quarta-feira, 11 de junho de 2008

PROFECIA, PROFETADA OU ESTRATÉGIA DE MARKETING PESSOAL!

"Deus falou comigo que este título era nosso"! (Carlinhos Bala)

Os mais conservadores que me perdoem, mas depois de muito relutar, resolvi publicar este post. A frase acima é do jogador Carlinhos Bala (dita mais de uma vez pelo atleta em entrevistas), do Sport Recife, comentando sobre a partida contra o Corinthians, que vai decidir o campeonato brasileiro de futebol.

Não tenho conhecimento se o Carlinhos Bala é evangélico, católico, espírita etc. O fato é que acho muito sério, e talvez desnecessário, colocar o nome de Deus nestas questões.

Espiritualidade ou estratégia de marketing?

Independente do resultado do jogo, só Deus (e o próprio Carlinhos) conhece as verdadeiras intenções do jogador.

6 comentários:

Silvio Araujo disse...

Eu ví a reportagem onde ele afirmou que Deus lhe falara sobre ganhar o Campeonato, mas creio que Deus não tem nada a ver com essa disputa. Sabemos quão insalubre é esse meio esportivo e como estão compromissados com ocultismo e idolatria (vide o São Joge do Corinthians e outros exemplos mais);
Creio que numa competição física como essa, ganha quem estiver melhor preparado ou quem, sendo inferior, aproveitar melhor as oportunidades.
As questões são: pode-se conciliar vida cristã, santificada, como atividade esportiva profissional?
Deus "ajudaria" um jogador numa disputa futebolística só porque é "crente"?
"Crentes" nunca sofrem perdas e percas?
O Sport pode até ganhar, mas Carlinhos Bala deveria deixar Deus bem longe disto.

Geziel Silva Costa disse...

Paz Pr Altair
Sobre jogadores

Quando ainda solteiro, jogador Kaká dizia que se casaria virgem. A imprensa galhofava, gostam de destacar o jogador como fiel seguidor da Renascer. Quando o perguntaram sobre as noites na Itália, respondeu que sai apenas com a esposa, e não leva uma vida noturna como os demais colegas. Não é de farra, não se embriaga, não se prostitui etc. A mídia ainda não conseguiu engolir o indiferentismo de Kaká, com relação a cultura mundana. Por isso vive a vasculhar sua vida em busca de algo que gere notícia. Mas kaká prevenido, disse que só sai com a esposa para não dar motivo. Depois da quarta temporada na Itália, o jogador foi eleito o melhor do mundo. Na Copa dos Campeões da Europa, foi considerado o líder do Milan, foi artilheiro e o troféu ele deixou na sua igreja, Renascer, como forma de gratidão a Deus.

A imprensa ficou incomodada com esta atitude, sendo que pelos seus méritos, disciplinado que é, o jogador conquistou com o seu time o troféu sem a ajuda de nenhum de nós, podendo fazer o que bem entender dos seus troféus, seu dinheiro e etc. Na marcha pra Jesus, evento realizado todo ano em São Paulo, Kaká estava num trio elétrico fazendo coro com os fiéis da igreja. A imprensa vive incomodada com a vida do jogador, para eles é demais, o jogador ter casado virgem, evitar a baderna da noite, e ainda dedicar a Deus tudo o que conquista. Esse não é o padrão de vida estipulado pela mídia. Como pode alguém contradizer o sistema mundano tão descaradamente? Por esses e outros motivos Kaká é malhado, os evangélicos volta e meia, quando sai na imprensa é por motivo de chacota.

Dão a entender que gostariam que não só os jogadores, mas todo o cidadão brasileiro fossem pego como Romário nas noites carioca do Rio em boates. Ou como o Edmundo dirigindo embriagado. Até mesmo como o FENÔMENO, pego em motel com travestis. Parece que esse é o padrão de conduta que a mídia apregoa. Esses e outros indivíduos que poderíamos citar, vivem com um vazio na alma, e tentam preencher com o álcool, drogas, prostituição, fama e etc. Na mesma proporção que possuem tudo, pode terem os bens e as mulheres que quiserem, mas ao mesmo tempo não tem nada. Não possuem a Felicidade, a Graça de Deus, a Paz do Senhor Jesus, por isso vivem infelizes, o casamento é algo para mês ou até dias, não é algo que dure eternamente. Essa vida de promiscuidade, de depravação moral desregrada e sem Deus, é o que o sistema mundano oferece e divulga. Uma vida pia é criticada.

A cada dia a terra geme por causa do pecado. O crescimento do homossexualismo, parece ser dia após dia mais aceito, o conceito de família está perdendo valor moral. Mas graças a Deus, que a igreja ainda milita na terra. A única que faz a diferença, somos o sal, a luz. Dependendo a maneira de com olharmos para luz, a visão será incomodada. Estamos incomodando o sistema mundano, somos os diferentes, e está escrito que não devemos se conformar com o mundo, ou seja, tomar a forma dele, aceitar essa visão deturpada de família que o mundo oferece, de libertinagem. O papel da igreja é fazer a diferença, continuemos marchando contra o mundo. o Senhor Jesus já decretou a vitória da igreja. As portas do inferno não prevalecerão contra ela. Quando não der mais para viver aqui, Jesus virá e a sua igreja vai subir.

Texto redigido por
Geziel S Costa
Abraços

Eliseu Antonio Gomes disse...

Pastor Altair

Eu não creio que Deus esteja interessado com resultados de times de futebol.

Sobre esportes, gostaria de acrescentar sobre a anatomia homana. O Criador nos deu músculos e eles precisam de exercícios físicos para não se atrofiarem.

Então, deve ser ponto pacífico dizer da necessisdade de cuidar do espírito e do templo do Espírito Santo também!

Eliseu
http://belverede.blogspot.com/

Elisomar disse...

De uma coisa eu sei; Se a Globo soubesse que ele falaria o que falou, não teria entrevistado depois da vitória. Foi show de bola a entrevista. rsrs

sandre disse...

No caso dele tem mais cara de marketing pessoal.

Mas o brasileiro mais influente no mundo, não é um lider de igreja nenhuma.

É um jogador de futebol chamado Kaká, como bem frizado pelo geziel.
e isto incomoda até os lideres de igrejas.
Isto sim é testemunho, não uma pessoa perfeita, mas um testemunho verdadeiro de sua fé.

Abçs
Sandre

Anônimo disse...

Esse deus de vocês é muito fraco. O Deus bíblico esta comigo ainda se tivesse no mais profundo abismo. Se ele se preocupa com pastores e infrutiferos teologos, pq não se preocupara com um filho seu que pedir por seu time, ainda mais num contexto como o do jogo do Sport. Amei quando o carlinho em intrevista na globo, no jornal da noite disse: Deus nos honrou pois não honraria adoradores de imagens. Vcs querem dizer para Deus onde ele deve agir, eu creio que ele age em todos os lugares, tanto num temnplo da bleia como na ilha do retiro.