terça-feira, 6 de maio de 2008

O Serviço Cristão - Subsídios para a lição bíblica (01)


1. Perfis biográficos de personalidades citadas na lição

- Matthew Henry (18 de outubro de 1662 - 22 de junho de 1714), foi um Inglês não conformista clérigo. Ele nasceu em Oak Gerais, numa fazenda nas fronteiras do Flintshire e de Shropshire.

Ao contrário
da maioria dos seus companheiros , seu pai, Philip, mesmo enfermo, em virtude de possuir alguns bens, foi capaz de dar ao seu filho uma boa educação. Matthew passou primeiro para uma escola em Islington, e, depois, para Gray's Inn.

Em 1687 se tornou ministro de uma congregação presbiteriana em Chester. Em 22 de junho de 1714 morreu subitamente de apoplexia no Queen's Aid House (41 High Street).

A bem conhecida obra Exposição do Antigo e Novo Testamentos (1708-1710) é um comentário devocional abrangendo a totalidade do Antigo Testamento, os Evangelhos e Atos, no Novo Testamento. Após a morte do autor, a obra foi concluída por um grupo de ministros, e editado pelo G Burder e John Hughes em 1811.


- Aurélio Agostinho (do latim, Aurelius Augustinus), Agostinho de Hipona, São Agostinho ou Santo Agostinho[1] (Tagaste, 13 de Novembro de 354Hipona, 28 de Agosto de 430) foi um bispo católico, teólogo e filósofo, considerado pelos católicos santo e Doutor da Igreja.

Agostinho cresceu no norte da África colonizado por Roma, educado em Cartago. Foi professor de retórica em Milão em 383. Seguiu o Maniqueísmo nos seus dias de estudante e se converteu ao cristianismo pela pregação de Ambrósio de Milão. Foi batizado na Páscoa de 387 e retornou ao norte da África, estabelecendo em Tagaste uma fundação monástica junto com alguns amigos. Em 391 foi ordenado sacerdote em Hipona. Tornou-se um pregador famoso (há mais de 350 sermões dele preservados, e crê-se que são autênticos) e notado pelo seu combate à heresia do Maniqueísmo. Defendeu também o uso de força contra os Donatistas, perguntando "Por que (...) a Igreja não deveria usar de força para compelir seus filhos perdidos a retornar, se os filhos perdidos compelem outros à sua própria destruição?" (A Correção dos Donatistas, 22-24)

Em 396 foi nomeado bispo assistente de Hipona (com o direito de sucessão em caso de morte do bispo corrente), e permaneceu como bispo de Hipona até sua morte em 430. Deixou seu mosteiro, mas manteve vida monástica em sua residência episcopal. Deixou a Regula para seu mosteiro que o levou a ser designado o "santo Patrono do Clero Regular", que é uma paróquia de clérigos que vivem sob uma regra monástica.

Agostinho morreu em 430, durante o cerco de Hipona pelos Vândalos. Diz-se que ele encorajou seus cidadãos a resistirem aos ataques, principalmente porque os Vândalos haviam aderido ao arianismo, que Agostinho considerava uma heresia.

- Martinho Lutero (Eisleben, 10 de novembro de 1483Eisleben, 18 de fevereiro de 1546) foi um teólogo alemão. É considerado o pai espiritual da Reforma Protestante.

Martinho Lutero, cujo nome em alemão era Martin Luther ou Luder, era filho de Hans Luther e Margarethe Lindemann. Mudou-se para Mansfeld, onde seu pai dirigia várias minas de cobre. Tendo sido criado no campo, Hans Luther desejava que seu filho viesse a se tornar um funcionário público; melhorando, assim, as condições da família. Com esse objetivo, enviou o jovem Martinho para escolas em Mansfeld, Magdeburgo e Eisenach.

Aos dezessete anos, em 1501, Lutero ingressou na Universidade de Erfurt, onde tocava alaúde e recebeu o apelido de "O filósofo". O jovem estudante graduou-se bacharel em 1502 e concluiu o mestrado em 1505, sendo o segundo entre dezessete candidatos. Seguindo os desejos paternos, inscreveu-se na escola de Direito da mesma Universidade. Mas tudo mudou após uma grande tempestade com descargas elétricas, ocorrida naquele mesmo ano (1505): um raio caiu próximo de onde ele estava passando, ao voltar de uma visita à casa dos pais. Aterrorizado, gritou então: "Ajuda-me, Sant'Ana! Eu me tornarei um monge!"

Tendo sobrevivido aos raios, deixou a faculdade, vendeu todos os seus livros, com exceção dos de Virgílio, e entrou para a ordem dos Agostinianos, de Erfurt, a 17 de julho de 1505.

Lutero observando o abuso da cobranças das indulgências, poderia confudir as pessoas e levá-las a confiar apenas nas indulgências, deixando de lado a confissão e o arrependimento verdadeiros, proferiu, três sermões contra as mesmas em 1516 e 1517.

Segundo a tradição, a 31 de outubro de 1517 foram pregadas as 95 Teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, com um convite aberto ao debate sobre elas. Essas teses condenavam a avareza e o paganismo na Igreja como um abuso, e pediam um debate teológico sobre o que as Indulgências significavam. Para todos os efeitos, contudo, nelas Lutero não questionava diretamente a autoridade do Papa para conceder as tais indulgências.As 95 Teses foram logo traduzidas para o alemão e amplamente copiadas e impressas. Ao cabo de duas semanas se haviam espalhado por toda a Alemanha e, em dois meses, por toda a Europa.

Este ato desencadeou a Reforma Protestante.

- John Henry Jowett (1864 - 1923 1864 - 1923)

Jowett nasceu em Halifax, Inglaterra em 1864. "Eu fui abençoado com o inestimável privilégio de um lar cristão", ele comentou mais tarde.

Seu amor pela leitura manifestou-se cedo. Ele passava noites devorando os volumes de sua biblioteca..

Seu pai tinha agendado para ele começar a trabalhar como escriturário de um advogado em Halifax , Mas o incentivo do seu professor de escola dominical, Mr. Dewhirst, fez com que o coração de Jowett se voltasse para o ministério cristão.

Jowett assumiu o pastorado do Igreja Congregacional de Saint , onde desempenhou eficazmente o seu ministério por seis anos. Foi convidado para pastorear a Igreja em Carr's Lane Birmingham após a morte de seu pastor. Nos quinze anos seguingtes, a Igreja cresceu e prosperou.

A sua visão de pastor levou-os a aumentar os seus esforços para levar as pessoas a Cristo. Em 1917, o prefeito de Birmingham disse que a Igreja tinha mudado a cidade com a diminuição dos índices de criminalidade e embriaguês.

Foi pastor também da Capela de Westminster de 1918 a 1922.

Continua...

2 comentários:

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor Pastor

Gostei do seu blog... é muito lucrativo para nosso elevo espiritual...

Irei adicionar ele no meu blog para assim poder divulgar melhor.

Edson Dorna
www.santodosantos.blogspot.com

Elisomar disse...

Puxa pastor, é tão importante essas informações que deveriam ser impressas e distribuidas nos templos. Sabemos tão pouco do nosso povo passado.