domingo, 4 de maio de 2008

PREGADORES DO TIPO "FENÔMENOS" ESTÃO EM DECADÊNCIA

A notícia é lamentável, mas é a pura realidade.

Alguns dos pregadores do tipo "fenômenos", que se enveredaram pelo caminho do "estrelato" e da "fama", já começam a "mendigar" oportunidades para pregar.

- Pastor, dá para me convidar para pregar em sua igreja? É o apelo dramático destes pregadores.

Já pude testemunhar pessoalmente tal cena.

Não trato do assunto com alegria. Sinto tristeza em ver muitos que tinham um futuro promissor, mas sendo seduzidos pelos palcos da fé, pelos eventos mirabolantes, pelo assédio dos "fãs", pela astúcia de Santanás, acabaram chegando a esta situação.

Tal fato deve servir como exemplo para uma imensidão de jovens (e velhos), que tomaram por referência os tais "obreiros", passando a achar que o ministério cristão poderia ser sustentado à base de um medíocre marketing pessoal.

Um ministério cristão digno de credibilidade e duradouro é forjado em meios às lutas, adversidades, tribulações, trabalho, paciência, submissão, humildade, sofrimento e constante dependência de Deus.

Ninguém consegue ir muito longe na obra de Deus e lá se manter por muito tempo, sem reconhecer que "É necessário que ele cresça e que eu diminua" (Jo 3.30).

Uma exortação cabe aqui: "Lembra-te pois donde caiste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras [...]" (Ap 2.5a)

Fica para todos nós, mais uma vez, o alerta:

"aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia." (1 Co 10.12)

2 comentários:

Vosso Servo disse...

Hummm... Parece que a voz dos profetas está sendo ouvida!

Espero q tais pregadores voltem ao primeiro amor, à ortodoxia bíblica para ser um vaso para honra e glorificação do nome de JESUS CRISTO, que é o fundamento inabalável da nossa fé e do ministério de qualquer obreiro.

Rogo a Deus que continue levantando homens destemidos, defensores da fé que uma vez nos foi dada!

Elisomar disse...

Se esses fenomenos estivessem baseados na palavra de Deus, não teriam caido fenomenalmente. rsrs