terça-feira, 26 de maio de 2015

TEOLOGIA DOS REFORMADORES - DICA LITERÁRIA



SINOPSE

Como pensavam Lutero, Zuínglio, Calvino e Simons, grandes reformadores da história da igreja cristã? Esses homens fazem parte do alicerce de toda estrutura do pensamento teológico das principais igrejas em todo o mundo. O autor introduz o assunto apresentando uma análise do pensamento teológico predominante no final da Idade Média. Indispensável para quem se interessa por história das doutrinas.

Fonte: Vida Nova

segunda-feira, 25 de maio de 2015

ESCOLA BÍBLICA NACIONAL NORDESTE (CGADB) - ENCERRAMENTO

 Pastor José Carlos de Lima (PB) encerrando a EBN com uma oração

 Participação do cantor Marcelo Santos (CPAD Music)

 
Obreiros participantes da EBN

ESCOLA BÍBLICA NACIONAL (CGADB/NORDESTE) - PRELETORES

 Pastor Temóteo Ramos - RJ

 Pastor Abiezer Apolinário - BA

 Pasto Antônio José - CE

Pastor José Antônio - AL
 
 Pastor Perci Fontoura - PR

 Pastor Luiz César - RJ

Pastor Altair Germano - PE

Fotos: Tiago Bertulino - CGADB

ABERTURA DA ESCOLA BÍBLICA NACIONAL NA IEADALPE

 Pastor Roberto José dos Santos na Abertura da EBN - Nordeste

 Pastor José Neco (4º Vice-Presidente da CGADB e Presidente da UMADENE)

 Templo da IEADALPE na Abertura da EBN

 
 Participação da Juventude da IEDALPE

 
 Grande Coro de Irmãs e Orquestra

 Jogral Apresentado pela Juventude

 Participação da Cantora Alice Maciel e Banda 

Pastor Abiezer Apolinário Pregando na Abertura 

Fotos: Tiago Bertulino - CGADB

IEADALPE REALIZA 56ª ESCOLA BÍBLICA DE OBREIROS


 Culto de Encerramento da 56ª EBO da IEADALPE

 Consagração de Presbíteros no Encerramento da 56ª EBO da IEADALPE

 Consagração de Pastores e Evangelistas no Encerramento da 56ª EBO da IEADALPE

Consagração de Diáconos Durante a 56ª EBO da IEADALPE

 Pastor Altar Germano
 Pastor João Martins 

 Pastor Alcir Maximiano

 Pastor Leonaldo Santana

Pastor Paulo Filho

Pastor Ubiratam Alves
 
 Pastor Esdras Cabral

Pastor Roberto José
 
Obreiros participantes da 56ª EBO da IEADALPE

quarta-feira, 20 de maio de 2015

FUNDAMENTOS DA TEOLOGIA PENTECOSTAL CLÁSSICA









O presente post tem como objetivo informar aos leitores sobre as obras nas quais a teologia pentecostal clássica das Assembleias de Deus no Brasil está fundamentada. Quatro obras ganham destaque aqui:


- Doutrinas Bíblicas: os fundamentos da nossa fé, de William W. Menzies e Stanley M. Horton, publicado pela CPAD em 1995.

- Teologia Sistemática: uma perspectiva pentecostal, editado por Stanley M. Horton, publicado pela CPAD em 1996.

- Conhecendo as Doutrinas da Bíblia, de Myer Pearlman, publicado inicialmente por Lawrence Olson em 1959, e posteriormente pela Editora Vida em 1970.

- Teologia Sistemática Pentecostal, de Antonio Gilberto e outros, publicada pela CPAD em 2008.

Sobre a obra Teologia Sistemática Pentecostal, uma observação que é pertinente fazer diz respeito ao fato de que a citação abaixo, no contexto da Doutrina da Salvação, afirma que os arminianistas propagam uma salvação pelas obras humanas, o que não condiz com a teologia arminiana clássica, e sim com o pelagianismo, ou com alguma outra forma de "arminianismo híbrido":

"A predestinação fatalista da alma, como ensinada pelos calvinistas, bem como a dependente de obras humanas, propalada pelos arminianistas, não têm apoio na Palavra de Deus" (GILBERTO, p. 372)

A CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus, órgão oficial das Assembleias de Deus no Brasil, além de estar dando mais destaque ao tema arminianismo na Revista Obreiro, lançará em breve As Obras Completas de Armínio, baseado na herança arminiana presente no pentecostalismo clássico.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

UMA QUESTÃO DE COERÊNCIA







Por uma questão de coerência teológica as editoras de confissão reformada/calvinista não publicam obras, nem autores de teologia arminiana ou pentecostal, enquanto nós pentecostais assembleianos insistimos no discurso por uma "identidade" que na prática é inconsistente e contraditório.

É claro que as "discussões teológicas" em torno das vertentes soteriológicas aqui citadas não estão acima de questões prioritárias, como por exemplo a pregação do evangelho, mas o mínimo que se espera é coerência consigo mesmo, com o seu sistema de crenças, que aliás, parece ainda não ter se definido em alguns pontos pelo pentecostalismo clássico brasileiro. Os órgão oficiais das instituições que o digam.

Penso, dessa forma, que a "profecia" de Augustus Nicodemus Lopes caminha para o seu cumprimento:

"Por fim, existem já no Brasil várias igrejas pentecostais-reformadas, pequenas, é verdade, ainda nascentes. Mas, mesmo não sendo pentecostal, profetizo que esse movimento pode crescer muito no Brasil. Muitas igrejas históricas já são pós-reformadas e é muito triste ver o esquecimento das suas heranças e como vai ficando cada vez mais difícil um retorno verdadeiro. Quem sabe os pentecostais não estejam predestinados a avançar bastante a teologia da Reforma no Brasil?"


Não. Nada de jihad confessional ou denominacional. Tratamos aqui apenas da exposição de fatos. Não tenho a mínima dúvida da grande contribuição teológica dos autores reformados. 

A grande questão que levanto é a falta de coerência denominacional e teológica de parte da liderança assembleiana brasileira, e um certo silêncio, que pode ser sinal de aprovação, conivência, ignorância sobre o assunto, ou ainda o receio da perda de algum privilégio institucional.

O tempo nos dará as respostas.

terça-feira, 12 de maio de 2015

64ª AGO DA COMADEMAT REÚNE MAIS DE 2.000 0BREIROS NO GRANDE TEMPLO EM CUIABÁ-MT


 Obreiros participantes da 64ª AGO da COMADEMAT

 Esposas de Ministros

Missionários Valmir Farinelli e Luís Carlos Farinelli (Itália)

 Mesa Diretora da COMADEMAT

Pastor Sebastião Rodrigues de Souza, Presidente da COMADEMAT

A 64ª Assembleia Geral Ordinária da COMADEMAT (Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Mato Grosso), realizada no período de 5 a 8 de maio/2015, no Grande Templo da AD em Cuiabá, contou com a presença de mais de 2.000 obreiros, e foi marcada por um grande mover do Espírito, e por um clamor pela revitalização da igreja.

Na ocasião ministramos em quatro plenárias sobre os temas "Vocação Ministerial e Autoridade Espiritual", "Santificação e Autoridade Espiritual" e "Submissão e Autoridade Espiritual".

A COMADEMAT é presidida pelo pastor Sebastião Rodrigues de Souza.

Que o Senhor continue abençoando a cada obreiro com a sua esposa, na honrosa missão de servir à noiva do Cordeiro.