segunda-feira, 5 de maio de 2008

SÓ PARA AS PASTORAS ASSEMBLEIANAS

Enviei e-mail para a pastora Maria Clara Serpa Fernandes Canto, diretora da UNIECO (Instituto Evangélico do Centro Oeste) e pastora auxiliar na Assembléia de Deus do Plano Piloto, Brasília-DF, com as seguintes perguntas:

1. Quem é a irmã Maria Clara?
2. Fale-nos de sua chamada para o ministério pastoral.
3. Como a irmã encara a resistência ao ministério pastoral feminino nas Assembléias de Deus no Brasil?
4. Quais as fundamentações bíblicas para o ministério pastoral feminino?
5. Fique a vontade para as suas considerações finais.

Como até então não obtive resposta, fica aqui aberto o espaço, para que qualquer pastora assembleiana, ordenada ou não, responda as questões acima, contribuindo desta forma com esta polêmica mas salutar discussão.

Só publicaremos os comentários neste post, oriundos de pastoras assembleianas.

As respostas poderão ser enviadas também para o e-mail altair.germano@gmail.com

Leia mais sobre o tema em

PASTORAS ASSEMBLEIANAS BRASILEIRAS

4 comentários:

Esequiel Santos disse...

Querido pastor Altair, vejo a enquete tanto um quanto meio que "colocar na parede", pois as poucas Pastoras que há nas Assembléias de Deus no Brasil, como são minorias, acredito que se sentem inibidas por causa do preconceito do assunto.
Sugiro que o amado envie essa pergunta às pastoras assembleianas dos EUA, da Europa ou da Ásia que já estão mais acostumadas a esse tipo de tratamento.

Em Cristo,

Pb Esequiel Santos

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado Esequiel, obrigado pela sugestão.

Estarei publicando neste post os comentários de pastoras, não apenas assembleianas, mas de qualquer denominação evangélica no Brasil ou no mundo, que se dispuserem a responder as perguntas elaboradas.

Uma braço!

Edmilson disse...

Quero contribuir com esse assunto indicando um site da AD americana só sobre o ministério feminino. Como alguns sabem lá nos EUA há muito tempo já ordenam mulheres. O site é riquíssimo em conteúdo sobre o assunto trazendo artigos, entrevistas e posições sobre o assunto. Claro que quem quiser conferir tem que saber um pouco de inglês. Mas vale a pena.

http://womeninministry.ag.org

Vídeo de uma pastora assembleiana americana [Martha Tennison]pregando na Convenção Geral (deles) em 2001:

mms://helix1.ag.org/ALC/wm/wim/tennison_video35.asf

Termino, transcrevendo aqui a conclusão da posição oficial da AD americana sobre o papel da mulher no ministério :

O ministério pentecostal não é uma profissão a que homens e mulheres simplesmente aspiram; tem que ser sempre um chamado divino, confirmado pelo Espírito Santo com dons especiais. (...) Ao ver os campos brancos para a ceifa, que não sejamos culpados de impedir os ceifeiros que Deus tem chamado. Confiemos a essas mulheres de Deus a foice sagrada, e com nossas bençãos mais sinceras empúrremo-las aos campos brancos.

- - - - - - - - -

Tenho acompanhado o desenvolvimento desse assunto pela internet, especialmente nos blogs, e vejo com contentamento esse assunto sendo discutido no meio assembleiano. Na verdade, já existem muitas pastoras assembleianas mesmo sem o título. O único receio é que oficializando haja uma corrida em busca de título (o que é triste dizer mas ocorre no meio masculino) ao invés de uma certificação do chamado já dado por Deus.

Fraternalmente em Cristo

Edmilson
São Leopoldo/RS

Nordestino de coração disse...

A Paz do Senhor !
Pr.Altair,
Esta tal "pastora" não respondeu ainda e nem vai responder sabe porque ? Principalmente no questionamento que o senhor fez acerca do embasamento bíblico prá tal ato. É por isso que ela não respondeu e nem responderá e também porque o senhor e alguns remanescentes das AD's no Brasil não engolem qualquer ensinamento mas, "bereanamente" defende a Palavra de Deus acima de tudo.