sábado, 3 de novembro de 2007

COPA DO MUNDO 2014


6 comentários:

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado irmão

Eu vejo esse grande evento assim: oportunidade de evangelização.

Lembro-me de uma lição prática do apóstolo Paulo, quando otimizou a oportunidade de pregar aos gregos em um lugar onde se cultuavam vários falsos deuses. Paulo mostrou o Criador para eles, disse que o único dígno de adoração ali, era o Senhor, apontado como o Deus Desconhecido.

Usemos a copa do mundo no sentido de falar do nosso Jesus!

Abraço.

Marcos Wandré disse...

A "teologia da prosperidade", a bíblia de "batalha espiritual e vitória financeira" que cega nosso entendimento para as desigualdades sociais, além de serem grandes perversões, são NOSSAS TAMBÉM!!

Antes de lamentarmos pela Copa ser pão e circo, devemos lamentar pelas "doutrinas evangélicas" que nos tiram a visão da triste realidade brasileira...

ALTAIR GERMANO, disse...

Eliseu,

não há dúvidas que devemos aproveitar a oportunidade para evangelizar. O circo já foi armado e não há mais o que se fazer sobre isto.

Um abraço!

ALTAIR GERMANO, disse...

Marcos Wandré,

lamentemos pela copa, pela teologia da prosperidade, pelos mercadores da fé, pelos animadores de auditório disfarçardos de pastores, pelos cínicos, pelas mazelas evangélicas...

Paz do Senhor!

Marcos Wandré disse...

Amado Altair Germano,


Reitero que devemos antes lamentar pela perversões evangélicas, pois simplesmente já são perversões. A copa não é uma perversão. Ela só se tornará uma perversão, em virtude dos dirigentes.

A copa em si, não é má. É o povo brasileiro que foi treinado a não questionar e ser passivo durante a sua história. É extremamente lamentável que os "evangélicos" que celebram a reforma protestante, são os que mais distanciam o povo de uma consciência crítica da realidade, com suas perversões do Evangelho.

Dizer que a copa no Brasil, nos cega a realidade e é pão e circo, é de um reducionismo histórico incrível, além de ser muito superficial.

O nosso problema está nas bases. O nosso problema estão nos governos.

Ou você acha que a copa foi realmente pão e circo para o povo francês e alemão?

Devemos lamentar por nós e não pela copa. O problema está em nós e não num evento esportivo.

Uma copa nunca será pão e circo para um povo conscientizado. Portanto, o problema não é a copa, e sim o povo.
Não devemos lamentar pela copa. Ela em si, não é ruim. O que é negativo, são os anos de desgoverno no Brasil, agravados pelas lideranças "evangélicas".

Paz,

Marcos Wandré

ALTAIR GERMANO, disse...

Nobre Marcos Wandré,

a copa é aquilo para o qual ela se presta, pode ser algo bom ou ruim.

Um abraço!