sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

KAKÁ, IGREJA RENASCER E MÍDIA SECULAR


Como é de costume, a mídia secular sempre procura de alguma forma macular a conquista daqueles que professam a fé evangélica. A vítima desta vez é o jogador Kaká, que após ter recebido o prêmio de melhor do mundo, vem tendo o nome associado ao infeliz episódio que envolveu os líderes da Igreja Renascer em Cristo. Confira nos links abaixo:





13 comentários:

tavora disse...

paz pastor, como e lamentavel a midia explorar estas situações,o problema e que eles tem base para tal exploracão.por isso que o cristão tem que influenciar o mundo no sentido positivo e não no negativo.que o Espirito santo conserve os lideres do evangelho a guardar a sã doutrina.porque como luz do mundo temos que brilhar,e iluminar as pessoas com as revelacões de Deus, não escurecer com escandalos com atos desse gabarito.

>> Teo Jornalista disse...

É comum que isso aconteça, ainda mais quando se trata de um cristão que busca servir a Deus e ser o melhor naquilo que faz, como se vê pelo exemplo do Kaká.

Garanto que se fosse alguma crítica dirigida a um pedófilo enrustido defendendo o casamento gay e a adoção, a mídia secular e os grupos gays que sugam nosso dinheiro cairiam matando em cima, sem dó nem piedade, criticando, perseguindo, injuriando e promovendo a violência física/verbal contra aqueles que discordam de suas condutas, taxando as pessoas de 'homofóbicas' e coisas do tipo.

Ninguém está imune às críticas, nem o próprio Jesus Cristo, que só praticou o bem, escapou delas.

Marcos Wandré disse...

Kaká é bom garoto e muito sincero na sua fé em Cristo.

Sinceramente, não vi nada demais nas notícias veinculadas pela impresa secular. Ora, Kaká é uma figura pública e acabou de ganhar um prêmio que foi notícia em todo o mundo e o expôs numa igreja conhecida no Brasil inteiro pelos inúmeros processos na justiça, pela investigação do ministério público e pela prisão dos seus líderes nos EUA. É um fato e não uma invenção. Ele expôs este prêmio nesta igreja. É no mínimo muito estranho e merece sim ser noticiado.

A próposito, um link postado (que pega pesado com Kaká) é de um blog e não de algum site de um grande veículo da mídia secular.

Nele,

Marcos Wandré

Elisomar disse...

O fato de a mídia tentar ridicularizar alguém por ser evangélico, não vai tirar a glória deste. Eles têm que engolir, porque que queira ou não, graças a Deus, os tempos mudaram e hoje nós temos a liberdade de dizer que somos vitoriosos por meio de Jesus.
E não tem nada a ver a vitória do Kaká, com o caso dos bispos.
Eles que falem, mas têm que ouvir. Não é, pastor?

Pr. Zwinglio Rodrigues disse...

Ora, meu kro e colega Pr. Altair Germano, se pela vida virtual os crentes estão a denegrir imagens de outros crentes por causa de discordâncias doutrinais (e muitos crentes aprecem como se fossem uma espécie de "fidei depositum"), ao invés de apenas teologarem, de divergirem no campo das idéias sem o uso de palavras depreciativas, é evidente q nada de anormal existe na posição da mídia secular em relação ao kso postado pelo amigo.

Se nós podemos, sem devermos, muito mais ela, a mídia secular.

Pastor Geremias do Couto disse...

Kaká é membro da Renascer. Quando um repórter, tempos atrás, lhe perguntou sobre o dízimo, já que o apóstolo Hernandes é o responsável pela igreja a que pertence, respondeu, com bastante maturidade, que seu compromisso de pagar o dízimo era com Deus; o de administrá-lo, com o pastor. Kaká soube separar as coisas.

No caso em discussão, acredito que ele tenha agido sob a mesma ótica. Independente do que tenha acontecido com os Hernandes, e das divergências litúrgicas e doutrinárias com a Renascer, igreja é igreja, Kaká simplesmente quis compartilhar as suas conqistas com os seus irmãos na fé. Ele não quis exaltar os Hernandes. No seu lugar, agiria do mesmo modo.

Da imprensa secular, não se poderia esperar outra coisa. Ela noticiou o fato e lhe deu o formato que mais lhe interessava. Infelizmente, é assim que funciona. É o preço da democracia.

Outra coisa: quando a mídia noticia os nossos deslizes "públicos", há nisso, também, alguma pedagogia, porque a imagem que o "mundo" construiu acerca dos crentes é de que são pessoas com uma ética acima de qualquer suspeita.

Assim, quando essa ética é quebrada por algum evangélico de visibilidade, logo vira notícia porque não é isso que as pessoas esperam de um crente.

Sem qualquer ofensa no que vou afirmar, a mídia não faz essa cobrança de católicos. Por quê? Os jornalistas estão "carecas de saber" que lá há muito nominalismo e pouquíssimo comprometimento. É tanto que Bento XVI fala e ninguém obedece.

Assim, qualquer falha de alguém dos nossos arraiais que esteja na vitrine será sempre notícia, principalmente naquelas situações em que o objetivo seja mesmo destruir a nossa imagem. Isso só não acontcerá mais, se nos tornarmos iguais, "farinha da mesma panela". Aí não mais nos incomodarão.

De minha parte, prefiro que continue como está, pondo "as minhas barbas de molho" para depender sempre da graça de Deus, pois, como diz a Palavra, quem está em pé cuide para que não caia.

Quem deseja estar na ribalta, precisa cuidar-se para não espôr a si mesmo porque as luzes vão desnudar-lhe os defeitos. Não é melhor expor a Cristo, e este crucificado?

Abraços meu irmão Altair Germano. Feliz 2008!

Robson aguiar disse...

A paz do Senhor, amados!

Não posso me furtar de deixar aqui também um comentário sobre o epsódio envolvendo o jogador Kaká. O pastor Geremias foi muito feliz em suas colocações, e só me resta endossar o que já foi dito. Sabemos que estamos em um País democrático onde as opniões de cada cidadão são respeitadas, e não somos contra a democracia, mas, o que nos chama a atenção no ocorrido, é que Kaká é rotulado de burro, entre outros pronomes depreciativos apenas por transferir a glória de um título para o Deus que serve. E quem está criticando? pessoas que na sua maioria vivem uma vida desregrada, que apóiam o homosexualismo, a liberação da maconha, o divórcio, o aborto, o sexo antes do casamento, entre outras coisas que com certeza não fazem partem da vida de Kaká. Em um brasil onde a cultura é cantar musica brega de letras imorais, de mulheres andarem semi-nuas nas ruas, de mães solteiras, e coisas deste tipo. Pergunto, qual a moral que essas pessoas tem para criticar o Kaká? Se os Hernandes erraram ou não, o que isto tem haver com o gesto do jogador? ele tem o direito de servir a Deus onde quizer, pois o compromisso dele é com Deus, e não com pastor. Kaká é exemplo de filho, de cidadão, de atleta, de cristão. vive uma vida regrada e comedida, não tem vícios, não tem maus costumes, é educado, respeitador, de bem com a vida, feliz. Isto parece estar incomodando uma parte da sociedade, que busca no garoto uma falha, um erro, um desvio para fazer seu sensacionalismo, e ganhar dinheiro em cima de pessoas desinformadas, incultas, que pensam que dinheiro é sinônimo de inteligência, que a assinatura de um jornal os torna cultos. Mas, adoram a deus, em uma instituição, cujo os líderes promoveram cruzadas, inquisições, genocídios em larga escala como no dia de São Bartolomeu, que tomou terras de gente simples, que escravizou colonos, que enriqueceu as custas do sangue dos humildes. Eles continuam lá, servindo a deus, nessa igreja. E ainda falam do Hernandes que entrou com dolares a mais nos EUA. Falam do Kaká por ser da igreja dos Hernandes,como se Kaká tivesse cometido algum crime. A religião neste país é livre. Cada um adora onde quer. faz de seu dinheiro o que quer. e onde está o estóico, sem defeito, para que atire a sua pedra? Estão com medo do crescimento dos evangélicos? é o que parece. E o que Kaká fez, eu também faria, toda honra e toda glória, e todo o louvor sejam dados ao nosso Deus! PARABÉNS! KAKÁ PELO TÍTULO E PELO GESTO.


Pr. Robson Aguiar
CADEESO -PE

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Altair!
Após o comentário sensato, moderado e completo do caro amigo Pr. Geremias do Couto, cabe-me o dever de parabenizá-lo pelo post tão oportuno, e externar que assino, concordando em gênero, número de grau com o comentário do Pr. Geremias do Couto.
Pr. Carlos Roberto
www.pointrhema.blogspot.com

pr. robson aguiar disse...

Em tempo, onde se lê "quizer" leia-se "quiser".

Pr. Robson Aguiar
CADEESO -PE

Pedro disse...

A imprensa sempre procura nos perseguir, mas começo a ficar com uma dúvida quanto as práticas da Igreja Renascer e algumas outras poucas. Quanto a "reportagem" colocada no tourolouco, lendo agora de manhã o referido blog, há outra em que a justiça já começa a querer saber da relação entre Kaká e os bispos da renascer.
http://tourolouco.blogspot.com/2008/01/justia-quer-saber-mais-sobre-relao-kak.html

E acho que o autor do blog é um grosseiro em qualificar o Kaká como um LABROSTA.

julio disse...

EU SÓ TENHO UMA COISA A FALAR.....
ESTÃO PREOCUPADOS COM O CRESCIMENTO DOS EVANGÉLICOS NO BRASIL !!!
TENTAM DIFAMAR OS EVANGÉLICOS...MAS EU AFIRMO..NADA VAI IMPEDIR O CRESCIMENTO, NADA....
E DIGO MAIS...QUANDO MAIS TENTAM NOS DERRUBAR..MAIS CRESCEMOS.....É SÓ VER AS PESSOAS QUE SE CONVERTEM .....
QUE DEUS ABENÇOE ESSES POBRES DE ESPÍRITO..UM DIA ALUZ DE CRISTO VAI BRILHAR EM SUAS VIDAS !!!!

Ana Carolina disse...

Como pode o povo de Deus ser tão separatista, sendo que Deus nos instrui em sua Palavra a andarmos em comunhão. E a maioria de vcs se referem a igreja Renascer como o mundo se refere. Mas não importa, contra frutos não existem argumentos, e o Kaká não é só um membro de Igreja Renascer, ele é diácono, ou seja, serve o seu ministério dentro dos esportes, e sua esposa é Pastora, e eles são filhos espirituais do Apóstolo Estevan e da Bispa Sônia Hernandes.

bruno disse...

eu Pastor Elias paulino venho atraves deste comentario pedir a sua ajuda para comprar as ferragens
para construçao da nossa igreja o brasil para cristo que fica no valor de 3,000, a igreja fica situada na rua pirarara
numero 3071 proximo ao campo municipal setor 14 nova brasilandia ro,
desde ja agradecemos.
se puder nos ajudar mande a resposta nesse e-mail bruno_nbo@hotmail.com