segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Nas estrelas (João Alexandre)

"Eu sei o sentido do Natal..." (João Alexandre)

Natal feliz é Natal com Jesus!

9 comentários:

Elisomar disse...

Linda demais! Sou apaixonada por música e paisagem, entre outras paixões. rsrs Amo essa época de Natal e agradeço a Deus por ter me escolhido pra ser uma das suas. Por isso tenho realmente ra zão pra comemorar.
Um Natal de paz pra todos.

Anchieta Campos disse...

Amado e ilustre Pr. Altair Germano,

Venho neste comentário lhe parabenizar mais uma vez pelo seu blog e desejar a irmão e aos seus um ótimo Natal e um 2008 cheio da graça do nosso Cristo e da presença do nosso Consolador.
Foi motivo de muita alegria conhecer seu blog com suas coerentes palavras, que são alvo de minha atenção, me servindo como verdadeiras lições.

Abraços fraternos!

Anchieta Campos

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr.Altair Germano!
Foi um privilégio compartilharmos através da blogosfera em 2007.
Espero ter a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente!
Desculpe a séria brincadeira, mas essa música cantada por João Alexandre, passou a régua e fechou a conta blogosferiana em 2007.
Além de gostar muito do João Alexandre, matei a saudade de pelo menos uns 25 anos atrás, quando ainda jovem cantávamos muito esse hino na Igreja.
Amanhã estaremos juntos, toda a família, na casa de meu pai. Estarei acessando seu blog com meus irmãos para matarmos a saudade com este post.
Um grande abraço e um FELIZ NATAL para o preclaro companheiro e digna família.

Valdomiro disse...

Já eu não sou muito fã do natal não. Por diversas razões.
Dentre elas está o fato de tudo mundo canalizar um sentimento que devemos ter normalmente na vida cristã para um único dia ou época, dezembro. Sem contar com o amálgama com o paganismo que o natal revela. Origem do dia 25: Egito, Babilônia, Roma (Constantino), solistício de verão. Relação com a divindade: Horus, Tamuz, Mitra, deus Sol. Desvio do foco do Deus verdadeiro: Pai Noel como provedor (Noel = São Nicolau – santo católico). Há crentes que perguntam aos filhos o que é que eles querem de Papai Noel; aquele velhinho, clérigo romano, somente vestido de vermelho por jogada de maketing da Coca-Cola, em anos recentes. Inexistência de referência bíblica, embora não deixe de ser importante, para comemorar o nascimento de Jesus: “anunciais a morte do Senhor até que venha” essa é a recomendação bíblica. Esvaziamento das congregações pelos irmãos que se esquecem do suposto dono da festa, Jesus, e se preocupam tanto com os preparativos que deixam de ir às igrejas. Quem deveria receber o presente seria o “aniversariante”, mas quem recebem são os outros, e Ele é, em termos cultuais, esquecido. Os outros ficam com o mês todo e Ele só com o dia, que serve, inclusíve, como dada do desfile de moda. Por isso não sou muito fã. Existem ainda outros motivos.
Alguns alegam ter sido uma conquista transformar uma data pagã em uma data cristã, mas isto não aconteceu de fato. Tudo continua pagão apenas com outros personagens e alguma modificação ritualística.
Existem, pelo menos, 07 festas comemorativas bíblicas e são praticamente desconhecidas da Igreja, se houvêssemos de adaptar datas, então, que fossem as bíblicas e não as Pagãs. Deut. 12.30-31 “Guarda-te que não te enlaces com imitá-las, após terem sido destruídas diante de ti; e que não indagues acerca dos seus deuses, dizendo: Assim como serviram estas nações pagãs aos seus deuses, do mesmo modo também farei eu. Não farás assim ao Senhor teu Deus, porque tudo que é abominável ao Senhor, e que odeia, fizeram eles aos seus deuses ... Tudo que eu te ordeno observarás, nada lhes acrescentarás, nem diminuirás.” Se estes versículos são um preceito da Lei, que por ser da Lei deve ser desconsiderado, porque, então, devemos considerar algo que nem da Lei foi?
Claro que isto é minha visão do natal, baseado no que sei acerca dele, e não tenho pretensão de convencer ninguém embora fosse bom que a igreja se convencesse de que não precisamos de costumes católicos romanos e pagãos em nosso meio.

Na Paz,
Valdomiro.

ALTAIR GERMANO, disse...

Risomar, que o Senhor Jesus lhe conceda muitas bençãos neste ano que se inicia.

Paz do Senhor!

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre Anchieta, agradeço-lhe ao mesmo tempo que também lhe desejo boas festa e um feliz ano novo com Jesus!

Um abraço!

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado Pr. Carlos Roberto, o privilégio é todo meu. Certamente em breve nos conheceremos pessoalmente.

Lhe desejo tudo de bom neste novo ano que se iniciará. Certamente o Senhor jesus continuará a cumprir com suas promessas em vossa vida e sobre sua família.

Um abraço e a paz do Senhor!

ALTAIR GERMANO, disse...

Amado Valdomiro, também não sou fã do Natal. Sou adorador do Salvador.

Vejo na festa uma oportunidade para evangelização e celebração.

Independente da data, o nascimento de Jesus foi cercado por adoração e celebração dos anjos e dos pastores (Lc 2.8-20)

Elisomar disse...

Pastor,
Você errou meu nome. Ainda bem que foi um riso no início. rsrs