sábado, 5 de abril de 2008

AS DISCIPLINAS DA VIDA CRISTÃ - SUBSÍDIO PARA EBD

IMAGEM: Lição Bíblica CPAD em CD-ROM

O estudo sobre as disciplinas da vida cristã, consiste num importante meio para triunfarmos diante dos vários desafios pertinentes ao nosso jornadear.

Cristianismo é muito mais do que cabeça cheia de doutrina, antes, é vida transformada, devotada e consagrada a Deus, tendo a doutrina como referencial, fundamento e guia.

Conhecimento e devoção são elementos que caminham de mãos dadas numa vida onde a disciplina se faz presente. Tentar desassociá-los implica em sérios riscos para o cristão. Dessa maneira torna-se necessário para nós, tanto o saber e o pensar, como também, o ser e o fazer bíblico: “Medita estas coisas, ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos”. (1 Tm 4.15)

1. Etmologia e definições

Aurélio define disciplina da seguinte forma:

[Do lat. disciplina.]
S. f.
1. Regime de ordem imposta ou livremente consentida.
2. Ordem que convém ao funcionamento regular duma organização (militar, escolar, etc.).
3. Relações de subordinação do aluno ao mestre ou ao instrutor.
4. Observância de preceitos ou normas.
5. Submissão a um regulamento.
6. Qualquer ramo do conhecimento (artístico, científico, histórico, etc.).
7. Ensino, instrução, educação.
8. Conjunto de conhecimentos em cada cadeira dum estabelecimento de ensino; matéria de ensino.

Vine (2003, p. 568) nos informa que o termo disciplina pode derivar do verbo grego paideuõ, que “denota primeiramente ‘treinar crianças’, sugerindo a ampla idéia de educação (pais, ‘crianças’) [...], diz respeito a um treinamento gracioso e firme; graça que traz salvação emprega meios para nos dar plena possessão dela [...].

É no sentido de observância de preceitos ou normas bíblicas, objetivando uma educação e postura cristã que nos capacite à uma vida vitoriosa e santa, que a estudaremos.

2. John Wesley um exemplos de vida cristã disciplinada

“John Wesley (Epworth, Inglaterra, 17 de junho de 1703 - Londres, 2 de março de 1791) foi um clérigo anglicano e teólogo cristão britânico, líder precursor do movimento metodista. Viveu na Inglaterra do século XVIII, uma sociedade conturbada pela Revolução Industrial, onde crescia muito o número de desempregados. A Inglaterra estava cheia de mendigos itinerantes, políticos corruptos, vícios e violência generalizada. O cristianismo, em todas as suas denominações, estava definhando. Ao invés de influenciar, o cristianismo estava sendo influenciado, de maneira alarmante, pela apatia religiosa e pela degeneração moral. Dentre aqueles que não se conformavam com esse estado paralisante da religião cristã, sobressaiu-se John Wesley.” (wikipédia)

“Numa reunião de um grupo morávio na rua Aldersgate, em 24 de maio de 1738, ao escutar uma leitura tirada do prefácio de Lutero ao seu comentário de Romanos, Wesley sentiu seu coração aquecido de modo estranho. Embora os estudiosos discordem entre si quanto à natureza exata dessa experiência, nada dentro de Wesley ficou sem ser tocado pela fé que acabara de receber.” (Prega a Palavra)

Sua vida foi marcada por uma grande disciplina na oração, na santificação (vida moral e espieitual), na leitura da Bíblia e de bons livros (SANDERS, 1985, P. 90) e por um incasável desejo em pregar a Palavra de Deus. Noll (2000, p. 236) afirma que Wesley chegou a percorrer 380 mil km (a maior parte a cavalo) e a pregar 40 mil sermões (uma média de mais de dois por dia).

3. Símbolos bíblicos das disciplinas da vida cristã

a. O soldado (2 Tm 2.3,4)

Este símbolo aponta para as seguintes características:

- Capacidade de suportar sofrimentos e adversidades (sofre)
- Solidariedade e altruísmo (comigo)
- Prudência (não se embaraça)

b. O atleta (v. 5)

Um atleta vencedor é aquele que:

- Compete de forma ética e legítima
- Abstém-se das coisas que comprometem o seu bom rendimento e saúde (1 Co 9.24, 25)
- Exercita-se de maneira exaustiva, metódica e regular (1 Tm 4.7, 8)

c. O lavrador (2 Tm 2.6)

A vida do lavrador não é nada fácil. Dentre algumas exigências necessárias para uma colheita abundante, destaca-se:

- O preparo cuidadoso do solo
- O aproveitamento da estação própria
- Uma semeadura sob medida
- O contínuo cuidado com a plantação
- Paciência para aguardar o tempo da colheita

4. A eficácia das disciplinas da vida cristã

O sucesso em qualquer área da vida não acontece por acaso, exige esforço, abnegação e determinação. Exige disciplina. O mesmo princípio se aplica à nossa vida moral e espiritual. Sua eficácia se faz notória;
a. Na vitória sobre o mundo

A vida cristã disciplinada e santa não compactua da amizade com o mundo (Tg 4.4), nem se submete ao seu sistema maligno (1 Jo 5.19), corrupto e corruptor (1 Jo 2.15-16).

b. Na vitória sobre a carne

“Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita a lei de Deus, nem em verdade o poder ser. Portanto os que estão na carne não podem agradar a Deus”. (Rm 8.5-8). Carne aqui, significa a natureza humana e caída, inclinada para os desejos impuros e ilícitos. Uma vida disciplinada requer constante dependência e submissão ao Espírito Santo.

c. Na vitória sobre o Diabo

A Palavra de Deus (Mt 4.1-11; 1 Jo 2.14; Ef 6.17) torna-se imprescindível nessa luta. Seu estudo, leitura devocional, reflexão e prática, são a garantia do nosso triunfo.

d. Na vitória sobre o pecado

Uma atitude firme e resoluta é necessária para prevalecermos sobre o pecado. O texto de Rm 6.11-16 nos oferece algumas orientações singulares. São elas:

- Considerar-se morto para o pecado, mas vivos para Deus (v. 11)
- Não permitir que o pecado reine em nosso corpo (v. 12)
- Não apresentar os membros ao pecado (v. 13)
- Apresentar-se a Deus (v. 14)
- Permanecer debaixo da graça

e. Na excelência e qualidade do serviço cristão

O serviço que realizamos para o Senhor, exige, para que alcancemos os resultados esperados, uma profunda disciplina. Isso implica em treinamento, repetição, correção, adequação, determinação e superação. O apóstolo Paulo é um grande exemplo vida, onde essas qualidades foram bastante evidenciadas. Em 2 Co 11.23-30 temos as evidências desta realidade.

As disciplinas da vida cristã são as chaves para permanecermos firmes na fé, constantes e sempre abundantes na obra do Senhor (1 Co 15.58).

REFERÊNCIAS

http://www.pregaapalavra.com.br/pregadores/wesley.htm%20.%20Acessado%20em%2003/04/2008 . Acessado às 18h30

http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Wesley . Acessado em 03/04/2008 às 18h15m

LIÇÕES BÍBLICAS: 2º. Trimestre. Rio de Janeiro: CPAD, 2008.

NOOL, Mark A. Momentos decisivos da história do cristianismo. São Paulo: Cultura Cristã, 2000.

SANDERS, J. Oswald. Liderança espiritual: os atributos que Deus valoriza na vida de homens e mulheres para exercerem liderança. São Paulo: Mundo Cristão, 1985.

SHEDD, Russel P. Disciplina na Igreja. São Paulo: Vida Nova, 1983.

VINE, W. E.; UNGER, Merril F.; WHITE JR., William. Dicionário Vine. 2. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2003.

Um comentário:

Vosso Servo disse...

Belo artigo!

Mudando de assunto, gostaria que o senhor desse uma olhada em mais uma peripécia da Universal, ante a epidemia da dengue. Veja esses cartazes:

http://bp0.blogger.com/_4yJexMRCl4g/R_YtKGuMpwI/AAAAAAAAFAY/hISh9jMqQE8/s1600-h/121.bmp
http://bp2.blogger.com/_4yJexMRCl4g/R_Ys6muMpvI/AAAAAAAAFAQ/zbSeF395dc4/s1600-h/122.bmp

Meu Deus! Até onde vai a "criatavidade" desse pessoal, mesmo em meio a um surto dessa natureza!

Falta-nos palavras!