra tudos, sem ao menos irem às fontes primárias, como já mencionei em meu blog, para certificar-se da verdade.

Tenho horror a frases terceirizadas, a simplesmente repetir o que alguns dizem de outros. Prefiro sempre ir à fonte e, no caso em tela, tenho certeza, pela Bíblia, que, no céu, para decepção dos que escrevem esse tremendo "besteirol", encontrarei batistas, presbiterianos, congregacionais, assembleianos e irmãos de outros segmentos denominacionais, que foram salvos exclusivamente por terem recebido a graça da salvação em Cristo Jesus.

Abraços

Gutierres Siqueira, 19 anos disse...

Pastor Altair Germano, a paz do Senhor.

Com a sua permissão, recomendo que todos leiam o meu último post: "Fundamentalismo e o radicalismo dos cessacionistas” (http://teologiapentecostal.blogspot.com/2008/07/fundamentalismo-e-o-radicalismo-dos.html).
A minha motivação para escrever esse post foi essa cruzada anti-pentecostal promovida pelo Sr. Felipe Sabino. Graças a Deus que “reformados” como o Felipe são poucos entre os amigos que conheço de igrejas tradicionais. Há muitos reformados que são pessoas equilibradas, que fazem uma verdadeira exegese dos textos bíblicos sobre o assunto.

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

João Paulo Mendes disse...

Paz do Senhor Pr Altair,

Há pessoas que lutam não por Cristo e seu Evangelho, lutam por defenderem seus ideiais, não lêem a Palavra com o próposito de conhecer mais do Senhor mas, a lêem a fim de corroborar sua visão teológica e, por isso, fazem uma interpretação parcial e pessoal da Palavra do Senhor, é o caso dos cessaciosnistas, extremistas, é sabido de todos os que buscaram saber um pouco sobre o pentecostalismo que, é bíblica a manifestação do Espírito Santo em nossos dias e em nosso meio temos não só dezenas, nem centenas mas milhares de testemunhos e provas de que o Senhor fez e faz através dos dons espirituais, os quais desfrutamos no Senhor.
Tenho em minha cidade pastores reformados que pregam em minha igreja, AD, não nos ofendem mas, antes, como Igreja do Senhor, buscam o equilibrio no Senhor para que como povo de Deus venhamos alcançar o céu.

PAZ
www.joaopaulo-mendes.blogspot.com

ALTAIR GERMANO, disse...

Elisomar,oremos por aqueles que coontinuam (em parte) no tempo da ignorância acerca da coisas espirituais e das verdades bíblicas.

Paz do Senhor!

ALTAIR GERMANO, disse...

Companheiro Geremias do Couto,é realmente lamentável que alguns pretensos "exclusivos" detentores do saber teológico, afirmem tais coisas.

Oremos por Eles.

Um abraço e a paz do Senhor!

ALTAIR GERMANO, disse...

Amigo Gutierres, infelizmente em todos os segmentos existem os extremistas e sectaristas. Damos, contudo, graças a Deus pelos equilibrados.

Um abraço e parabéns pelo post.

ALTAIR GERMANO, disse...

João Paulo, o que me deixa com uma pulga atrás da orelha, é que alguns irmão reformados, que parecem ser equilibrados, além de manterem o link dos desequilibrados em seus sites e blogs, silenciam aprovando ou se acorvandando de escrever sobre as aberrações aqui tratadas.

Um abraço!

Pr. André Poggianella disse...

Graça e Paz do Senhor Jesus Cristo!
Amado Pr. Altair e amados Irmãos leitores! Fico triste quando vejo ainda irmãos que brigam por suas placas denominacionais e por seus idealismos e não pelo genuíno Evangelho de Cristo! Não nos importa se somos pentecostais, tradicionais ou outra coisa, o que importa é se verdadeiramente vivamos Cristo 24 horas por dia, amando-o, respeitando-o e seguindo somente as Sagradas Escrituras. Nos importa se há ainda amor entre nós, se há perseverança em Cristo e se realmente estamos levando a Palavra de Deus ao cativo e oprimido, para a sua verdadeira salvação. Isto sim! Pois como já sabemos muitos erros estão sendo acometidos no nosso meio, que precisam ser apontados e corrigidos dentro da Palavra e no amor, e não de maneira absurda, mentirosa e anti-bíblica!
Fiquem com Deus! Um grande abraço!

Pr. André Luiz Poggianella
Juiz de Fora / MG
www.atalaiasdedeus.blogspot.com

sandre disse...

Bem o mais triste de tudo isto, não é levar em conta um texto, cheio de informações erroneas escrito por um fundamentalista.
Afinal os fundamentalistas não tem comunhão nem com eles mesmos.
Conheço alguns que são até sinceros, mas desconheçem muitas vezes o profundo valor de um testemunho.
Para eles se valem mais de um texto do que de uma vida.
Como não existe uma igreja perfeita, uma teologia perfeita, uma declaração doutrinária perfeita.
É de se esperar que muitos que escrevem no Monergismo, tenham este tipo de pensamento.
Não me espanta, o que espanta é a intolerancia.
E infelizmente cada vez mais aberrações doutrinárias são aceitas nos meios pentecostais.

Abçs
Sandre

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado pastor André Poggianella, realmente o amor e o respeito, aliados a sã doutrina, são elementos importantes no viver cristão.

Paz do Senhor!

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre Sandre, intolerância no sentido de agressões verbais não deve existir em nosso meio.

Devemos sim, ser intolerantes para com as heresias que de forma clara não se sustentam à luz da Bíblia.

As aberrações doutrinárias crescem em todos os segmentos cristãos.

Paz do Senhor!

Maya disse...

Lamento que alguns irmãos não sintam o poder maravilhoso do Santo Espírito de Deus, o que é um presente do Pai àqueles que o buscam. Críticas são bem-vindas quando bem fundamentadas; igrejas não-pentecostais também podem trazer escândalo e generalizações não são honestas.

marcel disse...

PAZ AMADOS
É MUITO COMPLICADO ESTAS QUESTÕES,
MAS DEIXO MEU PARECER COMO LUTERO O FEZ:
"Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir."

Anônimo disse...

Amados, realmente existem alguns que por não crerem na atualidade dos dons espirituais ridicularizam os pentecostais. mas hevemos de convir que existe muita meninice em nosso meio. muita brincadeira com as coisas santas, muitos pregadores meninos e palhaços que fazem o movimento pentecostal ser cada vez mais visto com maus olhos.
Creio que o problema são os exageros, as aberrações, os extremismos e ignorância biblica que fazem os pentecostais serem criticados não só pelos cessacionistas mas até por pencostais conhecedores da Bíblia.
Para uma defesa da teologia pentecostal indico estes ótimos livros:

- O DOM DE PROFECIA
Weyne Grudem, ed. Vida;
- O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO E COM FOGO
Anthony D. Palma, ed. CPAD;
- NO PODER DO ESPÍRITO
William Menzies e Robert Menzies, ed. Vida
- SURPREENDIDO PELO PODER DO ESPÍRITO
Jack Deere, ed. CPAD

São ótimos livros que refutam os argumentos cessacionistas e apresentam o ensino Biblico da atualidade dos dons espirituais.

Atalaia disse...

Houve uma época em que os pentecostais achavam que só eles seriam salvos e os crentes das igrejas que não tinham doutrina iriam para o inferno.
O que quero dizer é que o pentecostalismo e o neopentecostalismo já atacaram muito e injustamente, haja visto o Mis. David Miranda que durante anos no seu programa de rádio ficava verberando contra os crentes mundanos que assistiam televisão e contras as crentes mundanas que usavam calça comprida e pintavam o rosto e os lábios como Jesabel.
Concluo com o seguinte ditado: um dia da caça, outro do caçador!

Anônimo disse...

Na verdade, o Pentecostalismo e o Neopentecostalismo são uma apóstasia da fé. Vocês querem que as pessoas conscientes digam que isso é verdade, que é o mover do Espírito Santo? Quando se mostra os erros, não significa que está odiando o que comete. Não. É o contrário. Quando denunciamos que o Pentecostalismo é um erro, não estamos odiando aquelas pessoas, mas, amando-as.

antonio saraiva disse...

amados,ser agraçiado com batismo de fogo é previlegio p/poucos.[ nao vamos dar perolas para tais]

Anônimo disse...

Dileto Altair...

Saudações



Apenas uma observação. No tocante à CONGREGAÇÃO CRISTÃ, faz-se mister uma uma imprescíndível resalva.
A instituição em pauta, não admite, como aplicável à sua peculiar eclesiologia, a designação "PENTECOSTAL"... A esse propósito, apresento-lhe o seguinte fragmento:

"A referida comunidade eclesial, seja em sua condição juridica e oficialmente aceita (Congregação Cristã) ou em seu estágio ainda informal ou "embrionário" (Assembléia Cristã), não se reconhece como sendo PENTECOSTAL… Louis Francescon, "O Ancião", em sua característica concepção eclesiológica, postula que a “Ekklésia Christiana” não deve estar restrita (ou identificar-se) com apenas uma faceta ou aspecto da Dispensação Cristã. Assim, reconhecê-la como sendo PENTECOSTAL, implicaria em reduzí-la aos carismas e sinais apostólicos, tão-somente… A “Ekklésia” certamente é (entre outras coisas), a fidedigna dispenseira dos dons e a portadora do sacros sinais, todavia, não como sendo seu “carro-chefe” ou exclusiva face. Uma “Igreja” dita PENTECOSTAL, seria, pois, uma “instituição” limitada em seus propósitos e, sempre aquém de toda a vastidão do "ser Ekklésia", em sua precisa acepção e alcance".


Sem mais,
Atenciosamente.
E.F.O

atos hoje disse...

Paz a todos, minha posição é cessacionista, depois de muitos anos no pentecostalismo fui agraciado com verdades biblicas que hoje são nitidas. Amo os muitos irmãos sérios que infelismente estão ainda no misticismo pentecostal, é triste de coração, mas sei que muitos tem sido honestos e sinceros em sua busca para o melhor para Deus.

BAIXE O ESTUDO NESTE SITE
www.sim-cessou.blogspot.com
Abraços Pastor Altair e bons estudos!

SP disse...

Como poderiam convencer-me que a ação do Espírito Santo, no sentido pentecostal, em minha vida não é verdadeira?
Será que algum pentecostal, experimentado em profecias, curas, visões, que sabe ouvir a voz de Deus em seu coração, e que vê esses mistérios sendo corroborados, de um lado com a realidade visível, de outro com a própria Palavra, poderia converter-se ao calvinismo?
Alerto os reformados mais conservadores e zelosos a não equipararem-se aos personagens de Mc 3:22-30, quando atacaram Jesus com tal zelo que viram a ação do Senhor como obra do mal. Ainda que os pentecostais estivessem errados, a acusação de que são doutrinas de demônios é muito arriscada.
Abraço.

www.iadcg.org

Elcio Cordeiro disse...

Sinceramente eu nunca pensava que um dia iria ler, ver ou ouvir alguém que se diz do meio evangélico - especialmente que se apresenta como um pastor - fazer declarações tão nefastas em relação a alguma denominação, seja por questão de costume ou doutrina, como é o caso aqui referido, o pentecostalismo.
Na minha opinião o autor foi muito infeliz ao fazer tais colocações. Podemos não concordar com muitas coisas dentro das igrejas, pois infelizmente existem sim extremos, tanto de um lado quanto do outro - como é o próprio caso da matéria -, mas se de fato somos alguém levantado por Deus para ganhar almas para Cristo, jamais deveríamos chamar qualquer igreja da linha evangélica de demoníaca. Jamais! Seja ela batista, presbiteriana, assembleiana, quadrangular etc.
Na sua indignação (está mais para ira - e a Bíblia diz: "Ireis mas não pequeis) o autor está expressando o que está em seu coração, ou seja, um ódio por aquilo que ele julga estar errado, se colocando no papel de juiz e legislador, que na verdade há somente um: Jesus Cristo, o Justo.
Eu me sinto muito pequeno diante de muitas coisas, principalmente as que estão ligadas ao Reino de Deus, mas por aquilo que o Espírito Santo de Deus nos ensina, esta pessoa precisa se arrepender e pedir perdão a Deus, porque o evangelho não é de homens, e sim de Deus, e com Deus não se brinca. Tudo está no controle dEle, e um dia Ele virá julgar vivos e mortos. Ele, e não nós.

Thiago Barbosa disse...

Pastor Altair o infeliz comentário exposto pelos que atacam de forma veemente o movimento Pentecostal, não poderia deixar de ser comparado com aquela passagem biblica onde o Próprio Cristo é acusado ter demonios e operar pelo seu poder. A atitude agressiva desses cidadãos é bem parecida com a dos farizeus que atribuiam ao demonio a fonte de poder de Cristo, quando na verdade era o Espirito Santo, me sinto profundamente triste pelo engano em que vive tais senhores religiosos que mesmo tendo a biblia em mãos não apredenram com ela.

Leonardo Gomes disse...

Esses pastores quanto mais têm mais querem. E na verdade não dão a mínima para o social. Tem uma matéria interessante sobre a IMPD e Waldomiro em: http://arteprotesto.blogspot.com/

Ex-tradicional disse...

Ataca o movimento pentecostal quem não conhece de verdade, só conhece na teoria...