quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Uma Igreja Católica só para gays

Imagem Fonte: http://companheiroscristaos.com./

"Se os homossexuais não estão satisfeitos com a Igreja Católica, que os discrimina, não deveriam insistir em nela permanecer. Eu pelo menos não faço nenhuma questão de entrar no clube que não me quer como sócio. Ao contrário, vejo aí uma boa razão para cultivar saudável distância. É mais do que legítimo que gays exijam do Estado que lhes reconheça o direito de casar-se civilmente, mas não dá para esperar que esse mesmo Estado imponha à Igreja Católica a obrigação de conceder-lhes o sacramento do casamento. Que se inspirem em Bach e fundem a Igreja Católica de Cristo Alegria dos Homens ou qualquer outra que não faça restrições ao comportamento sexual de seus fiéis. "

É dessa forma que se posiciona o editorialista da Folha, Hélio Schwartsman, em artigo intitulado "Lei e preconceito".

Propagador de idéias liberais e relativistas, próprias do pensamento pós-moderno, Hélio Schwartsman, que tem formação acadêmica em filosofia, defende abertamente a prática do sexo livre conforme citação abaixo:

"Desde que em comum acordo e sem envolver menores, não há nada de intrinsecamente errado com homossexualismo, masoquismo, sadismo, voyeurismo, fetichismo, coprofilia, zoofilia (se o animal em questão não se opuser) e nem mesmo com a vida monástica escolhida por alguns. Se há algum comportamento reprovável do ponto de vista da boa convivência democrática, ele está, não no homossexualismo ou naquilo que a psiquiatria designa como parafilias, mas no desejo incontido de tentar controlar a sexualidade alheia."

Leia todo o artigo em http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/ult510u324064.shtml

Penso que a criação de uma igreja católica só para gays ou simpatizantes é só uma questão de tempo.

Quanto ao pensamento liberal do autor do artigo, não me causa surpresa ou espanto. Lido com essas questões diariamente no meio acadêmico.

O Hélio Schwartsman pode continuar a propagar suas idéias, sabendo que a igreja (falo a evangélica) nunca deixará de propagar as suas, fundamentadas na Bíblia, a Palavra de Deus.

5 comentários:

Teo Jornalista disse...

Apesar de não concordar com a postura, devo admitir que fundar um grupo religioso à parte é muito mais sensato, da parte dos gays militantes, do que tentar se impor sobre os demais por meio de projetos políticos que fariam Hitler se revirar no túmulo, como o maldito Pl 122/2006 e similares.

Elisomar disse...

É isso aí, pastor! Quem quiser ser homo, que seja. Obrigar a outros a aceitarem suas opções,é que não dá. Agora com todo respeito, faltar quem ministre as missas... não vai faltar.

H K Merton disse...

Como sempre, os "evangélicos" não obedecem ao mandamento de Cristo, que ensinou que "Quem não é contra nós, está a nosso favor"...

Querido Elisomar, somos todos cristãos, acreditamos no mesmo Senhor e no mesmo Deus. Ontem na Santa Missa o padre se referia aos evangélicos como "irmãos em Cristo", pedindo orações pela união dos cristãos, pois o nosso Deus é um Deus de União, e não de divisão.

No mesmo dia, num programa evangélico na TV, eu tive o desprazer de assistir a um pseudo "pastor" desses que fazem aqueles programas sensacionalistas enganando o povo e pagando pobres coitados para fingir que estão sendo exorcizados ao vivo, chamando aos católicos de hereges, infiéis e etc...

Quem será que está cumprindo melhor a Vontade de Deus? Está aí uma coisa para se pensar...

Existem muitos escândalos sexuais envolvendo pastores. Mas isso não me dá o direito de julgar a todos oe evangélicos, como muitos de vocês costumam fazer com os membros das outras religiões.

H K Merton disse...

Uma observação:

A Igreja Católica é uma só, aquela que historicamente foi instituída pelo próprio Jesus Cristo sobre Pedro. Portanto, uma "igreja católica para gays" é algo que não existe.

Mas, já que tocou no asunto, fique sabendo já que existe, isso sim, várias igrejas "evangélicas" para gays...

Se duvida, recorte e cole esse endereço na barra de navegação do seu computador:

http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993,EPT512538-1666,00.html

Ou este:

http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&rls=GGLO%2CGGLO%3A2006-13%2CGGLO%3Apt-BR&q=%22igreja+evang%C3%A9lica+para+gays%22&btnG=Pesquisar&meta=

Falsos pastores: como sempre, praticando a maledicência...

"Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade."

Mateus 7:22-23


Sei que vc não vai permitir esse comentário, mas o deixo na esperança de que a sua consciência desperte.

David disse...

Deus disse que o homem deixaria sua casa para se unir a uma mulher e não para se unir aoutro homem e nem uma mulher a outra mulher.Que Deus tenha piedade de sua alma.