quarta-feira, 30 de abril de 2008

A sublimidade do culto cristão (04) - subsídio para lição bíblica


Continuação...

6. A REVERÊNCIA NO CULTO CRISTÃO

O termo "reverência" (Do latim reverentia), significa respeito, honra que se presta a Deus e às coisas sagradas. É através do culto, que de maneira litúrgica a reverência se manifesta, ou pelo menos, deveria manifestar-se.

Na última segunda-feira, assistia a transmissão de um culto pela TV, e contemplei uma cena que já se tornou comum, pelo menos em boa parte de nossas igrejas. O pastor fazia a oração final, e enquanto orava as pessoas iam saindo pelos corredores. O que me chamou a atenção, foi a atitude de uma certa irmã, que enquanto caminhava em direção a saída do templo, após a impetração da benção apostólica, levantou uma das mãos, e de costas para o altar pronunciou um "irreverente amém".

Seria muito afirmar que a irreverência tornou-se uma característica peculiar em muitos cultos cristãos?

Vou listar alguns comportamentos que tenho presenciado, começando pelo altar, para facilitar a vossa análise:

- Pastores e obreiros em geral atendendo ligação em seus celulares na tribuna
- Pastores e obreiros em geral lendo listas de culto, periódicos e outras publicações durante o culto
- Pastores e obreiros em geral mascando ciclete ou chupando bala (confeito) na tribuna
- Pastores e obreiros em geral conversando assuntos sem nenhuma relevância para ao culto
- Pastores e obreiros em geral chegando atrasados para o culto ou abusando do horários dos mesmos

Aqueles que deveriam dar exemplo com uma postura reverente, acabam influenciando negativamente o comportamento dos membros e congregados no culto.

Enquanto isso na nave do templo:

- Muitos irmãos imitando os seus líderes, nas condutas já citadas acima
- Em muitos lugares os corredores do templo parecem mais passarelas de desfile
- Algumas irmãs usam trajes inconveniente, e por vezes até indecentes para ir a um culto
- Em alguns lugares, em nome da "liberdade cristã" (na realidade se parece mais com libertinagem), irmãos usam bermudas e camisetas, com os quais não teriam acesso a boa parte das repartições públicas e privadas
- Crianças correm, brincam, gritam e mexem em tudo, em pleno culto, sob os olhar indiferente dos pais

Além das questões exteriores, estão as interiores. Reverência a Deus é muito mais do que um jeito certo ou adequado de participar do culto, implica antes de tudo, em uma atitude de coração, um ato espiritual;

"Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade." (Jo 4.23-24)

Disso nos fala também o profeta Isaías;

"Ouvi a palavra do SENHOR, vós, príncipes de Sodoma; prestai ouvidos à lei do nosso Deus, vós, povo de Gomorra. De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? - diz o SENHOR. Estou farto dos holocaustos de carneiros e da gordura de animais cevados e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes. Quando vindes para comparecer perante mim, quem vos requereu o só pisardes os meus átrios? Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as Festas da Lua Nova, os sábados, e a convocação das congregações; não posso suportar iniqüidade associada ao ajuntamento solene. As vossas Festas da Lua Nova e as vossas solenidades, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer. Pelo que, quando estendeis as mãos, escondo de vós os olhos; sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço, porque as vossas mãos estão cheias de sangue. Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer o mal. Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer o mal. Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã." (Is 1.10-18)

Como mudar este triste quadro? Dentre muitas ações necessárias, citaremos apenas três;

- Tomando consciência do valor do culto
- Tomando consciência da santidade do culto
- Tomando consciência da presença de Deus no culto

Sendo o culto um encontro entre Criador e criaturas, Senhor e servos, Pai e filhos, desejamos que as palavras do Senhor dirigidas a Moisés sejam por nós ouvidas e aplicadas;

"Vendo o SENHOR que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui! Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa" (Êx 3.4-5)

Continua...

3 comentários:

Pr Paulosc disse...

A paz do Senhor PR Altair, eu espero que esta lição de aos que dirigem os cultos uma melhor noção do que é um culto aos moldes de Romanos 12, que nos apresenta um modelo e não um modismo. Parabéns pelo seu blog; pois estes comentários só enriquecem a comunidade cristã.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Altair Germano!
Parabéns pela excelência do artigo!
Faz-se necessário sua leitura nos tempos presentes.
Pr. Carlos

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Altair,

Não me esqueci de sua solicitação... Em breve lhe mandarei o meu parecer sobre o seu trabalho.

Deus o abençoe e parabéns pelo blog. Seus tópicos são bastante elucidativos.

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi