sábado, 28 de junho de 2008

A PROPAGANDA É A ALMA DO PL 122

Alguém já disse que o segredo do sucesso dos ovos da galinha é o barulho que ela faz ao pô-los, diferentemente da pata, que silenciosamente põem os seus. Vivemos numa sociedade onde a propaganda é quem diz o valor que algo ou alguém tem, e não o que este algo ou alguém é em si memo. Desta forma, um bom produto ou idéia pode fracassar se uma boa estratégia de marketing não for elaborada, enquanto um péssimo produto ou idéia pode ter um grande sucesso de vendas se bem divulgado.

É exatamente esta a estratégia do movimento pró PL 122/2006. Barulho, mobilizações e passeatas públicas, pressão política, apoio da grande mídia e outros métodos, são utilizados de uma forma, que acabam por fazer a sociedade aceitar e simpatizar com o PL 122, mesmo sem conhecer a essência do mesmo. Mas uma vez, se comprova a tese de que a propaganda é a alma do negócio.

A mobilização evangélica em Brasília contra o PL 122, nos dá vislumbres de que estamos começando a entender como as coisas acontecem na sociedade pós-moderna. A tomada de consciência de que além da oração é preciso em certos casos "ação política", é extramente necessária para o abandono de um "ingenuísmo cristão" já ultrapassado. Apesar de tímida, e assim interpreto pelo número de participantes que lá estiveram (a população evangélica só de Brasília daria para congregar uma grande multidão), já é de certa forma um começo.

Entendo que é urgente a necessidade de politizar o nosso povo. É preciso ensinar política e cidadania à luz da Bíblia, em vez de usar o povo para fazer politicagem. É preciso promover uma tomada de consciência, uma postura crítica, pois muitos daqueles que foram eleitos pelos votos dos evangélicos, hoje defendem idéias como as presentes no PL 122.

Um comentário:

Elisomar disse...

Quem não valorizar seus princípios, dar a outros a chance de predominar.